4 de março de 2018

Vamos fofocar?



As redes entraram em ebulição, depois que Tiago Leifert, mais uma vez, cruzou os limites permitido a apresentadores de realities e mergulhou com gosto nas águas turvas da parcialidade mais deplorável, induzindo o público a condenar Paula. Claro que os internautas se revoltaram contra Tiago Leifert e começaram a subir a tag #ForaLeifert. 

Na edição dessa sexta-feira, antes de ser mostrada a prova do anjo, classificada por ele como muito difícil do ponto de vista emocional e psicológico para os participantes, é dado o início dos trabalhos, no qual os participantes estavam visivelmente emocionados por terem que quebrar fotos das famílias dos outros concorrentes. Wagner foi o mais emocionado, chegando a chorar (se foram lágrimas de crocodilo, não sei). Mas, todos foram lá e cumpriram a tarefa. Kaysar chegou a pedir a Paula que quebrasse as da sua família porque não se sentia preparado para vê-los.
Tiago encerra a prova, pedindo descaradamente para que o público guardasse a imagem de Paula Carolina, (ele já sabia que ela seria indicada por Patrícia) que fez a prova toda saltitante e feliz enquanto muitos choravam, para relembrá-la no domingo, pois isso poderá ser usado contra ela na formação do paredão.

Foi descabido o comentário parcial de Leifert, porque o público não é débil mental. Eu mesma não gostei nada da demostração de alegria e os pulinhos infantiloides de Paula, que me passaram a impressão de que ela estava exultante por quebrar fotos das famílias de colegas rivais. Não gostei. Mas, eu posso não gostar e até criticar. O apresentador não deve e não pode.

Uma prova sem criatividade, pautada no sadismo... Não achei nenhuma graça em ver as fotos das famílias serem espatifadas. Thiago não lembrou-se de mostrar que a única pessoa que cuidou de Kaysar, depois do pé acidentado, foi Paula. Preparou o prato dele e teve a preocupação afetuosa de recortar dois corações de goiabada para decorar seu prato. Não se esqueçam disso, no domingo, meu povo. 
Domingo a Paula vai para o paredão. Resta saber com quem e se vai ser eliminada, porque as pessoas que só assistem a edição irão julgá-la pela ótica de Leifert. O que é lamentável, porque tem muitas outras pessoas que não acrescentam nada ao jogo. A própria Patrícia é uma delas.

Acredito que Paula escape desse paredão. Seria ótimo que fosse a menos votada e ficasse no quartinho vendo e ouvido as falsidades rolando na casa. Ela voltaria com sangue nos zóios e disposta a jogar para valer. Por outro lado, poderá se perder, por excesso de soberba, como aconteceu com Maroca e com Ana Paula. 
E o que dizer da festa de ontem? Nada! Houve um show interessante que animou o início do bailinho. No mais, foi aquela chatice de sempre: mulheres alcoolizadas correndo atrás de homens que nada querem com elas. Minha impressão é que Paula, Patrícia, Ana Clara e Gleici, depois que bebem uns copos, entram num cio avassalador. 


Gleici, depois de vários copos, se colocou de costas para Wagner e Kaysar e começou a dançar, rebolando a bunda seca, baixando-se e deixando o fundilho à mostra. Como ela não sabe dançar, o showzinho ficou grotesco! É no que dá garota, que vem do mato, querer imitar as moças soltinhas da 
cidade grande... Não dá, né fia? Ficou feio, fiotinha! 
Gleici, coitada, acredita que ela e Wagner "estão se conhecendo e tudo está bem, do jeito que deve ser," como ela mesma disse ontem, quando Mahmoud tentava aconselhá-la. Ou seja: ela não enxerga que ele só decidiu lhe dar atenção, depois da sua volta do primeiro paredão. Quando voltou do segundo, ele resolveu envolvê-la e beijá-la. Wagner é um homem calculista, frio e, pelo que se percebe, só dá a Gleici o que ela espera que ele lhe dê, quando ambos estão sob o efeito do álcool, no escuro e sob o edredom. Acorda, Gleice! 
Paula com a libido turbinada se pegou com Breno no banheiro, trocando aquela química que não rola com a insípida e mau cheirosa Ana Clara. Depois, na área externa, continuaram no xamego, bem em frente de Ana Clara e Patrícia. 
Gente, eu queria muito ver Ana Clara e Paula inimigas declaradas! Chega de falsidade! Duas hipócritas!

Todas na casa querem ser Paula. Quem decretou que seduzir é crime? Ser liberada é uma conquista da mulher, não é pecado. Paula é sedutora, gentil, bem humorada, livre e franca. Isso é o que faz a diferença dela para as sonsas, que se sujeitam a ser a segunda opção de todos os homens disponíveis da casa.
Patrícia virou a vetezeira da edição! Parecia que havia recebido o Santo ou a Pomba Gira, numa excitação além do normal. A mulher com a ppk alvoroçada, parecia um polvo, com os tentáculos agarrando Kaysar, forçando a barra, querendo ser beijada... Misericórdia! Que desespero da peste! 
O pior é que toda aquela cena de teatrinho de circo é puro fingimento para render vt para a edição e para tentar fazer casal na marra, como meio de chegar na final. Sem escrúpulos, está querendo usar Kaysar como escada, com a ajuda do seu fiel Primeiro Ministro Diego.
As investidas de Patrícia estão causando alvoroço nas redes sociais, onde os fãs de Kaysar se preparam para derrubá-la no primeiro paredão no qual ela venha a cair. As fanáticas kaysetes comportam-se exatamente como as marcosetes: vigiam o pinto de Kayser e não shipam nenhum romance dele na casa. Coisa de gente desequilibrada que foge ao meu entendimento.

Kaysar dormindo no chão... Ele não é bobo nem inexperiente, já sacou com quem está lidando...
Apesar do assédio bárbaro da fudelante Líder, ela só conseguiu uns dois beijos na festa e outros dois na cama. Todos rápidos, especialmente os do quarto, mesmo ela dando mordidas nas orelhas dele, o cabra resistiu e foi dormir no chão, bem longe dos tentáculos da medusa. Estava mais que evidente que ele não estava nada a vontade com a situação. Onde clico para ficar rindo eternamente? Hehehehehehe


Postar um comentário