20 de julho de 2018

Video Show segue uma bagunça lastimável e ex-BBBs viram piada na Globo!


O assunto mais comentado na net ainda está sendo o novo formato do Vídeo Show, de modo geral rejeitando a presença de três Ex-BBBs na atração, especialmente a de Ana Clara... 

A verdade é que a presença das Ex-BBB’s no comando do Vídeo Show está deixando classe artística revoltada e a própria apresentadora  Sophia Abrahão ironiza: “Padrão Globo de qualidade”
O Vídeo Show retornou à telinha da Globo na última segunda-feira, 16, e vem causando o maior reboliço na web por conta dessa nova formação. Sophia Abrahão permanece na atração, que agora conta com a apresentação das ex-BBB’s Fernanda Keulla, Vivian Amorim e meio de escanteio, Ana Clara Lima, meio escondida num canto do estúdio, sem função relevante a não ser a de ficar espiando o que dizem no Twitter.
A maior prova de que nada daquilo deu certo é a audiência despencando a cada programa. Fabíola Reipert, com o Hora da Venenosa na Record, segue líder de audiência no horário. Agora, até as reprises do Chaves no SBT estão superando um dos programas mais antigos do canal carioca.
A queridinha da cúpula da Globo, a inteligentíssima Patrícia Kogut resolveu dar nota zero no programa Vídeo Show nessa quinta-feira 19! Segundo o estagiário, quando ela dá zero eé porque o negócio está feio mesmo! Classificar como "amadorismo" então...vixeee! 
No Instagram, vários artistas concordaram com crítica de Kogut, curtiram e comentaram. A apresentadora Angélica foi uma das que concordou com a nota zero para o programa, além do locutor Luís Roberto, o autor de novelas Tiago Santiago, as atrizes Amandha Lee, Cris Vianna e Samantha Schmutz e as apresentadoras Antonia Fontenelle, Renata Boldrini e Sonia Abrão também deram like na publicação. 

Se o programa já não andava bem das pernas antes dessa mudança, agora piorou. A audiência da enésima reestreia foi um desastre, atrás da Record e com o SBT na cola. Quem vai deixar de ver A hora da Venenosa, com a engraçadíssima Fabiola Reippert, Glotino e Lombardi, agitando a tarde na Record, para ver quatro mulheres dizendo asneiras na Globo?

A estreia da ex-BBB Ana Clara foi um tanto desastrosa e decepcionante no Vídeo Show. Insegura, ela não teve jogo de cintura e acabou sendo detonada nas redes sociais, por ter se limitado à ler tweets de maneira monótona num cantinho do estúdio. Na verdade, a câmera quase não a mostra...

Enquanto isso, na linha de frente, ficavam Sophia Abrahão com as ex-BBBs Fernanda Keulla e Vivian Amorim. Ex-participante do BBB18 e estudante de jornalismo, Ana Clara mostrou insegurança no ar, mas ninguém sabe se foi um efeito estreia ou se ela está pouco à vontade na função insignificante que lhe deram.


“A produção do vídeo show tem que repensar um cargo para Ana Clara, porque com essa função de ler monotonamente tweets, o Ayrton não vai pagar a produção”, brincou um telespectador. “Bicho, o que a Ana Clara tá fazendo ali mesmo? Porque ela está super perdida”, comentou outro.

A Globo esperava ter média de 12 a 13 pontos com o novo Vídeo Show, já que o Jornal Hoje entrega com mais de 11  pontos! O resultado é impressionante: basta o programa começar a audiência cai! Termina o Vídeo Show a audiência sobe! Talvez essa rejeição ao Vídeo Show seja muito mais pelo que a gente sente do que pelo que a gente ver!

Para Chico Barney, twitteiros e o mundo todo, "Ana Clara está na função de pessoa mexendo no notebook, e Sophia pouco à vontade. Enfim: Video Show segue uma bagunça" 

A superlotação do elenco, somada ao natural processo até conquistar o entrosamento entre todas as partes, garantiu uma bagunça generalizada. Quando receberam Helga Nemeczyk, a menos famosa entre os participantes do Show dos Famosos, ficou parecendo dia de estreia do BBB. Todo mundo falando ao mesmo tempo, inviabilizando qualquer possibilidade de entendimento por parte do telespectador. Só faltou alguém puxar o coro “uh, é video show!'' 

Fernanda Keulla e Vivian Amorim seguem desenvolvendo um ótimo trabalho desde a época da cobertura do BBB 18. Conseguiram aliar o texto dos roteiristas à naturalidade que é o grande trunfo de ambas. O problema foi a decisão meio boba de colocar as 3 fazendo um jogral para anunciar cada matéria. Ficou forçado, não precisa de tanto. 
Ana Clara está em sérios apuros, pois foi colocada no inglório cargo de leitora de tweets. É um conteúdo que não costuma servir para absolutamente nada, apenas matar tempo e distrair a audiência do que realmente interessa. Mostrou  insegurança, plenamente compreensível, tanto pelo fato de ser uma estreia quanto pela função sem maiores propósitos." (Inclusive, é mantida em um canto do estúdio, pouco focado pela câmera, assegurando, assim, a insignificância do seu papel secundaríssimo...)
Mas o calcanhar de Aquiles ainda é o conteúdo das matérias e entrevistas. Sem personalidade, o programa não passa de um emaranhado de informações sem ganchos relevantes. 
Enquanto Chico Barney e o Twitter esbanjam críticas ao programa e à presença sem sal e insignificante de Ana Clara no mesmo, Boninho já está providenciando uma nova mudança que salve o Vídeo Show do fracasso e do descrédito absoluto.

18 de julho de 2018

The Voice Brazil!



Tivemos, na noite de ontem, a estreia do The Voice Brazil na telinha da Globo, com seus jurados Ivete Sangalo, Lulu, Teló e Brown. 
Com Ivete presente o prazer de ver o programa está garantido. Ela é pura simpatia e alegria:

Não obstante as críticas à qualidade do programa brasileiro, comparado com a de outros países, gostei do que vi e ouvi. 
Nesse primeiro episódio, só se apresentaram candidatos do Nordeste: Bahia, Ceará, Maceió, Pernambuco e Paraiba. 
Chamou-me especial atenção o representante da Paraíba, Kevin Mdjana, filho de pais africanos, da República dos Camarões, nascido no Brasil. 
Kevin, com uma presença em palco excelente, cantou uma versão de “Uptown Funk”, de Bruono Mars, dançando muito bem e, com sua agitada performance, levantou o auditório e encantou os jurados. 
As demais apresentações foram boas, vozes afinadas, repertório bem escolhido e moças bonitas. 
No final, apareceu Cláudia Leite, como se fosse candidata, tudo bem combinadinho, apesar da fingida surpresa de todos e de Tiago jurando que de nada sabia, que ficou surpreendido. Pois sim! Engana-me que gosto!

Hoje começará um novo programa na Record, também de cantoria. Não lembro o nome, mas aposto que vai ser divertido ver. São 100 jurados que decidirão quem é o vencedor. Ou seja: quanto mais jurados  o candidato conseguir fazer cantar com ele, mais pontos obterá. 

15 de julho de 2018

Modelo desfilará no Miss Itália com prótese na perna


Chiara Bondi, linda jovem de 17 anos, desfilará na passarela do concurso com uma prótese na perna esquerda, amputada após um acidente de trânsito.
(Imagem: Reprodução/ANSA/Roma.


Uma história de superação marcará a próxima edição do Miss Itália. A jovem Chiara Bondi, de 17 anos, desfilará na passarela do concurso com uma prótese na perna esquerda, amputada após um acidente de trânsito em julho de 2013.
A garota, segundo o jornal "Leggo", pediu para participar do Miss Itália a Patrizia Mirigliani, organizadora do evento, que viu nela "um importante símbolo de esperança e renascimento".
Mirigliani promove no concurso "uma beleza sem fronteiras", e deficiência, ela explica, "é um sinônimo de uma feminilidade ferida e redimida". Aluna matriculada na escola clássica e barista sazonal em Tarquinia, sua cidade natal, Chiara se inscreveu nas seleções regionais do Miss Itália. 
"Você participa de um concurso de beleza para vencer, mas meu principal objetivo é passar uma mensagem aos jovens, para eles saberem como defender suas vidas, sempre dando-lhes uma nova oportunidade", afirmou Chiara. 
"Pratico canoagem, windsurfe, escalo pedras e nado embaixo d'água, mas nunca pensei que seria capaz de desfilar na Miss Itália com meus maravilhosos saltos altos", acrescentou. 
Ainda de acordo com Chiara, o concurso oferece a ela a oportunidade de transmitir sua coragem "para um público mais amplo possível, para compartilhar uma experiência pessoal que mostre que, mesmo com uma deficiência, a vida poder ser levada normalmente , envolvendo-se em esportes, no amor e, por que não, em um concurso de beleza". 
Juntamente com um jovem de 26 anos, Lorenzo Costantini, que perdeu uma perna em um acidente no trabalho, Chiara coloca essas ideias em prática em encontros com estudantes das escolas de Roma e Viterbo para eles conhecerem sua história, inspirada pela vontade e determinação. 
Os dois se juntaram ao projeto "SuperAbile", concebido por um vereador de Bassano Romano, Alfredo Boldorini, enquanto em 15 de julho é comemorado em toda a Itália o Dia do Orgulho das Pessoas com Deficiência.

Autora:Giorgiana Cristalli