24 de agosto de 2016

Bye Bye Bial!



O que parecia ser mero boato confirmou-se como lamentável verdade: Pedro Bial, o apresentador do Big Brother Brasil vai deixar o comando do reality show na Globo, após 14 anos à frente da atração. Quem entra no seu lugar é o insosso, nada carismático e principiante em programa desse tipo, o apresentador Tiago Leifert, ótimo para atuar no The Voice Brasil, jamais para substituir Bial no BBB17. 
Bial deve ganhar um talk-show na casa, ainda sem novo definido, no mesmo horário que atualmente é exibido o programa de Jô Soares. A troca de bastão ocorre em janeiro, quando o BBB chega à sua 17.ª edição. Não acredito que Bial faça um programa tão leve e interessante como Jô Soares. É outra troca sem cabimento.

A notícia da substituição de Pedro Bial por Tiago Leifert à frente do "BBB" caiu como uma bomba nas redes sociais. A novidade frustrante está movimentando a web. 
Foi só a notícia vir à tona para os perfis do “comandante da nave-mãe” em redes sociais serem tomadas pela hashtag “Fica Bial”.
Grande parte dos internautas usou apenas “#FicaBial” para se manifestar contra a mudança na timeline do apresentador no Instagram. Outros, resolveram usar o espaço para um desabafo maior. Diversas fotos publicadas na rede social foram usadas como painel para a campanha. O mesmo aconteceu no Twitter
“Qual a graça do BBB sem você? Você quem inaugurou o programa!!!”, afirmou um. “Bom dia Pedro! Triste, você é relevante no BBB. Sem palavras”, apontou outro. “Deixa Tiaguinho no ‘The Voice’”, comentou mais um.
“O programa que eu mais gosto na TV. Aguardo todo ano para me jogar e acompanhar tudo o que rola no BBB. E sem você jamais será a mesma coisa! Fica!!! Precisamos de você!!! Desiste desse talk, e fica com a gente que nunca te abandonamos”, disparou outro, se referindo a uma atração que Bial deve comandar no horário que hoje é ocupado na grade pelo "Programa do Jô".
Tiago Leifert é um ótimo repórter, provou ser um apresentador incrível. Mas o Bial é a cara do Big Brother.

Leandro Batista, comentarista desse blog, escreveu um excelente comentário sobre a saída de Bial... Tomei a liberdade de transcrevê-lo abaixo:
Quando o Big Brother Brasil estreou em 2002, era um fenomeno no mundo todo. As regras variavam em cada lugar. Cheguei a ver a edicao Australiana antes do BB pisar em solo tupiniquim. Hoje, quase nenhum pais exibe mais o Big Brother. Aqui estamos na decima setima edicao. Grande parte da longevidade do BBB se deve a um homem: Pedro Bial. Bial moldou o Big Brother Brasil a sua maneira. Sua narrativa é unica. Ninguem será capaz de dar o mesmo tom e cor que Pedro Bial deu nesses 14 anos a frente do BBB. Ninguem será capaz de fazer seus discursos de eliminacao. Ninguem será capaz de fazer a ponte entre o interior da casa e os telespectadores que estão nas salas de suas casas. Ninguem chegará perto da genialidade de fazer um discurso como o anuncio da vitoria de Marcelo Dourado na decima edicao.
O BBB resistiu a tantas mudancas. Vimos o quarto do lider ser jogado de um lado ao outro. As invencoes bizarras de Boninho. O quarto branco. O ridiculo Big Mother. O boraculo. A expulsao de uma virtual campeã. A horrivel sexta edicao. Vitoria de Clanessas, participante pedofilo e um possivel caso de estupro. O BBB resistiu a tudo isso. Mas acho que não resistirá a maior perda de todas: Pedro Bial

Nenhum comentário: