17 de maio de 2017

Rafael Pilha surtado bem que é divertidoooo!



O Power Couple Brasil desta terça-feira (16) foi bem agitado e, ao mesmo tempo tragi-cômico! Tudo por obra e graça dohiper surtado Rafael Ilha que, ao vem um risco, na altura do seu pescoço, pirou de vez. A foto é aquela que se encontra na porta do seu quarto. O cabrão furibundante ficou transtornado! Acreditou que alguém quis sinalizar que quer "cortar seu pescoço". Iche! Que nervoso! 
Elétrico, careteando e se contorcendo, enquanto ensaiava fazer cara de vilão ofendido (nem precisava, seu focinho já é de meter medo), o baixote abominável mostrou a foto aos participantes para provar que não está paranoico, mas os outros acharam que foi apenas um incidente (aqui para nós, acho que foi ele mesmo quem riscou a foto, hehehehe). 
Em outro momento, o surtadinho continuou com um mau humor dos demônios e, para variar, irritou-se com Ana Paula, esposa de Sylvinho BlauBlau, a quem chamou várias vezes de jararaca, dizendo estar com uma vontade enorme de cortar-lhe a cabeça. Gente, esse cara não deveria estar nesse jogo! Ele poderá partir para a agressão física, o histórico dele é bem atrapalhado! 

Lá para as tantas, o maluco resolvei reunir todos na sala para fazer o inquérito para apurar quem foi o criminoso que o está ameaçando de morte. Foi o momento máster da ridicularia da noite! O surtado brandia a foto, apontava para o risco e perguntava quem foi, entre os presentes, que fez o risco na foto mais linda que ele tem com a mulher! Claro, que todos ficaram estupefactos com a ceninha de loucura, ninguém se acusou, Ana Paula ficou de saco cheio e retirou-se da sala, com o marido, deixando o doido falando sozinho, esbravejando e se contorcendo feito cobra em areia quente... 
Mas, o pior estava por vir. O cabrão trancou-se no quarto com a mulher dos olhos esbugalhados e começou a delirar, a ameaçar, a dar socos nas paredes, fazendo buracos na madeira, quebrando objetos da decoração, enquanto proferia ameaças à pessoa que riscou a foto, sugerindo que seria Ana Paula. 
Ouvindo a barulheira no quarto, Maurício foi chamar o casal para o almoço e ouviu poucas e boas grosserias, mandando que o deixassem em paz, que não queria ficar perto de gente insuportável e falsa, etc, etc. 
O acesso de loucura prosseguiu com ele entrando na cozinha, quase atropelando Ana Paula, na busca de 4 bananas para almoçar, recusando-se a comer a lasanha que a mulher de BlauBlau preparou. O cara bufava como um touro miúra! Ai, que meda! 

Nesta semana, como sempre, o jogo recomeçou com mais um desafio dos homens e das mulheres. 

Na prova dos homens, um monociclo foi suspenso sobre um cabo de aço a alguns metros de altura. Abaixo dele, havia um contrapeso que permitia que ele se inclinasse para os lados sem cair do cabo. No chão existiam caixotes quadrados com nome de alimentos e bebidas que deveriam ser coletados, de acordo com o cardápio completo que a mulher preferia como entrada, prato principal, bebida e sobremesa. 
Para cada parte da refeição havia quatro opções. Desta forma, cabia ao homem acertar todas as opções escolhidas por sua esposa. Para isso, ele teria que pedalar sobre o cabo de aço e "pescar" os ícones dos alimentos que estavam no chão, usando uma corda com um gancho na ponta. 
O homem começava pescando a entrada e, enquanto ele não pescasse a opção correta, não podia ir para a próxima fase. 
O objetivo da prova era coletar as escolhas da esposa em no máximo sete minutos. 
Rafael, Cairo e Nasser não completaram a prova. Andressa havia apostado 18 mil em Nasser. O prejuízo foi grande. Aline e Nayara apostaram bem menos nos parceiros. 

Já no desafio das esposas, elas deviam encontrar seis peças de roupas do marido (um calçado, uma parte de baixo e uma parte de cima obrigatoriamente, além de três peças que foram escolhidas por ele) em uma arara. Mas, para dificultar ainda mais a prova, a arara estava ao lado de uma esteira rolante que nunca parava. 
A mulher precisava se equilibrar e correr contra o sentido da esteira para resgatar as peças. Cumpria o desafio quem pegasse todas as peças de roupa corretas do marido dentro de dois minutos. Somente Regiane e Marcelly cumpriram a prova. 
O casal Regiane e Fábio fizeram o melhor tempo e, com tal proeza, ganharam o prêmio de uma viagem à Grécia. 
O casal Andressa/Nasser, por terem apostado muito alto um no outro e perdido as duas provas, estão ameaçados de estarem na DR da quinta-feira, se não ganharem a prova de casal de amanhã. 

O bom nesse jogo são as reviravoltas que ele dá, jogando para o top da lista os casais, ou os rebaixando para a DR. Tudo depende unicamente da habilidade dos casais. Que alívio é não ter caprichetes e imbeciletes atrapalhando os resultados. Claro que há sempre as carielliadas idiotas... Fazer o quê? O cara é um abestado mesmo! 
Falam por aí que vazou os nomes dos finalistas do “Power Couple” . Mais um boato? Quem sabe?
O negócio é o seguinte: se você não quer saber quem são os finalistas do programa “Power Couple” da Record, então pare de ler essa matéria agora! É que mais uma vez, a atração que confina casais em busca de dinheiro teve os nomes de seus finalistas vazados. Sim, está aí o problema e a insistência em se gravar um programa inteirinho e deixar só a final ao vivo. 
Segundo a coluna Zapping assinada por Fernando Oliveira desta quarta-feira (25), ao contrário do ano passado, em que duas duplas disputavam o prêmio final, o “Power Couple” deste ano terá três casais finalistas. 
O reality show já tem seu encerramento marcado para o próximo dia 22 de junho e levará ao ar sua grande final ao vivo. Com as gravações encerradas, o reality terá entre os finalistas os ex-BBBs Andressa e Nasser, os ex-“A Fazenda” Lorena Bueri e Diego Cristo e a ex-panicat Carol Narizinho com o marido, Matheus Boeira (os dois já foram eliminados, mas voltarão na repescagem do programa). Será verdade? Segundo havia anunciado Justus, somente um casal voltaria na repescagem que deverá acontecer após a eliminação do quinto casal. 

Um comentário:

Anônimo disse...

Parece que virou regra agora ter que selecionar pessoas, para esses programas, que são ao mesmo tempo desequilibradas e sem caráter, simplesmente para entreter uma grande massa de uma população que se delicia com baixarias. Agitar um programa é uma coisa, mas fazer isso a custa de métodos baixos é outra coisa.