10 de janeiro de 2018

A entrevista (live) do Vice-Campeão de A Fazenda!


Marcos Härter, o personalíssimo vice-campeão de A Fazenda, participou de uma live no Facebook de O Fuxico, na tarde desta quarta-feira (10). 
O Doc está tranquilo, sereno, muito em paz consigo mesmo e com o mundo, incluindo os que lhe fizeram mal. A viagem a Dubai fez-lhe muito bem! Está cheio de planos 
A entrevista poderia ter sido melhor, se os entrevistadores não fossem tão fraquinhos. Todavia, se não souberam fazer perguntas interessantes, pelo menos deixaram-no à vontade para falar, num clima cordial e respeitoso.
Além de comentar sobre suas participações no BBB17 e em A Fazenda – Nova Chance, o médico revelou que pretende fazer um novo leilão, com os objetos e peças que criou e que fizeram parte de sua trajetória no reality da Record TV.  “Inclusive o que muito o motivou a fazer as obras, no confinamento, foi justamente a intenção de reverter todos os trabalho em renda para as instituições carentes, como fez com o que juntou no BBB17,  contou o Doc.
Falando sobre o confinamento em dois Realities, ele disse que o fato de não se saber de nada que acontece fora da casa, as pessoas findam sem termais nada para conversar e, daí, começam as fofocas, as intrigas e animosidades. Não haver pessoas com conteúdo é torturante. No BBB havia Rômulo e Ilmar, com que sempre tinha o que conversar, até as relações entre eles ficarem estremecidas, em A Fazenda, foi pior, pois só havia Nahim para manter uma conversa interessante. O confinamento empobrece a mente, disse ainda o Doc. Daí, recorrer à oficina para  ocupar a mente e se proteger do estresse.
Indagado sobre quais foram os piores momentos que viveu nos dois realities, Marcos respondeu que, no BBB17, foi quando lhe disseram que ele estava eliminado por agressão. Nesse momento ele disse ter se lembrado de Maroca, quando esta foi ferida no rosto pela unha de outra participante e foi chamada ao confessionário para dizer se ela considerava proposital o ferimento e se caracterizava como agressão física. Maroca teria respondido que não, que foi apenas uma brincadeira de mau gosto, sem intenção de a ferir.  Daí, tudo ficou encerrado. Marcos, então, teria dito: "se concluíram que algum gesto dele se configurou como agressão foi porque alguém disse isso". Eles confirmaram. Então, ele tentou voltar à casa, mas foi impedido. Não foram grosseiros, foram cordiais, mas não poderiam deixar que eu entrasse de volta para a casa.  Ele comentou que faltava apenas três dias para terminar o programa, ele já tinha chegado até ali, entre os finalistas. Foi muito duro, foi difícil demais. 

Quanto ao momento mais difícil na Fazenda, ele falou que foram as duas cusparadas que levou no rosto, de Monick. Mas, disse ele, foi também o que ensejou um outro momento muito bonito, quando ela o procurou para pedir perdão. "Eu senti a sinceridade nos olhos dela, na voz e na forma humilde como revelou o arrependimento e a vergonha que estava sentindo". Tudo terminou num abraço e ficamos muito bem e na paz.
Voltando à relação dele com a direção do programa, Marcos confessou que a afrontou várias vezes, devido a forma grosseira como os tratavam, e que , quando o ameaçavam de mandá-lo embora, não exitava em pedir que abrissem a porta que ele sairia numa boa. Sempre recuavam. Isso aconteceu muitas vezes. Como recuavam, eu percebia que não me queriam fora do programa, decerto porque eu estaria dando ibope. A conclusão a que ele disse ter chegado foi a de que resolveram usá-lo até aparecer uma brecha para tirá-lo do jogo. Alguém ainda tem dúvida de que a Judas funesta traiu miseravelmente o Doc em conluio com o diretor?
Ele não citou o nome da bisca nenhuma vez, nem comentou o arquivamento do processo que o incriminava baseado numa mentira da embusteira. É possível que nada faça contra a emissora que criminosamente o prejudicou e a sua cúmplice que prestou falso testemunho da flopada desmoralizada e chutada pela Globo. Pelo menos não falou nada sobre esse assunto. 

Já pensando na próxima edição do BBB, Marcos ainda deu alguns tipos de conselhos para quem vai ser confinado na casa mais vigiada do Brasil.“Essa experiência não é para qualquer um, suas ações estão sendo vistas e observadas por todo mundo aqui fora. (...) Ainda não descobri o balanço final, mas eu não recomendaria não ir, depois de já ter se inscrito. A grande decisão é se inscrever”, chegou a afirmar ele, que, aliás, também aproveitou a ocasião para contar que pretende se candidatar, em breve, a algum cargo político. Já recebeu vários convites e está amadurecendo a ideia.
Indagado se aceitaria fazer um programa na Tv do tipo do Dr Rey. Ele disse que um programa não poderia, mas um quadro sobre a especialidade dele seria interessante. 
Já mais para o final da conversa, Marcos reforçou a importância dos fãs em sua vida, fazendo questão de aproveitar a ocasião para mandar um recado aos seus seguidores, principalmente os da internet.“Não fiz live desde que saí da Fazenda, pois estava precisando de um tempo. Mas eu queria agradecer o carinho de todas as pessoas que me acompanharam nos dois realities. [...] 
O conselho que eu dou, para esse começo de ano, é vamos focar na profissão, no estudo. O trabalho enobrece”, chegou a afirmar o médico. 
Sobre a Vetezeira, ele foi reticente. Apenas sugeriu que, em vez de reallyti, o programa fosse chamado de falseallyti, até porque o comportamento de muitos participantes eram bem parecidos com os dos políticos, por dinheiro cometem toda sorte de falsidade e mentiras. 
Para quem estava esperando de Marcos uma entrevista bem movimentada, com muitas verdades reveladas, com promessas de dar o troco aos que lhe fizeram mal, deve ter ficado decepcionado. O Doc está em outra! Feliz e nem aí para seus haters e para quem o traiu e tentou prejudicá-lo e desmoralizado. O cara está por cima da carne seca! Rindo para a lua! 
Adoooooro, a passagem do tempo! Uns subiram (Marcos e Vivian), outros desceram (a embusteira e sua clone), uns estão no alto (com a conta bancária cheia de dimdim), outros flopados e vendendo quinquilharias para ganharem uns caraminguás. A vida é justa com os bons e sabe ser mais justa ainda com os maus...