10 de abril de 2017

BBB17 ou Casa dos Horrores?



Hoje, tivemos Marinalva no programa de Ana Maria Braga. Indagada pela apresentadora, como se sentia na casa em relação ao comportamento agressivo do sociopata descompensado, ela respondeu se sentir com muito medo. Na discussão que teve com ele na cozinha, Mari disse que ficou olhando para as facas, temendo que ele pegasse uma e a ferisse. Ieda ficou tão amedrontada que teve problemas com a pressão arterial, passou mal e precisou ser medicada. Todas estão amedrontadas, sem saberem em qual momento o louco vai ter uma crise de violência.

Gente, estou sem ânimo para escrever meus rabiscos. Só estou continuando em consideração aos brasileiros (especialmente os que estão em outros países) que visitam o blog. Ontem, foram mais de 20 mil acessos.

Para compensar, transcrevo o artigo de Chico Barney. Vale a pena ser lido.
Chico Barney
Especial para o UOL

"Reality shows costumam ser palco para a fina arte do confronto. Mas a postura de Marcos na discussão com Emilly no último domingo (9) ultrapassa o limite que a Globo e o público deveriam considerar aceitável. Infelizmente não foi o caso.
Situações como essa desvalorizam ainda mais um programa que vem perdendo prestígio e receita. Teria sido melhor para a imagem de todo mundo - inclusive do próprio Marcos - se ele tivesse saído logo depois daquele agressivo rompante.
Foi perceptível o constrangimento de Tiago Leifert durante todo o episódio de ontem. Tanto que o discurso de eliminação da Marinalva foi meramente protocolar. A sensação é que o apresentador não sabe mais o que dizer para quem continua lá. A popularidade dos participantes é muito discrepante.
Isso graças a uma torcida que vê Emilly sofrendo com as conduções coercitivas de Marcos dia após dia, mas prefere mantê-lo na casa - aparentemente por acreditar na ladainha da força do jogo de casal. Mas a que custo?
Todo esse descalabro deixa claro que o atual modelo de votação faz cada vez menos sentido. Algo mais parecido com o finado "Superstar", com um aplicativo permitindo apenas um voto por pessoa, parece ser a melhor alternativa. Perde-se o volume dos “paredões históricos”, mas temos maiores chances de ver resultados que reflitam a real vontade da audiência.
Digo isso na esperança de que os 77% que garantiram a permanência do cirurgião plástico tenham vindo de uma minoria razoavelmente perturbada. Mas não seria a primeira vez que eu me equivocaria ao tentar entender a mente humana.
Marcos é quem está confinado, mas parece que é a emissora e a audiência que sofrem da Síndrome de Estocolmo.
Hoje deveríamos ter a tradicional cotação pós-paredão, mas não me pareceu certo seguir com a brincadeira depois de todas aquelas cenas lamentáveis. É impressionante como foi difícil se divertir com essa temporada - ou as coisas estavam mornas demais, ou terrivelmente descompensadas. Em busca de um maior equilíbrio, voltamos a qualquer momento com novas informações.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL


6 comentários:

Anônimo disse...

Pedro, Daniel, Ilmar e Marinalva foram quatro pessoas dignas que foram eliminadas injustamente em paredões com os membros daquele casal de crápulas por causa do fanatismo de torcidas medíocres, fortalecido pela produção super tendenciosa e indigna daquele programa. Os quatros tiveram seus vacilos como jogadores, deixaram-se levar por opiniões equivocadas que os fez derrapar algumas vezes no jogo. Porém deixaram exemplos a serem seguidos para os telespectadores desse programa (ao contrário daquele casal asqueroso, que só mostra exemplos de tudo que um ser humano não deve ser na vida). A vitória de Vivian, ou mesmo de Ieda, serviria para vingar a eliminação desses 4 guerreiros, para dar um BASTA à altura para o casal infame e sua torcida fanática. Por isso devemos honrá-los e nos esforçarmos para garantir a vitória de uma das duas únicas pessoas que sobraram naquela casa que possuem alguma dignidade para levar aquele prêmio: VIVIAN e IEDA.

Anonimo disse...

Quem vai ganhar essa bagaça é exatamente quem a rede Globo planejou ganhar mesmo antes de começar o programa:Vivian.

Anônimo disse...

Só para lembrar! Não foi o Marcos que disse que a polícia veio prender o mamão? Acho que o jogo virou não é mexxxxxmo? Kkkkkk chupa buninho!
Relembrar é viver! Quem lembra na primeira entrada do Yuri e ele segurou a namorada pelo braço dentro do quarto do líder e a voz entrou na mesma hora alertando sobre o fato de agressão e ele saiu com o rabo entre as pernas, anos mais tarde, pós sua entrada no bbb pela segunda vez, quando saiu dá casa se envolveu em um escândalo com a namorada , bailarina do Faustão, onde a mesma levou um soco na cara... O que a globo fez? Despediu a bailarina! Chupa buninho!

Dayselúcide disse...

A gente grita e chama a atençao, então uma delegada enfrenta o caso e a patota da Emily diz que tudo isso são os cinco minutos de fama da delegada. Essas moças perderam a noção.J.N. diz que vão aguardar ...Espero que a atitude hoje seja expulsão do Marcos.

Anônimo disse...

Expulso merecidamente!! Não torço pra Emilly mas agressões não são aceitas em nenhum lugar nem pessoa nenhuma. Vai Vivian!!

Anônimo disse...

Finalmente pudemos hoje parabenizar a Globo na expulsão do médico louco. Sempre assisti o BBB, até sorria de algumas briguinhas, e maluquices infantis que aconteciam naquela casa. Mas sinceramente quando comecei a observar atitudes desse medico , cheguei a imaginar numa agressão bem mais séria do que as que assistimos . No entanto nunca imaginei que estivesse acontecendo descaso da produção da Globo , e hoje pude confirmar e aplaudir a saída do descompensado , Parabéns Rede Globo.