30 de agosto de 2017

Marcos Harter, o mais prestigiado pela produção de A Fazenda!

Gente, a Escola "Malabaristas da Roça" desponta na "Avenida" e a "Sapucaí" é longa! 
Para mim, a Escola "Micos Unidos de Taubaté" já desceu para para o terceiro grupo há muito tempo. O micoso, divertidíssimo e flopado Pós-BBB da Rainha dos Micos já deu! Agora, é o tempo de pensar em A Fazenda e seus integrantes. Vamos a isso.
Só voltarei a escrever sobre Vermilly, se ela aprontar um king-kong imperdível, fodástico, piramidal, que nos faça rir até 2030. Combinado? Então, voltemos a comentar os participantes do reality rural:
Como já sabemos, Dr. Marcos Harter será um dos participantes de "A Fazenda 9- Nova Chance", com estreia marcada para o dia 12 de setembro. Pois é, o absurdo é que, ainda nem começou o programa e já vejo nas redes sociais movimentos se formando para fazerem a guerra contra o médico, quase na mesma medida que rejeitam a participação da songamonga Mayla Araújo. Não concordo com isso e adianto que meu posicionamento será bem diferente. 
Se esse reality visa dar "uma nova chance" a todos os participantes, não seria coerente negarmos essa chance a qualquer um deles, antes do programa começar, por mais que os tenhamos repudiado em outros realities. 
Se abominei o comportamento de Marcos no BBB17, também detestei Nicole Bahls, Rafael Ilha, Monique Amim, Dinei, Conrado, Matheus, Fani e Yure em suas respectivas edições em realities. 
Portanto, passarei a borracha no passado de todos eles, passando a julgá-los de acordo com suas atuações em A Fazenda 9, especialmente Marcos que, segundo meu ponto de vista, foi tão culpado quanto Emilly na questão da agressão física e psicológica. Minha birra com Marcos não é por causa da embusteira (os dois se mereceram), é por causa da canalhice dele com Ilmar Renato e as atitudes calhordas com uma deficiente física e uma senhora com idade para ser a mãe dele. 
Quanto ao caso rumoroso dele com a Ninfeta venenosa, o que acho é que ambos deveriam ter sido expulsos, não apenas ele. Essa é a minha opinião, com a qual ninguém está obrigado a concordar. E saberei aceitas opiniões divergentes.
Gostaria que lessem esse incrível texto de Verônica Almeida sobre "feminismo utilitário", para que possam compreender meu posicionamento contrário à expulsão apenas de Marcos.

“Brigar por direitos iguais eu apoio e sempre vou apoiar a causa pois é uma causa de todos nós, agora, usar um reality que na minha visão, foi inteiramente manipulado, incitando a discórdia o tempo inteiro com o jargão "FOGO NO PARQUINHO" para depois um dos participante incitado ser julgado como "agressor" por parte dos telespectadores do mesmo, para mim, será sempre Feminismo Utilitário. Havia nessa discussão dois, e não apenas um agressor... Dois participantes que não se respeitavam, a falta de respeito era de ambas as partes. O programa parecia gostar muito das Drs acalorada dos dois, aí numa briga onde aconteceram agressões verbais e psicológica de ambas as partes, só um foi punido porque a mulher é frágil? E onde fica a luta pela igualdade!?  Uma pessoa viveu 37 anos de sua vida, e até onde se sabe, sem nenhuma denúncia de agressão contra mulheres, passou quase três meses na casa iludindo e sendo igualmente iludido, aí num descontrole visível onde ele provocou e foi provocado, somente um vira agressor de mulheres, por uma discussão aos 48m do segundo tempo? E a vida antes dessa bagaça não conta? E seu histórico de vida antes dessa bagaça não conta? E o profissional conceituado antes dessa bagaça não conta? Por isso que eu digo, a defesa pelo feminismo hoje em dia, virou em muitos casos, Feminismo Utilitário. Essa é a minha opinião, e por ter eu liberdade de expressão, concorda e discorda quem quiser.” 
Eu concordo plenamente. Concordo que Marcos e Emilly foram igualmente errados, que se agrediram reciprocamente, que mantinham um relacionamento fake de conveniência, além de terem agredido outras pessoas na casa... Relacionamentos abusivos e doentios, tumultuados, como era o caso deles, devem ser avaliados, considerando um conjunto de fatores envolvendo os dois. 
Com efeito, houve injustiça e muito exagero em tudo que aconteceu, e a vilã venenosa, tão agressiva quanto Marcos, saiu de santa, de vítima inocente, devido a esse "feminismo utilitário" sem noção. Parabéns a Verônica. A opinião dela coincide perfeitamente com meu ponto de vista. 
"O Feminismo é uma luta da mulher por direitos iguais perante a sociedade, igualando-se aos homens nos direitos e deveres". Já o "Feminismo utilitário é aquele em que colocam a mulher sempre como vítima". Ora bolas, se os dois passaram das contas no quesito agressão, que fossem punidos igualmente por isso. No caso da expulsão do Doc, a manipulação foi descarada, sem a devida transparência e, até hoje, não nos mostraram nem irão mostrar a fita com a cena do depoimento de Emilly e da expulsão de Marcos. Porque não a mostram? Claro que é porque não interessa a Globo que a verdade venha a público. 
A expulsão de Marcos da bagaça começou a se delinear no dia em que Ilmar, provocado por Emilly, brigou com ela e a chamou de verme. Era tudo quanto ela (na liderança) queria para pô-lo no paredão. Provocou-o e conseguiu tirá-lo do sério. Até aí, Marcos não estava tão queimado, era um dos participantes cotado para ganhar o reality show. E Emilly sabia disso. Portanto, urgia que começasse a mexer os pauzinhos para livrar-se de tal ameaça. 
Se a vilanzinha asquerosa não o tivesse manipulado, enchendo-lhe a cabeça com cobranças e censuras, porque ele não a defendeu na tal briga forjada por ela, o final do reality teria sido outro. A pressão da periguete infernal foi tão obsessiva e acirrada que ele surtou, perdeu o auto-controle emocional e fez tudo quanto fez de errado e até de monstruoso. 
Ela também o agrediu psicologicamente, emocionalmente e fisicamente, sim! Fisicamente com as unhadas, jogando coisas nele, como a bola no rosto e o chute na barriga. Psicologicamente e emocionalmente ela o prejudicou, ao levá-lo a um nível extremo de estresse, de irritação, especialmente devido à eliminação de Ilmar, armada por ela! 

Marcos, visivelmente abalado, chorou aos prantos ao ver Ilmar saindo da casa, mostrou que tem sentimento, enquanto a Bisca comemorou a eliminação do indicado por ela por ser uma ameaça aos seus planos de ser a vencedora. Livre de Ilmar, só restava à peçonhenta promover os meios para livrar-se de Marcos. E foi o que fez com mestria!
Ela deveria sim, ter sido desclassificada e tirada da casa no mesmo dia em que tiraram Marcos. A prova de que o público não engoliu o engodo da direção do programa, protegendo uma periguete mau-caráter, é a imensa rejeição dela aqui fora, inclusive pela própria Globo. 
No caso específico de Marcos, eu acho que a coisa toda saiu do controle a partir do momento em que ele já chegara a exaustão com as pressões de Emilly. Ela é insuportável, extremamente irritante, obsessiva, enciumadíssima de Vivien, cega pela ganância de ganhar o prêmio a qualquer preço. Todavia, ele tentou romper essa relação doentia e tóxica várias vezes, mas ela ia atrás e ele sucumbia aos apelos sexuais da boqueteira. Ficou com ela e ferrou-se! 
MARCOS NA PRIMEIRA SEMANA, semblante sereno. Antes de se ferrar com Emilly
Marcos na última semana na casa. visivelmente abatido, magro e estranho
Os dois erraram e o pior é que nenhum deles tenha tido a dignidade de admiti-los. Ambos se colocam como vítima do outro. Então que a expulsão fosse para os dois desequilibrados que detonaram o BBB17. Como a ambiciosa desonesta foi de acordo com a expulsão dele (pelo menos é o que se sabe) ele também poderia ter dado queixa dela, teria sido o justo. Mas, não o fez! E nesse ponto é que está a diferença entre um e o outro... Marcos não levou a sério os arranhões, como ele mesmo explicou na entrevista, "ele achava que os arranhões era porque unhas de mulher normalmente são grandes", da mesma forma que relevou o chute e a bolada no rosto. Ao contrário dela que se aproveitou do desequilíbrio emocional dele (ocasionado por ela) e, juntamente com a emissora, o colocaram fora do jogo como agressor. A venenosa, desesperada pela grana, nem pensou duas vezes, passou a perna nele e saiu como a "pobre menina agredida". Só que aqui fora, nada que ela faz dá certo. Tem dinheiro, mas não tem credibilidade, o pouco respeito que tem, vem dos fãs fanatizados, que não conseguem enxergar a pessoa reles e sem moral que ela é. 
Claro que a emissora é a maior vilã dessa história, por ter alimentado essa grande farsa, fechando os olhos para todos os horrores praticados pelos dois. Emilly nunca teve "força" nenhuma para ser a vencedora, a emissora deu-lhe o prêmio em troca das cenas depravadas de sexo ao vivo e a cores, com direito a ver a bunda de Marcos marcando o ritmo do “créu” velocidade seis, e a audiência lá no alto, os twitteiros delirando! A turma por trás dos espelhos da casa deliciando-se. Essa diária sessão pornô ao vivo era o que interessava à Globo. Emilly não passava de uma ordinariazinha que protagonizava as ceninhas debochadas que alavancava a audiência da bagaça. A prova disso é o passa fora que deram nela fora da casa, sem ser "aproveitada" pela Globo nem para limpar o poleiro cagado do Louro José, hehehehe. E nem poderia, a embusteira é uma analfabeta funcional, tem uma dicção péssima, uma voz fanhosa e absoluta falta de talento, que não seja nas artes de alcova.
Janeiro está aí, o BBB18 vai começar, e ela só será lembrada como a "goza na minha boca", "a que beija bem e transa legal" e a rainha dos micos. 
Quem assistiu ppv, sabe que aquela que fala "Oi meus amores" não existe, é pura encenação hipócrita, da mesma forma que o que escreve no IG são textos plagiados de vários autores. De meiguinha essa víbora farsante nada tem.
Diante desses fatos, Marcos merece sim ter uma nova chance, merece mostrar que pessoa ele é, longe da nefasta e trevosa companhia da demoníaca vilanzinha.
Só dependerá dele dar-se bem ou sair-se mal em sua passagem pela A Fazenda. A nova chance lhe está sendo dada. Estou pagando para ver. 
Abaixo um dos muitos momentos maravilhosos vividos por Marcos e Ilmar, antes da filhote de Satanás destruir a amizade entre os dois.



Nenhum comentário: