8 de maio de 2016

Salve Jorge e Laura!



Que programa supimposo, meu deos!! O Power Couple Brasil da última terça-feira, dia 3/5, foi um estardalhaço de show tranqueira, com direito a tudo: “bomba, tiro e porrada! 
Que delícinha de desentendimentos, de suculentas fofocalhadas, de primorosas baixarias e de gritarias fodásticas de machos alfas indignados e mulheres com TPM aguda! A fina flor do trast! Delicinha! 
A edição foi insuperável, do jeitinho que o diabo gosta! Um festival de deboche no mais refinado estilo Chacrinha, recheiado do ranço de Simony, a rainha do recalque e da grossura enfezada! Bacaninha demais! 
                         
Bom, bom, bom, vamos ao nó da questão: a prova que incendiou os ânimos! 
Na supimposa e hilariante prova dos casais, as esposas, sentadas em uma espécie de balanço suspenso em boa altura, iam descendo de nível se o marido perdesse. Quem as faziam descer era o vencedor da prova. As que chegassem ao chão, estavam eliminadas. Elas tinham que decidir quem seus maridos iriam enfrentar em desafios pauleiras, como comer pimentas malaguetas, virar pesadíssimos pneus e resistir durante sete minutos com o braço enfiado em uma balde de gelo. 
Esta tarefa mexeu fulminantemente com os egos e emoções dos casais, provocando atritos, discussões e desavenças entre ele, resultando em uma irreversível divisão entre o casal vencedor e o resto da casa, toda ela composta de perdedores. Vai vendo só que belezinha! Que gostosura! 


Com a vitória do casal kamikaze Laura e Jorge, contemplados com um prêmio de 20 mil reais, o clima, que já era quase insustentável, claro que explodiu de vez, tornando a já deteriorada convivência entre as duplas ainda mais difícil. 
A confusão se deu devido a forma hostil e persecutória como os casais maltrataram Jorge, impondo-lhe as piores tarefas, como comer cinco vezes pimenta, ou seja: um total de 10 pimentas enormes e super ardidas. O cara só não ganhou a prova em que ficou com a pimenta engasgada e quase passa mal. Quanto mais o desafiavam e maltratavam, mais o endiabrado se sacodia e partia para a luta! 
O fato é que ele ganhou todas as provas, derrubando todos os que o desafiaram e empatou duas vezes a prova do gelo. 
A primeira prova foi comédia pura, quase me mata de rir. Foi a do pneu. Teriam que levantar e empurrar aquela enormidade de um só impulso. Pois bem: o endiabrado Jorge empurrou o dele lindamente, enquanto Conrado, seu desafiante, estabacou-se com as pernocas e o fundilho para o ar, enquanto metia a testa no pneu. Plat, ploft! Que delicinha de cena! O cabrão escorregou antes e ploft! Pratzap!. Não se dando por satisfeito, voltou a desafiar seu desafeto Jorge para outra rodada e... Pimba! Estabacou-se de cara no pneu de novo! Só se ouviu o calo na testa cantando um belo cocoricó! 
Quem não viu o programa na terça, poderá ver a reprise no sábado à tarde. 
O chatildo Conrado, metido a fodão, só de dá mal nas provas. No programa anterior ele quase infartou pelo esforço! Palminhas para esse palhação! 
Mario Velozo amarelou na hora de encarar a pimenta, recusou-se a comer o petisco e perdeu, aumentando as suas chances de ser eliminado, com realmente foi, merecidamente. Esse cara estava no programa errado, muito frufrouzinho! Ficaria melhor em A Fazenda! 
Mas, vamos ao grande bafão da noite de provas: Jorge enlouquecido de euforia por ter ganho a prova e um prêmio de 20 mil reais para a sua já rica conta, pirou de vez e começou a pular eletricamente, mostrando os dedos do meio de ambas as mãos, de forma tão agitada que eu nem percebi o gesto obsceno. Mas, para os que estavam furibundos com mais uma vitória retumbante do endiabrado rival, aquela era a oportunidade para caírem de pau em cima do competidor imbatível. 
Gian, com aquela cara de sonso songa monga resolveu delirar dizendo que o gesto teria sido dirigido a sua dileta esposa, fazendo um discurso acusatório, dando uma de machão na defesa da casta esposa supostamente aviltada. Era o que Túlio valentão queria para subir no salto, engrossar a voz e partir para a ameaça e o discurso moralista para cima do endiabrado, que negava ter feito o gesto para a esposa de Gian. 
De fato, ele não o fez para ela, mas para todos num momento de total desequilíbrio gerado pela raiva reprimida da sacanagem que haviam feito para derrubá-lo, fazendo-o comer 10 pimentas, por pura maldade. Não concordo com ele, mas compreendo sua reação! 
Claro que Jorge passou do ponto. Mostrar o dedo e xingar é ir além dos limites. Mas, o cabra nem sabe o que significa limites! 
O fato é que ninguém havia falado nada, nem a insuportável megera Simony, até que Gian falasse alguma coisa da pura cara metade desonrada. Aí desabou aquele espetaculoso festival de maravilhosas valentias e de desgastados discursinhos politicamente corretos, além de uma enxurrada de frases ruminadas sem noção, típicas de gente que delira tipo Dilminha presidentA. Só faltou falarem em Golpe da oposição! Vi a hora chamarem a Lava Jato para as providências! 
A seguir, os machões alfas da casa decidiram que o casal kamikaze deveria ser marginalizado, isolado de todo, sem uma palavra de ninguém. Claro que as mulheres boazinhas e obedientes aceitaram as ordens dos seus senhores... Ai, que gente mais ridícula! Ai, meus calos! 
Agora sério: esse programa é um verdadeiro show de machismo. Os homens decidem tudo, são os que dão as ordens, e as mulheres parecem que não contam como voz e voto, são as servas submissas. Só falta vestirem uma burca! Essa hegemonia do sexo forte ficou mais evidente, quando Túlio reuniu todos os homens em um quarto para decidirem sobre a forma como procederiam em relação ao casal  kamikaze a partir daquele momento. Isto sem a presença ou as opiniões das mulheres, que ficaram juntas em outro quarto, como se fossem zeros à esquerda. Até a furibundante Simony submeteu-se a esta aberração, toda mansinha e meiguinha! 
Quando saíram da reunião de cúpula, os machões deram as ordens: guerra ao casal kamikaze! As mulheres disseram amém! Belezinha, né mesmo? Bacaninha demais! 
Laura e Jorge podem até encher a paciência de todos na convivência. Certo. Mas, ao sair da casa, Mario Velozo disse que “aguentar Simony por 10 dias já tinha sido uma grande prova de resistência”. Logo, eles não são os únicos indigestos. Suportar a arrogante e autoritária Gretchen não deve ser fácil. Aguentar a fumaça toxica que emana dessa mulher atacada de TPM crônica, é para poucos. 
Aqui para nós, Tulio dando uma de grande articulador, declarando cheio de empáfia: agora é guerra! 
Claro que o casal kamikaze comporta-se de forma exagerada não somente nas provas, como no convívio do confinamento. Os dois são anárquicos de raiz, parecem desconhecer qualquer regra de bom comportamento social. Tem mesmo uma postura mal educada, inconveniente, e deixam todos pouco confortáveis com algumas situações de exibicionismo despudorado (inclusive o bikine fio dental de Laura deixa as mulheres de roendo de despeito). Todavia, ali não tem nenhuma menininha e menininho inocentes, quase todos e todas já posaram para revistas eróticas, masculinas e femininas, uma delas já fez filmes pornôs.. 
Portanto, o moralismo que povoa a casa é simplesmente hipócrita, ridículo e babaca. 
A atitude do Jorge foi inconveniente, sim. Mas, não foi dirigida intencionalmente a nenhuma das mulheres… Foi apenas uma típica ação intempestiva, resultante da própria situação de estresse, nervosismo e muita adrenalina competitiva, em que claramente ele estava a ponto de perder tudo,  sendo salvo nos derradeiros minutos da competição. Pode até não haver justificativa para a atitude insana dele. Contudo, temos que compreender que não foi fácil para ele encarar uma disputa  na qual ele foi atacado de forma ostensiva, com crueldade. Ninguém se colocou em seu lugar em relação ao desafio da pimenta. Foi sadismo puro, vingança rasteira e infantilóide. Mesmo a prova do gelo ele teve que a repetir seguidamente. 
Quanto ao isolamento do casal, isso advém do receio feroz de que ele e Laura venham a ser os vencedores. Daí ter se tornado o alvo da tirania e da perseguição dos demais que o querem fora.
Prefiro mil Jorges e mil Lauras do que uma Simony recalcada, um Tulio pau mandado e uma Gretchen com aquela cara de bunda remendada. Jorge e Laura estão levando esse programa nas costas, eles dão o toque de comicidade às provas, são os protagonistas da bagaça. Salve Jorge e Laura!

Nenhum comentário: