3 de abril de 2015

Fernando não comeu "bacalhau"! Indigestou...

Bial fez um comentário, na edição da quinta-feira (02), sobre a relação do casal nojinho que definiu bem a situação morna, sem afeto, desgastada em que vive o casal fake “Bial falou qualquer coisa como “uma relação que já dura mais de 365 anos”. É isso mesmo, não aquele frescor das relações afetivas, entre pessoas que estão naquela fase de curtição, de chameguinho, de troca de carinho, como era entre ele e Aline. O relacionamento dos dois se reduz a muita fornicação, sexo depravado, sem amor, sem entusiasmo, sem aquele clima levinho de começo de financia. É uma coisa pesada, escura, sem o brilho que só o sentimento amoroso concede. 
Fernando que nunca foi romântico com Trepanda, neste finalzinho de programa deixou de lado qualquer resquício de romantismo de viesse ainda a existir e partiu para um tratamento seco, frio, típico de quem está com a paciência com ela se esgotando. Assim, vem fazendo observação indelicadas sobre o visual da piranhosa. Os dois estavam sob o edredom, ela fazendo carinho, quando, de repente, o bundão pediu, como se tivesse agastado com o mau cheiro da formosinha: “Vai tomar banho, vai... Você tomou ontem?” A sujismunda disse que sim e o bananão afirmou que ela não tomou banho depois da primeira etapa da prova do finalista. “Vai tomar banho e fazer a maquiagem que você está com a cara inchada”, o criticou. “Vai lá tomar banho e eu vou malhar”, insistiu o carioca, que completou: “Você está igual a uma panda”. Ai, que vexame! A partir do momento que um homem diz uma coisa dessa para a mulher, porque se ressente da sujeira fedida dela, então a relação está por um fio. Nem o respeito existe mais. 
E Amanda reclamou: “Ah, amor! Você só me detona.
E Fernando responde: “Você só reclama de mim”.
“Vem amor, vem me apertar”, pediu Amanda, que foi rebatida pelo carioca. “Você vai falar que se eu te apertar estou te chamando de gordinha”.
Irritada, ela solta: “Beleza”. Depois de alguns instantes, Amanda sai e diz: "Você está muito sério comigo hoje". "Estou pensativo só", diz o bananão. Vai vendo! Que historinha de amorrrr mais seducente!
O cara não está mais suportando comer bacalhau. Nem na sexta-feira santa comeu bacalhau! Deu para brochar, como depois do jantar da quarta-feira, que seria a apoteótica despedida do leito conjugal dos pombinhos na alcova real. O gajo até tentou afogar o ganso na bacalhoada, mas, não deu. Brochou! Pois é: Brochou lindamente... Ela, com a periquita incendiada, reclamou e ele deu uma desculpa amarela. Nunca o vi brochar com a Aline... Brochou porque já não está suportando fornicar com uma mulher com sovaqueira, mau hálito e com a periquita fedida.
Depois que o bananão mandou-a tomar banho, ela foi para o banheiro, mas apenas lavou, ou melhor, jogou água na periquita, sequer lavou o cabelo ensebado. A porquilda não molha o rosto nem lava as partes intimas. Só usa demaquilante, não sei como pode, entra dia sai dia ela faz do mesmo jeito, sem molhar o rosto.
Um homem pedindo para a mulher tomar banho é de matar, É mesmo é fim de feira. Repugnante...
Depois dos momentos de tensão da primeira etapa da Prova do Finalista, os confinados dormiram a maior parte da manhã. O climão que se estabeleceu entre Amanda e Fernando durante a disputa continuou. Quando acordaram, os dois nem se falaram...
Mesmo com o som rolando solto na casa, Amanda e Fernando permaneceram sem reação. Ele dormindo no Quarto Laranja e ela deitada no sofá da sala. Mas a gaja fedida começou a se empolgar ao som da música “Nosso sonho”. Depois de cantar toda a música, Amanda gritou: “Vai durar para sempre”. Deve ter surtado de vez!
Depois disso, o casal começou a se entender. Fernando acordou e quis saber o motivo dela ter ido dormir no sofá. “Você estava quase me chutando da cama”, explicou trepanda. Eitcha! Não dormem mais agarradinhos! Tá maus! A vaca tá indo pro brejo!
Fernando preparou o café da manhã para Amanda e aproveitou para dar suas impressões sobre a primeira etapa da Prova do Finalista: “Essa prova estava facinha. Ficava ali três dias”.
Porém, quando Cézar chegou querendo saber o resultado da disputa, o produtor cultural admitiu:“Dava para ficar bastante, mas cansei um pouquinho”. Por que o bananão mentiu para Cézar? Qual é a dele encobrindo que desistiu porque ficou exasperado com a pressão de Apanda?
É evidente que ele está de saco cheio da tipa, fingiu o que pôde ter interesse por ela, para manipulá-la como fez nos dois últimos paredões. Agora, ela perdeu a serventia, já não pode fazer nada conta ele, pois não há mais indicação ou votação. Mesmo assim, ele já sofreu o prejuízo na prova de ontem, com a insistência nojenta dela para que ele desistisse e a deixasse ganhar. 
Será que já sacou a merda que fez?
É o cúmulo a falta de auto estima dessa piranhosa... Fernando chamou-a de fedorenta na cara dura, está visível o nojo que ele sente dela, e ela nem aí, de boa, ainda rastejando.
Isso é ser doente... Só existe essa explicação, para o comportamento de Apanda. A cínica atitude dela transcende a simples falta de vergonha nas fuças... Precisa de tratamento... Vamos ver como vai ocorrer a prova de hoje.

Postar um comentário