6 de março de 2015

Quando uivam as hienas!


Veja como a mão de Luan imita um revolver! 
Depois das cenas deprimentes da festa mexicana, pensei que o estoque de baixarias havia sido esgotado. Ledo engano! Tamires conseguiu ser bem mais rasteira e maldosa que Luan e sem o atenuante de que estaria bêbada, quando, após todo o medonho escândalo, resolveu pôr mais veneno na querela. A balofa futriqueira correu até Rafael para contar as palavras pesadas de Adrilles contra Luan. O futriqueiro e tão venenoso quanto ela não perdeu tempo em procurar Luan, ainda de cabeça quente, para instigá-lo a atacar Adrilles por causa do insulto pesado com o ainda desestabilizado galo de briga. 
Fiquei perplexa com a desfaçatez desta mulherzinha doente de inveja, frustração e falsidade. Que despautério! É espantoso o nível de mediocridade, de mesquinharia e de insignificância desta dupla Tamires/Rafael, dois titicas de galinha. Bostinhas!
Depois de tudo quanto vi acontecer na festa de ontem, somado ao que estou vendo, agora, no quarto laranja, com a alcatéia reunida para estraçalharem a imagem de Cézar, fico enojada. É espantosamente degradante, moralmente vergonhoso, ver um homem de letras liderando, às gargalhadas, o deboche e as injurias ridicularizantes dirigidas ao Caipira. O mesmo que ele, movido pelo ranço que sente por causa do interesse que o rapaz demonstrou pela comilona futriqueira, tirou da prova do líder (Adrilles me enche de repulsa). Coadjuvando as canalhices do Poeta, a recalcada Amanda, eufórica pelos fugazes holofotes da liderança, esmerava-se nas piadas porcas acera da sexualidade do Caipira (claro, ela só pensa em sexo), enquanto Fernando nojinho aplaudia e o restante dos pulhas gargalhava. Mariza apenas escutava. Como são covardes e falsos! Toda esta algazarra injuriosa contra o Caipira foi feita pelas suas costas, enquanto ele estava estudando, na companhia de Luan, no terraço. 
Amanda, logo que recebeu a chave do quarto do líder, bandeou-se para lá, balançando o bundão inflado de tanta gordice, com seus primeiros ministros Rafael e Tamires para, transbordantes de tesão pelo efêmero poder, armarem o próximo paredão. Claro que Luan e Marisa são os prováveis candidatos. Nojeiraaaa! Ai, como gostaria de ver Tamires saindo no famigerado quarto lugar! De mãos abanando, pesando mais dez quilos, ainda mais mais azeda e explodindo de inveja de quem levar o prêmio milionário. 
Sem sombra de dúvidas, o BBB15 vai ficar na história como a edição mais  divertida, mais ordinária e aviltante dentre todas que já vi. É a campeã da baixaria, do jogo sujo, de baixo nível, do desrespeito, do escracho, da enganação e, paradoxalmente, está sendo das melhores em termos de participantes comprometidos com o jogo e de movimentação. Pode até ser jogo feio, jogo sem ética, jogo irritante, bem jogado, mal jogado, mas é a edição que levará o mérito de ter resgatado o jogo do limbo a que havia sido relegado desde a estupenda décima edição, de imorredouras saudades. 
Luan, mais uma vez se metendo em infração às normas do programa, surrupiando doces da festa para comer dentro da casa. Achou pouco e mentiu para Bial, sendo desmoralizado e punido com uma semana no grupo "Tá com nada" que o cabrão abomina! Dança, gatinho... Dança!
Achei um nojo Adrilles tirar Cézar da prova do líder (mas desde mala tudo pode ser esperado), deixando Rafael participar, apesar dos muitos motivos que tem para vetá-lo. O abominável poeta poderia ser mais humano e generoso. É o que se espera de uma pessoa sensível, culta e com 40 anos de idade. Mas, o que esperar de um homem que rasteja para uma mulher medíocre, limitada e estúpida como Tamires? O bom é que contabilizou dois votos para o paredão. Tamires mais uma vez teve uma crise de pelancas por ter perdido na prova de líder. Para mim, esse é o joguinho de vitimização dela para não ser votada para o paredão. E, assim, vai comendo pelas beiradas, até chegar na final, sem ter ido ao paredão. 
Infelizmente, Luan se perdeu num jogo abominavelmente agressivo, ancorado na maledicência, na hipocrisia e numa esperteza malévola que procurava fazer as pessoas cometerem erros. O garoto despreza a própria imagem, quando negligencia a própria honestidade, quando conta comprometedoras bravatas e mostra um lado obscuro da sua personalidade ondulante. 
E o que foi aquela conversa estranha de Amanda dizendo à Tamires para esta confiar nela, porque ela(Amanda)vai ganhar o prêmio e a levará junto para a final... Como é mesmo? Como esta bruaca sabe que vai ser a campeã? Amorinho garante, é isto? Que edição estupenda! Até protegida de Diretor gaba-se de ter poderes nunca vistos no BBB? Um caso a ser pensado! Abomino esta cabrona horrorosa! 
Postar um comentário