24 de fevereiro de 2016

O levinho dia seguinte...



Comentando a disputa entre Ana Paula e Juliana, no quinto paredão do "BBB16", Maurício Stycer chamou a atenção para dois dos seus aspectos mais marcantes: “Foi o confronto que atraiu maior número de votos desta edição (103 milhões) e, também, o que marcou a estreia do novo sistema de votação do programa, agora baseado em um critério regional. 
Ao determinar que cada região do país equivale a um ponto, a Globo claramente abriu a porta para possíveis distorções e resultados injustos. O novo sistema dá peso igual a números de espectadores muito diferentes, o que pode resultar na eliminação de um candidato com menos votos do que o vencedor. 
Tão grande quanto a ansiedade para saber quem continuaria no programa, por isso, era a expectativa para ver se o resultado poderia apontar para uma distorção. Não foi o que aconteceu, já que Juliana perdeu nas cinco regiões do país, bem como no total de votos por SMS e telefone. [...] 
Os participantes não fazem ideia que o sistema de votação mudou, mas o público foi contemplado com um quadro, didático, na tela, informando o percentual obtido por Juliana em cada região e na votação por SMS.” 
Juliana poderia ter tido uma historinha menos pífia em sua passagem pelo BBB16. O que a levou ao caminho da eliminação, como poderá levar Tamiel, Renan e Adélia, foi terem se aliado a Daniel. Este, que insistia em dizer que não fazia personagem no jogo, encantou-se com Laércio e sua meditação ridícula, adotou a pseudofilosofia zen do barba azul e, em seguida, passou a mesma baboseira para Tamiel, Juliana, Adélia e Renan, estragando os quatro com sua prosápia sem noção. Este foi o início da derrocada da Macholândia e sua política de meditadores que pegaram carona na santarrice de Laércio.
Ontem, vimos um supimposo, inoxidável e acachapante balde de gelo na fervente arrogância do trio sobrevivente, deixando a todos com a crista baixa, perdidos e sem compreenderem a preferência do público pela “pior pessoa do mundo”. E, haja chorarem as pitangas! Hajam as especulações metafísicas, as resas para “Papai do Céu (Adélia), além de lágrimas crocodilesca de quem sabe que só fez burrada, que errou em verso e prosa o texto mal decorado de suas inconsistentes personagens. 
Ana Paula deu um belo espetáculo de tranquilidade e, contra todas as espectativas dos seus detratores, dentro e fora do programa, mostrou o quanto domina, com classe, dignidade e civilidade, a difícil arte de saber ganhar, sem tripudiar a perdedora e seu grupinho, respeitando seus sentimentos, renunciando a qualquer manifestação de regosijo triunfante. Go Ana! Go! 
Gente, como diz Susan (do @DeCaraPraLua) “o BBB16 não é política. Venceu o E-N-T-R-E-T-E-N-I-M-E-N-T-O! Ok, Braseeeeel?  Ali ninguém representa nada apenas nos divertem... Preguiça eterna desse papo de comparar votação em BBB com situação política do Brasil.” 
Pois é, foi muito bacana participar da campanha twitteira a favor de Ana Paula. Era muito entusiasmo, empolgação e alegria. Há anos eu não sentia tão eletrizante energia em um BBB. Os multirões eram de arrepiar. Ana Paula venceu de lavada, em todas as regiões e no sms + telefone. 
E o que foi o coro nas arquibancadas gritando: ”OLHA ELAAAAAA!”

LEIA MAIS, clicando na frase abaixo


Essa edição do programa é dela e de Munik. 
Adélia e Renan perderam a empáfia! Estão se pelando de medinho de que Ana Paula venha a ser a campeã. Quero ver o modelete alisa topete bater no peito e pedir para ir com ela ao paredão. 
Adélia se explicando para Ana Paula por não ter comemorado a vitória dela, foi piada! Juliana defenestrada! Adélia chorando na porta da saída, Renan cabisbaixo e Tamiel com cara de paisagem. Que momento mastercard! OLHA ELAAAAAAAAAAAAA!!! 
Eles estão lá indignados, surpresos, chocados com a preferência do público. Nem desconfiam que a explicação para o sucesso de Ana Paula é simplesmente ca-ris-ma! Ela tem para dar, vender e esbanjar, eles não. 
No super glorioso paredão recordista, desta terça-feira (23), a insossa Juliana apenas obteve seis pontos e é a quinta participante a deixar o "BBB16", e já foi tardeeeee. A encapetada Ana Paula permaneceu na casa e na disputa pelo R$ 1,5 milhão. Bom mais da conta. 
O paredão desta noite foi o primeiro a ser contabilizado a nível regional. Juliana foi a mais votada para sair em todas as regiões do país. A dançarina recebeu 64% dos votos na região Norte, 61% no Nordeste, 64% no Centro-Oeste, 60% no Sudeste e 56% no Sul. Os votos enviados por telefone e SMS somaram 59% dos votos e acrescentaram mais um ponto para a paulista. Não sei como a turma das teorias da conspiração ainda não começou a gritar que a votação foi manipulada, que estão protegendo Ana Paula, e outras asneiras. Ai, canseira!
Geraldinha Chaminé já sacou o recado do público. Esta vai ter mais cuidado em suas escolhas de voto. Matheus continua tratando Ronan com desprezo, mal responde o que o curitibano pergunta, como não procura aproximação com o mesmo. Maria Cláudia intensificou o puxa-saquismo com os remanescentes da falida macholândia. Só que Adélia já sacou a jogada dessa sonsa e falou para Renan. Este continua putinho com o resultado do paredão. Não duvido que continue com as provocações com Ana Paula. Hoje é dia de cachaça. Vai vendo o que poderá acontecer... 
Espero que Munik e Ronan não pisem na bola, que continuem jogando como vem fazendo, como espero que Tamiel saia das asas de Adélia e deixe de incensar o babaquinha Renan, continue a fazer cachinhos no cabelo de Ronan (como fez hoje na cozinha) e passe a tratar o rapaz com mais companheirismo. Nesta semana meus favoritos são Ana PAula, Munik, Ronan e, ainda no banco reserva, Tamiel. 
                    Hoje será dia de dançar, beber, cair, levantar kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Postar um comentário