13 de maio de 2017

O casamento de princesa de Elis –BBB17



Reservei meu período de cura da intoxicação causada pela picada do perigoso vírus Aedes Emillycus, para render homenagens a alguns Ex-BBBs que me divertiram, que me conquistaram a simpatia e admiração. Já fiz meu carinho com Vivien e com a Lady Ieda Wobeto. 
Agora, chegou a vez de documentar e divulgar o lindo casamento de Elis Nair, a turbulenta, apimentada e divertidíssima ex-BBB que, infelizmente, saiu cedo demais do programa, levando com ela a leveza, a alegria e a habilidade para joga o xadrez do “leva-e-traz”. 

Logo na saída da casa, na presença de todos os presentes, Luiz Carlos pediu a mão de Elis em casamento, com anel de noivado, flores e beijos. 
Isto, após um relacionamento feliz vivido há mais de 20 anos. 
Os dois oficializaram a união na noite de 20 de abril, no Rio de Janeiro para cerca de 300 convidados, entre eles todos os ex-participantes do BBB, exceto o Aedes Emillicus e o dortorzinho valentão, cujas presenças não eram bem-vindas para ninguém, e alguns que não estavam no Rio na data do enlace, como Roberta, Daniel e Rômulo. 


Os amigos que conquistou no reality marcaram suas presenças, vestindo vistosos figurinos escolhidos especialmente para a ocasião. Eles abrilhantam a noite de Elis e Luiz Carlos. Vejam as fotos:
A foto para guardar no álbum das boas lembranças!


Vivien num abraço cheio de carinho na noiva feliz. 

Olha eleeeee! Ronan! Com Ilmar. Dois queridos!

Outro trio muito querido! Saudades deles!

Olha que casal lindinho! São apenas amigos, gente!
            Gabriela Flor, linda e bem mais cheinha. 
Ilmar e seu lindo filhote Igor. Apesar de picado pelo perigoso vírus Marcungunha, salvaram-se do veneno sem sequelas.

Muito linda, elegante e classuda! Nossa Vivien é mesmo muito estilosa, sabe posar para as fotos.
Gente, olha elaaaa! Marinalva super elegante, linda e esbanjando charme. 
Felicidade para sempre, Elis Nair e Luiz Carlos!

5 comentários:

Anônimo disse...

Se fosse para ganhar uma "vilã" nesse BBB, quem deveria ter ganhado era Elis. Ela sim era uma "vilã" divertida, com conteúdo e até autêntica (pois assumiu o jogo que fez, ainda dentro da casa mesmo, e só saiu por causa daquela torcida insuportável e fanática daquele ex-casal de escrotos que atendem pelos nomes de Emilly e Marcos). Muito melhor uma vilã que nos diverte, e assume que é vilã (e olha que eu nem a achei tão vilã assim, ela era mais "doidinha" que vilã propriamente) do que uma vilã sem carisma e que se fazia de mocinha indefesa (Emilly). Esse casamento dela com Luiz Carlos deve ter sido o máximo (e só daqueles embustes do Marcos e da Emilly não terem comparecido, deve ter sido bastante leve e divertido).

Anônimo disse...

Bela festa, belo casamento.
Todos eleganterrimos, felizes.
Queimaram o jogo da Elis, mas ele conseguia
mexer com a casa toda.
E o palhaço chamando ela de esquizofrênica,
mal sabia ele que o esquizofrenico era ele.

Felicidades Elis, muita paz no seu casamento.

Leandro Batista disse...

Jogadora nata. Entrou no BBB de cabeça e alma. Tudo bem que seu modo de jogar era meio suicida, mas é de pessoas como Elis que o BBB deve ser feito. Sem eles, somos fadados a ver um verdadeiro e modorrento acampamento de férias. Elis Nair foi a garantia de entretenimento nessa tão pesada edição.
Segundo ela disse, foi ao BBB, viveu o BBB e saiu porque era hora de sair. E deixou sua fantasia de causadora de intrigas dentro da casa.

Viva Elis Nair, a deliciosa Agente do Caos do BBB17.

disse...

Vai entender o público!

Diz querer jogo , diz não gostar de marasmo e elimina uma jogadora non sense, divertida, hilária e que nos faz rir. Elis fez muita falta.

Casamento lindo, pessoas felizes, elegantes. Destaque para a elegantérrima Vivian, a igualmente classuda Ieda, e para o Ilmar e filhote que estão elegantes e fofos.

Anônimo disse...

O povo (lê-se torcidas fanáticas que infelizmente estão dominando esses programas) gosta de ceninha, de dramalhão mexicano, de casalzinho fake. Elis foi jogadora assumida, divertida, e doidinha (no bom sentido), mas não rezou a cartilha das torcidas de caprichetes imbecis. E ainda enfrentou o casalzinho ídolo da torcida fanática que dominou (e estragou) o BBB 17, por isso acabou sendo eliminada com 80,32% dos votos, porcentagem muito elevada para quem não cometeu erros gravíssimos no programa. Ela fez fofocas e algumas "intrigas", mas o casalzinho fake fez bem pior durante o programa (pareciam dois animais sedentos por sexo a ponto de tirar a privacidade das outras pessoas de tanto que faziam "aquela coisa" no quarto do líder e nos outros quartos, tiraram a paz dos participantes da casa nas últimas semanas, debocharam de todos pelas costas, eram super arrogantes e desleais, entre muitas outras coisas), mas foram aplaudidos por uma torcida numerosa e medíocre (esse é o adjetivo que eu posso qualificar quem idolatra dois seres horrorosos como aqueles). Não acho que Elis tenha sido a merecedora de levar o prêmio, mas merecia muito mais do que a que infelizmente levou.