20 de maio de 2017

Ieda Maria Wobeto: Uma mulher além do tempo


Aos 71 anos, Ieda é dona de uma beleza que impressiona e simpatia que contagia. A canoense, que há 53 anos chamou a atenção dos dirigentes do Clube Bolão Gaúcho e foi convidada a participar do primeiro Concurso de Miss Canoas, continuou mostrando seu charme e conquistando pessoas Brasil afora, prova disso, foi ter conquistado uma das vagas num dos reality shows mais concorridos da TV Brasileira.
Há pouco mais de um mês, ela saiu da casa do BBB para retomar a vida aqui fora. Ainda está colhendo os frutos que a audiência do programa lhe proporcionou. Em visita ao jornal O Timoneiro, ela contou sobre os tempos de Miss Canoas, as mudanças depois do BBB e os futuros projetos, entre eles, um livro sobre sua vida que será escrito pela renomada jornalista Léa Penteado.
Jornal O Timoneiro: Como reconheceu sua beleza numa época em que não era comum mulheres estarem de maiô em público e chegou ao concurso de Miss Canoas?
Ieda: Nós éramos de uma família muito pobre do Bairro Mato Grande. Eu perdi meu pai muito cedo, com 11 anos. Naquele tempo a gente saía apenas para ir até a missa ou no cinema, antigo Cine Rex, aqui em Canoas. Mas, lembro que com 18 anos estava no Clube Gaúcho e me chamaram para conversar na secretaria. Eu pensei: será que apareceu a barra da minha saia? Antigamente as mulheres tinham que estar sempre muito bem comportadas. Então, o diretor do clube me convidou para uma seletiva que seria a escolha da representante do clube para o concurso de Miss Canoas. Minha mãe não consentiu no primeiro momento, mas um primo próximo incentivou e ela cedeu. Aos 18 anos, ganhei o concurso pelo Clube Gaúcho e depois conquistei o título de Miss Canoas que foi no Cssgapa. 
Na semana seguinte, já foi o Miss Rio Grande Do Sul. Lembro que na época me brotou uma vaidade que eu mantenho até os dias de hoje. Eu desfilei de maiô, naquele tempo isso não era comum, as mulheres tinham vergonha. Mas, eu nunca me importei muito com isso, sempre tive coragem de seguir. O concurso foi muito importante para mim, me fez ser conhecida na cidade e me abriu muitas portas depois.
Jornal O Timoneiro: Com a participação no BBB 17 sua vida foi exposta para muitas pessoas. Como foi essa participação no reality, valeu a pena?
Ieda: Eu nunca tive dificuldade em assumir minha beleza e me sentir poderosa. Quando resolvi entrar no BBB ele parecia um sonho distante, tipo ir para a lua, entende? Mas, deu certo, mesmo sem ter enviado o vídeo que eles pediam na inscrição. 
Entrei no BBB para me conhecer, porque às vezes a gente não se conhece. Tu pensas que é uma coisa, e que estás certa em outras e, quando vê, não estás. Quando estava confinada no programa, vi que podia melhorar em muitas coisas. Dizem que a gente não melhora mais depois de uma certa idade, isso não é verdade, sempre se pode melhorar. 
Me considero uma pessoa muito forte, me admirei por ter permanecido todo esse tempo lá dentro. Foi um desafio muito grande para mim, e com ele, vejo que estou disposta a outros também – venha o que vier. Talvez em casa, no dia a dia, eu não seja tão pacienciosa em função de ter filhos, e tudo que se fala fica bem depois. E lá dentro, tive que engolir algumas coisas. Aprendi a ter mais paciência, entender mais as pessoas principalmente, os mais jovens. Muitas vezes pensava que eu sendo mais velha, teria que ser mais entendida, e não é isso, temos que entender melhor os outros. 
Valeu a pena cada segundo no programa. Agora tenho oportunidade de passar um pouco mais das minhas vivências para as pessoas e acho que estou conseguindo, pelo carinho que tenho tido, as pessoas me agradecem pela minha atitude lá dentro e minha coragem mesmo com minha idade. Vejo que posso ajudar as pessoas, eu vi que posso, aliás, todo mundo pode ajudar uns aos outros.
Jornal O Timoneiro: Você é inspiração para muitas pessoas da sua idade e outras tantas também. Mas, qual o segredo para manter a disposição e não parar no tempo?
Ieda: Digo que não podemos ter preconceitos. As pessoas se divertem, se cuidam, se ajudam independentemente de idade. Não devemos fazer as coisas pelos outros, mas viver aquilo que queremos e gostamos; que nos faz bem, não ficar pensando no que o outro pensa. E também, não devemos parar nunca de ter sonhos e seguir em frente. 
Eu não me visto de acordo com a minha idade. Eu procuro manter o espírito e meu espírito varia muito. Se estou com meus netos de 4 e 5 anos, eu tenho 4 e 5 anos. Se estou com os mais velhos de 20 e 30, eu tenho 20 e 30. Se estou com minhas amigas de 50 e 60, eu tenho a idade delas. Esse é o segredo: ser um camaleão e estar de acordo com o ambiente e com as pessoas que estão nele, desde que se sinta bem. Eu fiz uma mensagem que várias pessoas ouviram e dizia assim: Se olhe no espelho, se ache linda. Vá trocar a cor do cabelo, faça alguma coisa por si mesmo. Você tem que se ajudar, não espere que o outro te ajude. Tenha coragem de ser o que você é.
Jornal O Timoneiro: Conta para nós as novidades e os seus projetos para o futuro?
Ieda: Eu sou canoense e aqui é meu lugar, minha casa, meu chão. Mas preciso aproveitar as oportunidades que esse momento está me trazendo. Provavelmente nos próximos dias vou ficar mais afastada daqui, indo e voltando para o Rio de Janeiro, Espírito Santo, Bahia, enfim, onde me chamarem para trabalhar. Esta semana vamos para o RJ fazer fotos para o GShow que deve sair logo. Também estou recebendo várias propostas para participar de editoriais e catálogos de moda. Mas, uma boa notícia e que vai me levar uma semana para a Bahia, é sobre um projeto lindo que vem se desenhando e foi convite da renomada jornalista e escritora Léa Penteado, a mesma que fez o livro do Roberto Carlos na apresentação em Jerusalém e outras tantas. Ela quer escrever um livro contando minha história – e olha que tenho muitas! (risos) Fatos engraçados, momentos das minhas viagens pelo mundo e a participação no BBB 17. (Como podem ver, Ieda está com a agenda cheia de compromissos e convites especiais para pessoas realmente importantes, que valorizam, com suas presenças, os eventos, as marcas e os produtos que aparecerão relacionados ao seu bom e respeitado nome)


Ieda com Eduardo Machado e Renata, da LUXXOR, Delma Gobbi e Rita Araújo, das Óticas Gobbi. (gente fina é outra coisa!)

As Óticas Gobbi e Luxxor presenteiam Ieda com óculos Versace.
Em homenagem ao Dia das Mães, as Óticas Gobbi e Luxxor, presentearam a ex-BBB17 ex-Miss Canoas, Ieda Maria Wobeto, com dois modelos de óculos escolhidos por ela mesma.
A canoense foi recebida com espumante e docinhos, na filial 01 da Gobbi, no Calçadão de Canoas, pelos profissionais da empresa. Esbanjou simpatia e foi prestativa com todos que se aproximaram dela para registrar o momento. Para a gerente da Gobbi, Rita Araújo, foi um prazer presenteá-la, “ela representou muito bem Canoas e as mulheres com sua elegância, classe e simpatia.”

Acompanhada da filha Tanara, ela experimentou todos os modelos com atenção e se deixou registrar com cada um deles. Na ocasião, ela teve a difícil tarefa de escolher seus presentes entre grifes conceituadas. Os modelos escolhidos foram ambos da marca Versace: o solar com espelhamento dourado e o óculos de grau confeccionado com exclusividade pela Luxxor com lentes free form personalizadas.

Monique Mendes
entrevista especial




Adorei esta entrevista.  Estou ansiosa para ver o ensaio de Ieda e de Vivian feitos pela GSHOW. Espero que mudem o fotógrafo, pois o que fez as fotos da Ninfeta deslumbrada deve ter sido o mesmo que fez o medonho Paparazzo de Adélia (BBB16). Depois mostro e comento... É uma piada!

4 comentários:

Anônimo disse...

Bom dia Eva
Adorei saber as News de Ieda..Feliz pelo sucesso dela.
Também estou ansiosa para ver as fotos das duas no gshow!
Eu vi as fotos de Emilly.
Não transmitem a suavidade e bondade das fadas e muito menos a beleza das princesas.
O que mais me impressionou, foi o seu olhar! Eu diria que naquele olhar existe algo de maligno, de verdade!
Como li um comentário, ficaram bem como lobo em pele de cordeiro...
Esse ar de inocente que ela insiste em querer passar, depois de tudo que vimos e continuamos vendo, realmente so acredita quem é cego.

V&A

Eva/RN ZCMC disse...

V&A

Com sua licença, pedindo agora hehehehhe, publiquei seu comentário na postagem sobre a ninfeta. Abração!

Anônimo disse...

Ieda, mesmo com 71 anos, é uma mulher muito bonita. E possui um espírito muito jovem. É um exemplo de vitalidade e auto-estima, que deveria ser seguido por todos, independente de serem idosos ou mais jovens. Vida longa à Ieda Woberto!!!

Anônimo disse...

Ana Paula - Ba

Que mulher admirável é Ieda!!!! Que eu consiga chegar a sua idade com metade de sua beleza e vitalidade!!! Maravilhosa!!!!