21 de abril de 2018

A participação do Kaysar ultrapassou os muros da Globo e fronteiras do Brasil.


Com o coração gratificado recebi esse excelente texto de Shadow, blogueira e uma das colunista do Votalhada. Vale a pena ler o que ela escreveu sobre a importância de Kaysar para a causa dos refugiados. Sabemos que na região norte, especialmente no Acre e em Roraima estão chegando uma quantidade enorme de pessoas  que fogem da venezuela em busca de asilo no Brasil. Esta é justamente a região onde vive Gleici. Mas, diante do preconceito dela em relação a Kaysar por ser estrangeiro, não acredito que venha a fazer nada para ajudar esse povo sofrido. Decerto sua militância a favor das minorias oprimidas é seletiva, só estende a mão a brasileiros. Afinal eles votam, né? E é isso o que interessa ao PT de Gleici. Vejam o que escreveu Shadow:

Olá, Eva querida,
Antes de encerrar este BBB, resolvi passar por aqui para retribuir o afeto que você sempre teve comigo...
Nada é por acaso, não é mesmo??? Nem os encontros emblemáticos que temos neste espaço virtual.
Aliás, tua postagem mostra isso em relação ao Kaysar.
A sua participação no BBB deu visibilidade ao drama dos refugiados sírios, venezuelanos, haitianos... que se veem obrigados a deixar sua casa e tudo que construíram para trás, em busca da sobrevivência. Muito triste!!! O debate em torno disso, já valeu e justifica a sua presença ali.
E isso teve um efeito multiplicador, como tudo na vida tem.
Se o convite da ONU ao Kaysar se realizar, irá transcender da família Dadour a outras tantas vítimas das ditaduras, submetidas à opressão e ao jugo de tiranos, que retiram dos cidadãos as garantias e proteções constitucionais.
De fato, dinheiro apenas não conseguiria tirar os pais dele da Síria. Qualquer ação poderia ser vista como movimentação de rebeldes, correndo o risco de ataque das forças de Bashar AL-Assad. Somente a ONU, a depender da localização e negociação.
A participação do Kaysar ultrapassou os muros da Globo e fronteiras do Brasil. Algo inédito em um reality. Não sei se ele conseguirá dimensionar a extensão disso e o quanto contribuiu para a causa dos refugiados.
A sua história teve força do início ao fim.... e não terminou. Haverá novos capítulos...
Quanto à Gleici. O que dizer???
Creio que por justiça o prêmio deveria ser dividido com a Ana Clara. Afinal foi quem lhe deu visibilidade. Além do inoportuno empurrãozinho que a presenteou com o quarto secreto, dando-lhe uma narrativa roteirizada, com direito até a bandeira do Acre no quarto do líder.
Como participante, a meu ver, foi fraca, sem graça e arrogante. Tendo sido ela quem primeiro disse que BBBrasil deveria ser ganho por um brasileiro. O que a militância aqui fora agarrou e disseminou. Claro!!!
Na saída, Gleici mostrou que também é obtusa. Totalmente fora de contexto e desnecessário gritar “Lula livre”. Mais um pouco e estaria gritando "Globo golpista". Lula, o maior ladrão do mundo contemporâneo, que saqueou e arruinou este país com seu odiento projeto criminoso de poder. Diga-se, projeto tirânico, montado nos moldes da venezuelização, cujo legado foram 14 milhões de desempregados. É inconteste: Gleici é o Jean Wyllys de saia.

Sem dúvida, Kaysar é mais brasileiro e ama mais este país do que ela.

Vou ficando por aqui..
Deixo o meu carinho e um abraço fraterno!!! \o/ \o/ \o/
Shadow
http://cantinhodeshadow.blogspot.com.br

Nenhum comentário: