12 de março de 2018

Achismos depreciadores e fake news nos ataques a Kaysar

Pois é!? Fala-se demais nas redes sociais, em blogs e colunas, muitas vezes levianamente, sem pesar as conseqüências do que se diz, sem avaliar a repercussão que  acusações na base de "achismos" possam ter na vida da pessoa que é atacada, fazendo-se uso de toda sorte de invencionices e fakes news. 
No votalhada, blog que gosto muito e sigo com gosto, li alguns comentários que me chamaram atenção, dentre eles um escrito por uma comentarista dos Rabiscos, Hanne, pessoa muito querida, que, como eu, é torcedora de Kaysar.  Achei excelente, pertinente e muito oportuno o seu comentário, veiculando um depoimento baseado em fatos verídicos, verificados em sua própria família. Acredito que suas palavras ajudem muito a compreendermos o comportamento e a maneira de estar na vida de Kaysar.  Peço que leiam com atenção.


"[...], estou um pouco afastada do Votalhada, porém seu comentário sobre suas impressões a respeito do comportamento do Kaysar, me chamou a atenção e eu gostaria de te dar meu testemunho:

Sou filha de alemão, que também veio refugiado para o Brasil, após a segunda guerra mundial, onde perdeu todos os seus bens materiais e seus pais, destruídos pela segunda guerra mundial e sendo filho único.
Como o Kaysar, ele parecia uma pessoa totalmente desequilibrada, com atitudes que contrastam com nossa maneira de viver, seus olhos eram eternamente assustados, como se estivesse próximo a ser combatido ainda por algum inimigo, porém sempre atento a tudo e a todos, não poderia ficar alheio ao que se passava ao seu redor. Pela maneira de gostar de se vestir e padrão de vida que adquiriu por aqui, dava para perceber que ele tinha um bom nível cultural e materiais em sua vida na Alemanha. Muito inteligente, falava fluentemente 7 idiomas e, o mais importante, não gostava que lhe perguntassem sobre seus familiares, ou vida antes da guerra. 
Portanto, posso lhe garantir que, embora a situação dele seja bem melhor que a do meu pai, uma vez que tem uma irmã e pais sobreviventes, o fato dele não ter contato com eles, lhe dá a sensação de insegurança sem saber se estão realmente vivos. Ainda mais agora, confinado, sem poder se comunicar sequer com as pessoas que o acolheram aqui no Brasil.
Espero que esse meu depoimento sirva para dirimir qualquer dúvida, a respeito do comportamento "esquisito" que o Kaysar tem tido na casa. O que vemos é uma pessoa que se mostra do bem, sem querer se vitimizar pelos problemas vividos com sua família e que, mesmo consciente de que temos em nosso país pessoas que batalham e sofrem dificuldades financeiras para sobreviver, como é o caso da Gleici, julgo e acho merecedor de ser o campeão do BBB, de uma forma geral, não o mais pobrinho, mas aquele que demonstra em suas atitudes ser uma pessoa totalmente do bem, humilde, sem arrogância ou soberba diante de seus adversários, sempre com uma palavra positiva para quem sofre por algo, que ele compara como sendo mínimo em relação ao que passou e sobreviveu, grato a Deus por isso, e que eu gostaria de ter como meu Grande Irmão. Bjo.Vamos arrebentar na votação! Toma que toma! 😁😁 Foco no gshow.✌👍"


Como tem muitas pessoas desatualizadas dizendo que a guerra na Síria é recente e que Kaysar nunca ouviu sequer um tiro na vida, que é um mentiroso, etc, etc. tenho o imenso prazer em informar aos que ignoram que a guerra na Síria dura há muitos anos. Nada tem de recente. 

Se a mídia brasileira não deu a devida atenção aos ataques das forças rebeldes naquele país, só se preocupando com os horrores que sofrem os sírios há pouco tempo, a culpa não é de Kaysar e das centenas de emigrantes sírios que vivem no Brasil, muitos deles com curso superior, trabalhando em subempregos, para sobreviverem honestamente.

Em vez de ficarem escrevendo asneiras nas redes sociais, deveriam procurar se inteirar sobre o que se passa no mundo, para não passarem por vergonha expondo a própria ignorância, no afã de jogarem lama em uma pessoa boa que encontrou no Brasil sua segunda pátria. Pensem mais, antes de dizerem tantas asneiras, tantas acusações levianas, tantos achismos ridículos e sem fundamentação na realidade.

É pena que os torcedores de Gleici estejam usando fake news contra o Kaysar. Ela não tem culpa disso e se soubesse, tenho a certeza que não aprovaria. É uma injustiça medonha as calamidades que estão inventando para desconstruir moralmente o rapaz. Isso pega mal para a própria torcida e pode repercutir na própria imagem de Gleici perante o público. Pega muito mal mesmo. 



Nenhum comentário: