18 de maio de 2017

Emilly se envolve em mais uma confusão em Kiosque do Barra Shopping!



Quase todos os dias explode uma confusão protagonizada pela presunçosa, brega e vulgar Emilly. Essa família de oportunistas, não tem jeito. São micos sucedendo micos, nunca vi uma mesma pessoa passar tanta vergonha (se é que sabe o que seja isso), aprontar tanto e ser tão ridicularizada nas redes sociais. 
Quando penso que ela esgotou todo o estoque de micos, de baixarias e de atitudes deselegantes, eis que vejo a gritaria nas redes sociais sobre o mais novo embuste da caipira sem classe. 

“EX-BBB EMILLY DEVOLVE RELÓGIOS QUE GANHOU EM TROCA DE POSTAGEM, APÓS CONFUSÃO COM A MARCA”. Eis a manchete desabonadora que estava agitando a mídia. 

A Campeã do "BBB 17", Emilly se envolveu numa nova polêmica nesta terça-feira. A gaúcha esteve num quiosque de relógios de um shopping da Barra da Tijuca com o pai, Volnei, e, segundo a franquia, teria "recebido" dois relógios de presente em troca de uma postagem no Instagram. O responsável pela marca, um produto licenciado do jogador Ronaldinho Gaúcho, tirou uma foto da ex-BBB no estabelecimento e compartilhou a imagem no Instagram com a autorização da própria. Até aí, tudo bem. 
Só que, segundo a loja, uma senhora, que se identificou como advogada de Emilly, entrou em contato com a marca, logo depois, pedindo que o post fosse retirado do ar. A loja apagou o post do Instagram e fez um texto na mesma rede social explicando toda a confusão. Na mensagem, a marca afirma que entrou em contato com a gêmea, mas não teve nenhum retorno. 
"Foram dados dois relógios à senhora em questão e a própria autorizou a postagem, mediante recebimento dos relógios. "(...) Após algumas horas, apareceu uma outra senhora se dizendo advogada dela sob ameaças que fosse retirado o post do ar", diz a loja através de uma mensagem publicada na rede social. 
Horas depois, a loja fez um novo post esclarecendo a polêmica. No texto, ela explica que a milionária Emilly se incomodou com a postagem da foto em questão no perfil de uma revendedora da marca em Curitiba, e que, por isso, a gêmea pediu para tirar do ar o post da loja do Rio. 
"(...) Após uma postagem de uma revenda que não é autorizada, chateou a própria, então, a advogada dela esteve de volta ao nosso quiosque, solicitando a retirada do post imediatamente" (...). "Um portador veio até o quiosque e devolveu todos os relógios". 
A marca afirma ainda que não tem mais interesse em fazer parceria com a campeã do "BBB 17" e negou que ela tenha impulsionado as vendas dos relógios. Em contrapartida, no Instagram da marca foram postados muitos comentários desagradáveis e agressivos. 
Parece que tudo que essa moça faz é movido por confusões. A assessoria precisa entrar em ação, é cada notícia vergonhosa!!! Apesar que dizem que já tem assessoria, então nesse caso vai além disso, "caráter duvidoso". O pior que parece que tudo de desastroso que faz, tem o aval do pai. 
Há poucos dias a tresloucada campeã fez a maior confusão a bordo do avião em que viajava para Porto Alegre. Foi um vexame, bem recheado de micos e baixarias.
Quantas mentiras! Que vergonha! Quem vai querer associar sua marca a uma pessoa desse nível? Será que a embusteira acha que a fama instantânea de ex-BBB é eterna? Aproveita esse dinheiro para comprar uma casa, abrir um negócio, deixa essa ideia megalômana de que é cantora e atriz, vai estudar e trabalhar, coisinha insignificante sem auto-crítica . 
E o espertalhão pai dela, papagaio de pirata! Não desgruda da filha, doido por holofotes! Que ranço, heim! É o pai, é a irmã gêmea parasita, é toda a família trabalhada no capricho para tentar se promover na mídia (menos a irmã mais velha, por motivos óbvios). 
É exatamente isso, pena acharem que essa "fama" dura a vida toda! Que ledo engano! Não me dá prazer ver o colapso de ninguém. Mas, eles próprios estão promovendo os meios para que isso aconteça, completamente embriagados com a equivocada ilusão de que se tornaram magnatas. Ora, a deslumbrada Emilly ganhou apenas 1 milhão e meio de reais. Não chega a ser uma grande fortuna, embora que, bem administrada e aplicada, daria para garantir o seu futuro. Todavia, a caipirona de Eldourado na incontida ânsia de fazer parte do mundo dos milionários, logo que meteu a mão na grana, alugou um flat luxuoso, em um hotel classe alta na Barra, ao preço de 11 mil reais por mês. Além disso, está bancando o folgado pai, a irmã gêmea parasita, além da irmã Karina, o sobrinho e, quiçá o cunhado (residentes em Eldourado do Sul). 
Considerando que, desde sua saída do BBB, há mais de um mês, a campeã não tem faturado nem um vintém com presenças VIPs, não poderia ter feito a sujeirada que fez com a marca dos relógios.  Daqui por diante, ficará mais difícil ainda receber novas oportunidades.
Com a imagem emporcalhada, detestada, mal falada e envolvida no maior escândalo já ocorrido em todas as edições do BBB, envolvendo a polícia e o MP, não causa espanto que a fulana não tenha recebido convites remunerados nem para distribuir panfletos nos semáforos! Quanto tempo levará para ela estar no Superpop chorando as pitangas, voltando às origens, pobretona  e caindo na real? Isto veremos! 
O deslumbramento com o prêmio, com a fama ilusória, faz com ela se sinta uma super star e que gaste inconsequentemente o dinheiro, ostentando um status social irreal, ao invés de investi-lo! 
Quem nasceu brega, será brega até morrer...  Vai vendo a estamparia do vestido dela na foto. Isto com um estilista contratado para orientar sua elegância de senhorita do granfinérrima! Hehehehehe... como me diverte o insucesso dessa pilantra, seus deliciosos micos...
A vida é a melhor mestra! A Lei do retorno age implacavelmente, fazendo que todos colham o que plantaram. 

Nenhum comentário: