[Valid Atom 1.0] [Valid RSS] Rabiscos de Eva: O Climão pós-paredão! Que situação!

15 de março de 2017

O Climão pós-paredão! Que situação!



Poucos minutos após a eliminação de Roberta, Marcos e Emilly protagonizaram uma discussão violenta no quarto negro. Ela reclamou que Marcos não foi o primeiro a abraçá-la após o paredão e a comemorar sua permanência.  Marcos se mostrou impaciente e irritado com a peguete (Claro, ele estava contando com a eliminação dela). 
"Meu Deus do céu, eu fui te parabenizar. Mas tinha mais gente querendo falar contigo e eu dei o abraço depois. Pelo amor, você tem que parar de brigar. Você não é Deus, Emilly. Eu já cheguei ao ponto de colocar os dedos no ouvido para não ouvir você falando, não aguento mais. Faz força pelo menos para nós passarmos um dia sem discutir, você consegue?" Vai vendo, como ele joga nela a culpa de todas as tretas, como se ele não as provocasse, na maioria das vezes. 
"Eu tenho 40 anos, eu engulo meus sapos, por que tu não engoles?" O cara educadinho, refinado, todo cheio das boas maneiras, perdeu as estribeiras com a chatérrima periguete e, irritadíssimo subiu no salto aos gritos. 
Gritava ele por um lado, gritava ela por outro, Emilly reclamando que o Doc não sabe ouvir nem dar a ela a atenção devida. "Tu hoje nem olhou para minha cara direito", disse a insuportável e infantiloide peguete. Imediatamente ela foi interrompida pelo cirurgião. "Pelo amor de Deus, hoje de tarde eu tomei banho correndo, mal passei xampu, só porque eu sabia que você estava esperando. Só que daí havia outras pessoas pelo caminho quando eu sai para a área externa, por isso não fui falar contigo direto. Emilly, cada um de nós tem sua vida, para com isso", continuou ele, gritando. 
Marcooos, nós somos namorados... Ou não somos? Ele respondeu: Não, não somos. Que delicadinho! Um amor de pessoa!
O cirurgião ficou tão irritado que sugeriu o fim do relacionamento. "Se a gente vir que não vai dar, vamos ser amigos. Não está rolando mais ficar assim". 
A brigalhada foi suspensa porque o chamaram da despensa, para pegar os comes e bebes para a comemoração pós-paredão. Deixou tudo na área externa, em seguida disse que iria para o quarto para descançar. Emilly ficou com os demais. Logo mais, quando forem dormir, certamente ela vai puxar outra treta, porque ele não ficou com ela comemorando sua volta. 
O curioso foi ele dizer para ela que dinheiro não era tudo, que ele não estava no BBB pelo prêmio, que gastou mais de 150 mil reais em terapia com um psicanalista para se tornar uma pessoa melhor, que busca no BBB a oportunidade de mostrar às pessoas que mudou, que não é mais aquela pessoa desagradável que era. É isso o que é importante para ele. “Você sabe quanto eu ganho numa cirurgia?” "Não quero saber, cortou ela". “Nem iria lhe dizer!" Então falou que dinheiro é coisa nojenta, que não mudou, depois que passou a ganhar muito, continuou vestindo e calçando com muita simplicidade. Aí, repetiu o blá, blá, blá que já havia dito à Ieda, que o prêmio deveria ser dela, que é a que mais precisa , etc, etc, etc! 
Nossa, cansada deste Marcos. O cara está perturbando Emilly mais da conta, até no momento de comemoração da permanência dela na casa. 
Antes de começar o paredão, Marcou mandou a Emily trocar de vestido. Póóóóóde? 
Eu não engulo mais o Marcos nem as humilhações a que ele submete a Ninfeta. Se fosse comigo, eu mandaria esse machista ir plantar batatas! 
Palhaçada! Um homem de quase 40 anos se comportando como um adolescente imaturo e babaca. Por que não termina logo com a garota, se não a está mais suportando? O Doc. Parece ter ficado mais decepcionado com a volta de Emilly deste paredão, do que ficou por ocasião do paredão falso, quando encontrou a garota no lado mexicano. O cabrão está de saco cheio com ela, consciente da burrada que fez ficando com a garota que tem quase a metade da idade dele e na qual não vê nenhuma qualidade, que não seja “beijar bem, transar bem, ser inteligente e bonita!”. Que coisa sórdida! Que baixaria! Nojento demais! 
O que mais falta acontecer com esses dois? Não é possível tantas brigas banais, nas quais ele sempre a humilha, faz questão de rebaixá-la e fazê-la se sentir culpada e a que sempre erra em tudo que diz e faz. Ele é o perfeito, o exemplar, o que sempre tem razão. Ora bolas, se a peguete é tão desqualificada, é tão egoísta, mentirosa, manipuladora e maldosa, então largue-a de vez. Fica com Emilly somente porque ela é boa de cama? Francamente! É muita mesquinharia! Não gosto dessa garota, mas não posso deixar de lastimar que ela suporte tanta humilhação. A vantagem que ela leva é que está cada vez subindo mais nas torcidas, enquanto ele cai vertiginosamente na preferência do seu público. 
O cara não está conseguindo disfarçar a decepção com a volta dela pela terceira vez. Desde a festa do sábado, ele se esforça para desestabilizá-la, com as tretas sem noção, incomodando a casa. Moral da história: a casa vai deixar de votar nele e começar a votar nele. O climão que ele aprontou na festinha pós-paredão, não agradou a ninguém.
Está emburrado, dormindo no quarto negro. Mamão aconselhou-a a não dormir com ele esta noite, deu conselhos muito certos à Emilly. Inclusive, dizendo que vai conversar com ele, mostrando o quanto ele está sendo infantil. 
Que edição decepcionante! Que pessoas sem carisma, sem glamour! 
Postar um comentário