27 de outubro de 2016

Munik Nunes caindo na real!


Munik, vencedora do "BBB 16", posa para o Paparazzo (Foto: Anderson Barros / Paparazzo
Aos 19 anos, Munik Nunes viu sua vida mudar. Ela entrou em janeiro no "Big Brother Brasil" e três meses depois saiu de lá com R$ 1,5 milhão na conta. A morena, que morava em Goiânia, se mudou para o Rio. A conta bancária ganhou números que ela nem sabia que existia, e junto com o dinheiro e a fama, teve que aprender a lidar com fãs, haters e a imprensas.
Em entrevista nos bastidores do Paparazzo- o ensaio vai ao ar nesta sexta-feira, 7, Munik abriu o verbo e admitiu que nem tudo saiu do jeito que esperava. Ela pensa em voltar para sua cidade natal e diz que se a tão sonhada carreira de atriz não der certo vai continuar como digital influencer - só no Instagram, a ex-BBB tem três milhões de seguidores.

EGO: Muita coisa mudou desde que você saiu de Goiânia e ganhou o 'BBB 16'...
Munik: Mudou tudo! Tinha um pensamento diferente do que vejo hoje, que sei o que é um pouco da fama. Achava que tudo era uma maravilha, que todas as pessoas eram legais, que podia confiar em todo mundo. E não é isso. Mudei muito. Trato todo mundo bem, mas sempre com o pé atrás. Hoje são poucas as pessoas em quem confio. Se vou fazer alguma coisa, penso duas ou três vezes. Antes, batia no peito e fazia.
A ex-BBB Munik sobre a fama: "Achava que tudo
era uma maravilha. E não é isso"
Em algum momento acha que a fama subiu à sua cabeça?
Surtei com os fãs. Eles falam muito o que eu tenho que fazer e deixar de fazer. Não posso culpá-los, eles não sabem a realidade. Por exemplo: se tenho um 'publipost' para fazer, eles pedem para eu imitar blogueiras, dizem como tenho que postar fotos, o efeito que tenho que colocar... Conheço meus contratantes e sei o que querem, o que vai dar certo. Os fãs não sabem disso. Eles não entendem que sou um ser humano, que posso errar. Se eu falar alguma coisa tem que ser aquilo sempre, não posso me arrepender, e não é bem assim. Imaginava que as pessoas iriam ficar ligadas em mim só dentro da casa, mas fora também ficam. Aprendi a ser mais discreta.
"Meus fãs não entendem que sou um ser humano, que posso errar", desabafa Munik Nunes
Passado o turbilhão pós-'BBB', a vida está seguindo do jeito que você sonhava?
Queria trabalhar muito, achei que choveriam presenças e não está sendo assim. A vida está me jogando mais para o lado da internet, com essa coisa de post publicitário. Imaginava mais, não está sendo como eu gostaria.
Está feliz?
Às vezes sim, às vezes não.
Pensa em deixar o Rio?
Só estou aqui ainda porque estou estudando, senão já teria ido morar em outra cidade, talvez até voltado para Goiânia. Tem todo esse trabalho na internet e estou abrindo uma loja, assinando duas marcas. Também vão vir novidades na área de cosméticos no ano que vem. Então qualquer cidade onde eu morar posso continuar fazendo essas coisas.
Então vai desistir da carreira de atriz?
Não desisti, mas não sei até onde vou com isso. Se o lado empresarial me der mais dinheiro do que o de atriz, vou para esse lado. Ainda tenho contrato com a Globo e não sei se vão renovar. Se não der certo lá, tento em outra emissora. Se não der certo como atriz, aí não sei o que fazer. Não sei se volto pra Goiânia, se vou para São Paulo, estou esperando uma luz no fim do túnel até o fim do ano. Minha mãe diz que estou desistindo muito rápido, mas tenho 20 anos, não estou tão novinha para não saber o que quero da minha vida. Sei que vou decepcionar muita gente se desistir de ser atriz, e isso pesa muito para mim. Não fiz teste porque não me sinto segura e não quis me queimar. Mas até o fim do ano vamos ver. Não quero desistir antes de tentar".
Munik e Cacau Fofolete tinham a ilusão de que se tornariam atrizes, que fariam um grande sucesso. Acredito que já caíram na real. Já se foi o tempo em que ex-bbbs faziam um sucesso estupendo. Hoje, os holofotes da fama se apagam antes de seis meses após o término da atração.

13 de outubro de 2016

Negra, linda, estilosa e cheia de charme: a Miss Brasil 2016


A belíssima Raissa Santana é a Miss Brasil 2016! A representante do Paraná foi coroada em 1º de outubro, no Citibank Hall, em São Paulo, pela gaúcha Marthina Brandt, MB 2015.
Apesar do título ir para o ranking o Paraná, os baianos podem comemorar muito, já que Raissa nasceu na Bahia e se mudou para o Paraná quando criança.

E depois da vitória de uma loira, voltamos a ter uma Miss Brasil negra, finalmente! E Raissa é apenas a segunda negra coroada Miss Brasil Universo em todos os tempos! A primeira (e única até então) foi bela e estilosíssima Deise Nunes, em 1986; há exatos 30 anos. Vale salientar que a terceira colocada ni concurso é também negra e linda!
Esta foi a primeira edição do MB 100% sob o comando da Be Emotion, linha de produtos de beleza da Polishop. Tirando o fato da premiação da Miss Be Emotion (no lugar da tradicional Miss Simpatia) praticamente tudo continuou como antes, em termos de organização; inclusive as constantes alterações nas datas dos estaduais. Uma pena.
Claro que pequenas evoluções aconteceram, como a coroação em traje de gala; um pedido antigo dos fãs do mundo miss, mas é pouco para esses mesmos fãs que almejam ver novamente uma brasileira com a coroa de Miss Universo. 

É digno de nota que o fato de pela primeira vez termos tido seis candidatas negras em um concurso Miss Brasil. Este é um fato para ser comemorado, pois sintomatiza uma mudança de atitude super louvável por parte das moças negras brasileiras. Espero que elas continuem participando e destacando-se nesse tipo de evento. Vale observar a beleza dessas seis jovens afrodescendentes.

Miss Rio Grande do Norte. Segunda colocada

As três finalistas. A terceira colocada, Miss Maranhão, também é negra e linda! 
Raissa Santana agora começa uma intensa reparação, justamente, para o Miss Universo, que acontece em 30 de janeiro de 2017.
A Miss Brasil 2016 ganhou além da coroa e da vaga no Miss Universo, uma viagem com acompanhante para a Itália, onde irá conhecer a matriz da Gama Italy (fabricante dos produtos Be Emotion) na cidade de Bologna; ganhou também um conjunto de jóias da Vivara e 1 carro Kia Picanto 0 km. E para finalizar, um contrato com a Polishop no valor de R$ 100 mil.
A segunda colocada foi a Miss Rio Grande do Norte e a terceira foi a Miss Maranhão.As duas ganharam uma viagem com acompanhante para Cartagena das Índias (Colômbia) e um conjunto de jóias da Vivara.

Vencedora: (Paraná) Raissa Santana
2º lugar: (Rio Grande do Norte) Danielle Marion
3º lugar: (Maranhão) Deise D’anne