4 de abril de 2018

Quem é mesmo o grande vilão do BBB18?



  
Wagner é aprendiz de vilão,  se comparado com o grau de vilania de Ayrton.

O que dizer acerca da edição de ontem, com um Tiago visivelmente inseguro, como se estivesse falando coisas que não eram bem as que ele gostaria de falar? Quem lhe deu o script? Quem lhe ditou o discurso? Nem precisamos fazer muitos esforços para saber, né?! 
A metaforazinha do tubarão até que foi engraçadinha... Mas, o que deu na cabeça teleguiada do garotão dos games para fazer as perguntinhas capciosas a Ayrton, ensejando, no ao vivo, que ele se fizesse de pobre vítima de um sírio cruel e traíra que, em sua maldade intrínseca o meteu no paredão? 
A votação já estava encerrada. O Vetezeiro Ayrton não ganharia nada, naquele momento, acusando execratoriamente Kaysar. Mas, poderia render muito na indicação para o próximo paredão que será formado na próxima quinta-feira (amanhã), no qual Kaysar, indubitavelmente, estará. 
Com a ajudinha de Tiago, Ayrton já construiu a justificativa para votar no rapaz sírio, que ele finge ser seu “querido amigo”, seu xodó na casa!
A cena foi a mais histriônica e descarada que já vi em em BBB.  Tiago Leifert pergunta à família Lima sobre “o que doeu mais no paredão”. O farsante fez uma cara de choro sem lágrimas, do tipo Emilly, fingiu um embargamento da voz devido a intensíssima emoção, e, sem poder falar de tão tumultuado, apontou para Kaysar. 
Logo Ana Clara apressou-se em traduzir em palavras a dor excruciante e exarcebada do pai, dizendo: “foi o voto de Kaysar!” Ai, Jesus! Coitadinho do Papito!
Adorando a cena de teatro circense, o palhação Tiago perguntou à Ana Clara: “e você, Ana Clara, o que lhe doeu mais? 
A resposta obvia veio à jato: “ver meu pai assim.” (Ai, que fofurice!) 
Peraí, a revolta escandalosa dela nera por causa da justificativa de Jéssica? Mudou por quê? Coisa mais fofis!
Ora, meu povo! Momentos antes de começar o programa ao vivo, de repente, Ana Clara achou que estava com um caroço na perna e precisava urgentemente de atendimento no confessionário. Legal, né mesmo? O atendimento foi imediato (Kaysar ainda está esperando pelo psicólogo). Só que ela não entrou sozinha, o pai foi com ela ao confessionário. Claro que foi aí que o “teatrinho” foi armado com a produção. Inclusive ele já está sabendo que a formação do paredão será amanhã e a eliminação no domingo. Dona Mercedes está com todo o gás!
Depois, ainda teve aquela perguntinha capciosa acerca de quem seria a pessoa que o “casal” Lima legaria a sua torcida, se fosse eliminado. O Vilão citou  Wagner, Gleici e Paula. Ué! E Kaysar não é o seu filhão? Ato falho, né, mô fio?!
Quem julgou o kaysar pela foto? Ayrton 
Quem falou que ele era um ator? Ayrton 
Quem falou que em Aleppo não tinha guerra? Ayrton 
Quem falou que não compra o jogo do kaysar? Ayrton 
Quem fez drama chorando? Ayrton 
Mas quem ta sendo julgado por um voto? Kaysar 

Meu São Pafúncio, não sei como Kaysar não vê a malícia nas perguntas de Ayrton sobre a vida dele e dos seus pais, não enxerga a hipocrisia nos três beijinhos, à moda árabe, e nos abraços de tamanduá e tapinhas nas suas costas, como fazem os políticos mais desonestos? Não percebe o esgar de uma hiena no riso supostamente amigável desse cara matreiro? 

Ayrton tentou criar confusão com o sírio, logo depois de sua indicação, quando foi tirar satisfações com ele, com toda empáfia: "Você não colocou a família. Você me colocou. Me senti traído porque queria que você fosse leal comigo da mesma forma que eu fui com você", disparou o vilãozão. 
Com todo o respeito que o vilão está longe de merecer, Kaysar defendeu seu posicionamento, rejeitando a acusação de ter sido falso e traidor. 
Ora bolas, a decisão do Kaysar foi entre um cara (Rico) que passou o dia inteiro duvidando da condição financeira e da história dele e outro (Pobre) que ofereceu os 10 mil que ganhou para ajudar o Kaysar trazer os país da Guerra. Kaysar eu te amo! 
Após o ao vivo, Ayrton voltou a procurar Kaysar para despejar mais falsidade, na tentativa de amenizar o fato de que, depois de terem feito as pazes, Ayrton ter fritado e triturado Kaysar na edição.
No quarto do líder, Kaysar enfrentou o cara, o sangue árabe ferveu e, mesmo sem faltar com o respeito pelo "chefe" mandou ver a verdade sobre Ana Clara, sobre a parcialidade de Ayrton quando se trata de inocentá-la. “Ana Clara o atrapalha e leva as pessoas a votarem na família", disse o sírio. 
Kaysar não o poupou de censura sobre seu comportamento. "Como você pode censurar meu voto, depois de falar que ficou decepcionado lá no ao vivo, cara", começou Kaysar.
"Eu não falei decepcionado, falei magoado", respondeu o dissimulado senhor Lima.
"Levei 300 mil tiros, cara", lamentou o sírio.
O nobre senhor respondeu, cinicamente: "Você tem o direito de se decepcionar com qualquer pessoa aqui", e continuou: "Você tá achando que te prejudiquei? Fazer o quê?" 
"Claro que sim. Prejudicou-me, prejudicou-me muito. Aqui, qualquer coisa prejudica. Meu ponto de vista, como eu enxergo as coisas é que tem coisas que, quando eu vou na televisão para falar ao vivo, eu evito, cara. Entendeu? Eu, é meu ponto de vista", concluiu Kaysar. O espertinho papito perdeu nessa parada.
O que essa gente ignorante não sabe  acerca da cultura árabe, e por isso critica Kaysar por não ter respondido e se defendido no ao vivo, desmascarando o sonso, é que na sua cultura o respeito pelos mais velhos é coisa sagrada. Ele jamais discutiria de forma agressiva com o falso amigo, com a idade do seu próprio pai.

A decisão do Kaysar foi acertadíssima, foi entre um cara (Rico) que passou o dia inteiro duvidando da condição financeira e da história dele e outro (Pobre) que ofereceu os 10 mil que ganhou para ajudar o Kaysar a trazer os país da Guerra. Kaysar eu te amo! Você é um espírito de luz no meio da treva que predomina na casa do BBB18.

Essa dupla nem estaria mais na casa, desde a primeira semana, se Tiago Leifert não tivesse advertido a família, a mando de Boninho, sobre os beijos incestuosos do pai com a filha e as pegações na piscina. 
Eles teriam sido eliminados no primeiro paredão que caíram, especialmente se tivessem mostrado na edição as cenas de pegação só conhecidas pelos que têm PPV, que não são poucos e a turma das redes sociais! 
Mesmo assim, eles não deixaram de se beijarem- gostosamente.
No dia da eliminação o pai voltou aos beijos com a filha. Só que agora foi na cama de casal, onde dormem juntos, no escurinho do quarto:
Aliás, a beijação nunca terminou de todo. Vai vendo. 
No dia da eliminação o sujeito libidinoso tentou dar selinho em Gleici, com a ajuda da filha.
Gente, é normal tentar beijar uma menina da idade de Gleici na família de vocês? Gleici estava claramente desconfortável, lutando para não ser beijada por aquela boca murcha e bafienta. 

Sabem quando tomei a maior repulsa pela tal Família que de exemplar nada tem? Foi quando vi, nos dois primeiros dias deles sozinhos na casa na maior pegação, na presença da permissiva Eva e do sobrinho. Quem quiser aprove e faça igual. Eu não aceito pegação entre pai e filha, entre mãe e filho. Menos ainda, pai pondo a mão nas genitália da filha, enquanto beijava sua barriga, filha escanchada no pai dentro da piscina. Sinto nojo de quem faz igual. Devo ser retrograda e pouco evoluída!

Sou e serei fora esse “casal” Ayrton e Ana Clara sempre! Utilizar programa ao vivo para fortalecer a tese que o Kaysar o traiu foi de uma maldade sem tamanho e com a participação do pau mandado Tiago Leifert! 
O que dizer do resultado numérico do paredão de Wagner X Família?  Pela lógica da rejeição ao seu grupo, ele deveria ter sido eliminado com cerca de 90% dos votos válidos. Mas, não foi isso o que aconteceu.  Wagner quase empatou com a Família, o embate entre os dois vilões foi acirrado: Wagner com  59.50%  foi surpreendente!  O casal Lima com 49.50% foi mais surpreendente ainda.  Traduzindo em miúdos, os Limas não estão com essa bola toda. Se forem a um paredão com Gleici ou com Kaysar poderão ser eliminados...   
Sônia Abrão arrasou com os Limas. Desejou que se explodam!
Vamos ver o que acontecerá amanhã! Quem irá para o paredão com Kaysar!

Nenhum comentário: