24 de junho de 2017

O reality Show "A Casa" seria uma descarada farsa...


O novo reality show da Record, “A Casa”, nem estreou e já está dando muita lenha para a fogueira dos falatórios, da pior espécie. Desde o começo do mês, boatos dão conta de que “A Casa“ seria uma grande e descarada farsa. Participantes estariam sendo selecionados por fotos e não por inscrição. O que já constitui uma inacreditável irresponsabilidade e grande risco.

Agora, chegam novas denúncias obtidas com exclusividade pela TV Foco de um suposto participante da atração, que chama atenção pela riqueza de detalhes apresentados.
Segundo esta fonte, os problemas já começaram no pré-confinamento em um hotel de São Paulo, onde tudo foi muito desorganizado e eles não podiam conversar uns com os outros. Além disso, não teria havido nenhuma análise psicológica para a seleção dos participantes ou teste, o que representava um risco para eles. Que absurdo! Que falta de responsabilidade desse diretorzinho mequetrefe!
Os contratos foram assinados durante a madrugada, já em confinamento, e ninguém recebeu a cópia, e as cláusulas são bastante abusivas em tudo. Vai vendo o fuzuê que vai explodir nessa bagaça!
No dia 01/06, eles foram para o reality, mas sem terem nenhuma informação, todos pensavam que seria algo de resistência, pois assim falaram, no estilo “No Limite” (antigo reality da Globo). Que descaramento e desonestidade da produção desse reality...
Em relação ao local das gravações, seria um lugar bonito mas a higiene totalmente precária de forma proposital da produção, não havia nada anti-bactericida, e muitas pessoas desenvolveram doenças, mulheres menstruadas sofreram sem água e sabão suficiente e vários ficaram com herpes nos lábios e segundo a fonte contaminaram a todos. Belezinha! Por que o Ministério da Saúde que ainda não foi notificado dessa aberração?  Quero ouvir a gritaria nas redes sociais...
Além disso, dois participantes, um rapaz e uma moça, teriam pego conjuntivite e foram retirados da casa após baterem de frente com a produção. Em determinado momento ele explodiu e gritou com a produção para avisar que estava com uma doença infectocontagiosa, e que segundo a fonte esta foi a única vez que se fez silêncio no reality. 
O cara meteu a boca no trombone e  disse a todos que que ninguém ali era animal e que não foram informados que estariam sujeitos a pegar doenças, enquanto isso os produtores falavam através de alto-falante. Em seguida os dois doentes foram retirados da “Casa” e não voltaram mais, e os demais foram avisados que a razão seria a conjuntivite. Vergonha!
Além disso, esse rapaz que foi eliminado já tinha avisado que em um confinamento como aquele em um país tropical com certeza iriam proliferar doenças, pois ele tinha cursos sanitários internacionais devido a sua profissão. O rapaz também pediu álcool para esterilizar o local mas a produção negou. Negar produtos de limpeza e higienização é inacreditável! Chega a ser escandaloso e nojento!


A fonte ainda informa que no reality tudo era manipulado como um laboratório de ratos. Por exemplo, na hora das brigas eles aumentavam a temperatura do ambiente, e durante a noite eles abaixavam muito para forçar a compra de cobertores (essa compra faz parte da dinâmica da atração). No entanto, não teria havido o episódio de ameaça com faca, como foi divulgado por uma coluna de TV.

Muitos participantes teriam passado mal por falta de comida, vários tiveram desmaios, convulsões, e teve até um participante que saiu de maca tendo uma parada cardíaca devido à falta de Potássio. 

Após o incidente, todos passaram a receber dois copos de água de coco por dia.
Diferente do que foi informado a eles, haviam muitos famosos, modelos, atores e pessoas do mundo artístico. Além disso, tinham alguns que estavam ali infiltrados pela produção. Que coisa feia! Se não sabem fazer um reality, que se recolham a sua insignificância, desistam, calcem a sandália da humildade. Vou estar de olho vivo e língua solta!


Olha que fofo, gente! A direção do programa forçava brigas e só os polêmicos foram sobrando. Chuchu beleza!
Nas palavras do informante, a experiência do programa foi a de um “verdadeiro experimento nazista” (em referência aos experimentos bizarros encontrados durante esse governo da Alemanha, entre 1933 e 1945). 

Fonte: TV Foco
Data: 24/06/2017
Autor: Vinícius Carvalho (com comentários meus acrescentados ao texto)

9 comentários:

William Mancuso disse...

Humm... Gostei da dinâmica desse futuro reality. Esses participantes estão reclamando de que? Querem viver confinados com todas mordomias, festas, sexo e ainda fama? Tem que se ferrarem mesmo, pois essa será a nossa diversão.

William Mancuso disse...

Gostei da dinâmica desse reality.

disse...

Eva,

Se alguém rolar as páginas das suas postagens poderá constatar que eu haviam afirmado com veemência, que não acompanharia o maldito experimento a la nazismo. É inadmissível que em nome da diversão seres humanos sejam tratados de forma tão indigna. Isso é caso de polícia, intervenção da saúde pública, interdição, processo.

A Record tem essa vibe de perversão e sadismo que eu simplesmente repudio com toda a força do meu ser.

Como eu havia dito e reafirmo, não curto, não me diverte, tenho completa aversão. estou fora!!!

disse...

Opis: Eu havia.

Quanto a mim, vê humanos sendo tratado de modo indigno, cruel e desumano, em nome da minha diversão não rola mesmo.

Repudio, tenho completa aversão e não assistirei nem por curiosidade. Felizmente a minha crueldade não chega nesse nível. Não estou cauterizada. A indecência não me diverte.

Eva/RN ZCMC disse...

Gente, é desanimador mesmo. Que mau gosto dessa gente da Record! Pode ser que a pessoa que deu a entrevista tenha exagerado... Só saberemos vendo o primeiro episódio na terça-feira. Se for mesmo como disse o cara eliminado, não acompanharei.

Anônimo disse...

É uma boa perda de tempo.O que tem muita apelação para prejudicar os participantes, não é diversão, é sadomasoquismo.E apelação dá pior espécie.To fora cem por cento!😶👎

disse...

Esse maldito reality em nada difere das arenas romanas, onde humanos lutavam entre si, ou lutavam com feras até a morte , para o entretenimento dos romanos - turba ensandecida e ávida por derramamento de sangue e tortura.

Quando esse tipo de indignidade nos diverte, melhor ir para o divã do psiquiatra. Isso foge da normalidade. É grotesco.

Curiosidades:

- A luta entre gladiadores fazia parte da política do “pão-e-circo” instituída no Império Romano, cujo objetivo principal era amenizar a revolta dos romanos com os problemas sociais.

Alguma semelhança com os tempos atuais?

Anônimo disse...

Todo reality que vale dinheiro parece que eles sentem prazer em humilhar as pessoas.Se for desse jeito mesmo que estão falando,vai ser muito deprimente ver pessoas se sujeitando a essas coisas por dinheiro.Essas produções só fazem isso,por que tem gente que se sujeita e pessoas que assistem.����������������

Anônimo disse...

Pessoas que humilham,são deploráveis.Devem ser denunciadas.🔊🔊🔊📣📣📣📣📣