[Valid Atom 1.0] [Valid RSS] Rabiscos de Eva: Preparem-se para as mudanças que ocorrerão no BBB18!

8 de janeiro de 2018

Preparem-se para as mudanças que ocorrerão no BBB18!



Todos os anos a equipe do Big Brother Brasil prepara diversas mudanças e novidades para tornar o programa mais atrativo, e não ficar na mesmice, embora, em alguns casos, não façam grandes diferenças tais esforços para mudarem alguma coisa. O que deveriam mudar, com urgência, seria o apresentador fracote, paspalho e parcial. Mas, este tem as costas quentes dentro da emissora. 
Todavia, nem tudo está perdido! Fiquei sabendo que Bonis fez uma mudança drástica e oportuníssima no sistema de votação do público que vai derrotar o estardalhaço de votos que Kids e caprichetes promoviam, sentindo-se os donos dos resultados das votações. 
Segundo o novo esquema estabelecido pela direção do BBB18, só poderá votar quem fizer cadastro no Gshow e CPF.  Não vai poder votar somente conectado pelo Twitter, Facebook ou Gmail.
Os Kids ficarão impedidos de abrirem várias janelas para votarem como doidos ou usarem robot. Mesmo que os pais permitam que usem o CPF deles, não vão poder votar, porque o CPF dos pais não será válido. Não é uma notícia supimpa? Adorei!
O cadastro é gratuito e o internauta apenas precisará preencher os campos com algumas informações pessoais, como nome, e-mail, data de nascimento, e criar uma senha de 8 a 15 dígitos. O internauta ainda terá a opção de clicar no botão do Facebook ou do Google para preencher automaticamente alguns campos.
Para treinar os participantes com o novo método o próprio site do BBB já vai começar a realizar algumas votações no site oficial para deixar todo mundo pronto para quando o reality show começar. 
O melhor é saber que a turminha desocupada não poderá abrir várias janelas para votar 10 ou mais vezes de uma vez, pois mesmo que criem dez contas, terão que decorar as senhas com 8 a 15 dígitos... Não dará tempo, nem adiantará: serão vencidos pelo cansaço.
Na minha modesta opinião, o melhor sistema seria votar pelo IP, dando direito de votar somente uma vez a cada meia hora. 
Com essa nova medida, as torcidas vão ter que se empenhar mil vezes mais, todo o fandom vai precisar fazer um cadastro no Gshow para poder votar! Resumindo: se aparecer uma outra embusteira tipo Emilly, não vai se criar por muito tempo no reallyti, especialmente com o novo sistema de indicação e votação interna para mandar alguém para o paredão. A mudança na votação fora da casa é complementada por outra mudança fodástica dentro do jogo.
Amei esse novo sistema de votação. Fãs clubes não vão mais ganhar no grito! Acabou-se a farra! Fim do império dos canalhinhas que mal sabem escrever o próprio nome.
O sistema novo decretou a morte dos multirões, metralhou as torcidas organizadas e deu um tiro naqueles embusteiros que ficavam informando pesquisas parciais mentirosas no twitter. Boninho voltou com tudo, para salvar o BBB da desgraça que a ninfeta sinistra trouxe para o BBB17. A herança funesta da pessoa mais desonesta e mentirosa que já participou do BBB está detonada, sem chances de voltarem a badernar o reallyti.
Segundo a produção, as mudanças no BBB18 prometem agradar a quem não curtiu a última edição (e quem poderia curtir aquele fiasco manipulado pelos kids?), e vão desde o visual da casa do Big Brother, até a escolha do grupo de participantes dessa edição.
Sabemos que o programa é exibido diariamente pela Rede Globo e tem, para quem se interessar, um canal pago, o Multishow, que mostrará o que acontece na casa 24 horas por dia. Ótimo para quem gosta muito dessa atração e não quer perder nenhum detalhe do que acontece nela  e com os seus participantes. No Gshow haverá, também, a chance de acompanhar o que se passa na casa, com quatro telas disponibilizadas.
Para estimular a curiosidade dos fãs do programa, a Globo mantém algumas mudanças fechadas a sete chaves, para que os espectadores somente descubram no dia da estreia, fazendo assim, com que a audiência desse programa fique em alta. Vejam as principais mudanças anunciadas para o BBB18:
Apesar de já estar na sua décima oitava edição,  o BBB deve chamar bastante a atenção do público, talvez não tanto como na edição anterior, em que houve a troca de apresentadores do programa, que resultou num fiasco, com um babaquinha dizendo asneiras, interferindo, dando dicas de fora da casa, rotulando participantes de forma pejorativa,  sendo grosseiro, inseguro, péssimo de discurso e muito, mas muito chatinho mesmo!
Esse ano, as grandes mudanças do programa ficam por conta da decoração da casa, que vai seguir um estilo totalmente novo em relação às edições anteriores e as novas provas que os participantes vão ter que enfrentar ao longo do programa.
Outra mudança que esse programa terá e que vai chamar a atenção do público é a questão da escolha dos participantes, feitas em seletivas regionais, ao invés de nacionais. Assim, essa edição do BBB terá um número maior de brasileiros vindos de vários estados do Brasil,  inclusive com pessoas de todas as regiões. Vejam:
Isso dá uma maior diversidade ao programa e também uma representatividade maior e mais diversificada, além de uma emoção própria. 
Outra mudança que o programa deve apresentar serão as provas do líder, as quais serão muito mais racionais e menos físicas.  Isso deve agradar aos participantes que não precisarão passar por duros testes físicos, por mais de 24 horas, para garantir a liderança da casa e a consequente imunidade para o próximo paredão. 
Essa mudança agradou-me muitoooo! Chega de provas que varam a madrugada e findam dando a vitória a quem mijou no tapete ou manipulou um outro já no final como aconteceu em duas que a ninfeta participou e ganhou).
Muitas dessas provas físicas tinham duração de mais de 30 horas, com isso, ficava difícil até mesmo para os telespectadores saberem quem ficava na liderança da casa, após o término dessas disputas. Isto porque, quase sempre ocorriam maracutaias ou protecionismo com participantes desonestos que blefavam e a produção fazia vista grossa, na safadeza descarada. Foi o que mais se viu no BBB17.
Por fim, uma última alteração será feita em relação à extinção do Anjo, que era escolhido por meio de uma prova e concedia ao vencedor o poder de dar  imunidade para qualquer participante, livrando-o de ir para o paredão. Com a extinção do Anjo, desaparece, também, o Monstro que castigava quem o Anjo designasse para esse papel. Ótima mudança. No BBB17 as maiores safadezas ocorreram com os que tinham o Anjo e o usavam para se beneficiar, como moeda de troca.
Isso deve dar uma emoção ainda maior para as eliminatórias, já que elas serão formadas por todos os participantes da casa, sem nenhuma exceção, evitando negociatas entre alguns para beneficiar parceiros ou prejudicar desafetos, como aconteceu no nefasto BBB17. Com essa nova medida, as estratégias utilizadas pelos participantes devem ser ainda mais exatas, para garantirem que eles não serão indicados para a eliminação. 
Adorei essa novidade. Vi muita canalhice no BBB17 por conta de conluios desonestos do Anjo com o Líder. 
Pena que não mudem também o apresentador Tiago Leiffert. O papelão dele no caso Marcos/Emilly ainda me embrulha o estômago. O discursinho mequetrefe que fez na final, dizendo que a vitória da Judas traíra era "a vitória do coração", foi a mais avassaladora e cretina asneira que já ouvi em toda a minha passagem pelas edições do BBB. Infelizmente, vou ter que aturá-lo e ter muita asia, muita ânsia de vômito! Argh!.  Que saudade do culto, maduro, tarimbado, estiloso e lindo Pedro Bial! 
Postar um comentário