4 de abril de 2016

Ronan, um negão muito especial, um negão de tirar o chapéu!



Acredito, sinceramente, que Ronan saiu da casa de coração leve, deixando para trás os maus momentos ali vividos, levando consigo apenas o que cabia em seu coração amoroso, em sua alma boa e em seus afetos mais caros: o que viveu com Ana Paula, com Geralda e, principalmente com Munik, seu amor impossível. A menina por quem se encantou, sua rosa guardada em uma redoma. 

                                       
A efusiva, emocionante e tão amorosa despedida dele e Munik disse tudo sobre seus mais puros sentimentos pela coleguinha linda. Foi um momento de troca emocionada de afeto sincero. Aquele tango que dançou... Ah! As metáforas de Ronan! Bial que sabe ver com os olhos do coração, ficou encantado com a cena!
                                         
Já com a Fofolete, ele foi reservado e formal. Ronan, mais que ninguém, sabe quem é a Fofolete, conheceu a fundo sua falsidade e dissimulação. Só se deixou enganar pelo seu teatrinho hipócrita na primeira semana na casa. Mesmo assim, teve grandeza de alma e generosidade para não a abandonar, depois que ela ficou sozinha na casa, obrigada a encarar a mágoa das pessoas a quem ela ofendeu e menoscabou: Geralda e Munik, movida por uma ciumeira medonha de Geralda com Matheus e uma excruciante inveja da beleza, leveza e graciosidade de Pequi. Pobre Fofolete, acalenta o sonho de posar nua para alguma revista masculina! Pasmem! Só se for posar para uma matéria sobre as gordas de Brottero!

Tenho pena das pessoas que levaram toda a edição denegrindo a honra, a imagem e a dignidade desse rapaz, infinitamente superior a todas elas, com calúnias pesadas, difamações descabidas e injúrias criminosas. Maliciaram até a amizade e a paquera dele com Munik, interpretando suas investidas como assédio, tara e coisas pires. Cambada de gente asquerosa! 
Não consigo compreender que sanha é esta contra uma pessoa que nenhum mal fez a estas pessoas, que sequer a conhecem, sem pararem para pensar no mal que estão causando, de forma tão leviana, maldosa e perversa... 
Antes de dar a notícia da eliminação aos confinados, Pedro Bial dirigiu palavras pejadas de carinho, respeito e admiração por ele: "Rapaz, eu fui com a sua cara de cara. Fiquei encantado. Aí, de repente, você me confundiu. Acho que caí numa peça que você prega em muita gente. Até em você mesmo. Ronan é a metáfora do Ronan". 


O apresentador continua: "Munik, agora escuta: Gastei todo esse latim só para tentar adiar o inadiável, evitar o inevitável. Essa minha cruel missão de separar dois amigos. Munik e Ronan podem se despedir. Que o BBB ajude você a inventar uma vida plena e cheia de imaginação. Vem para cá, Ronan!” 

Pois é, lá se foi o menino de ouro, enchendo de tristeza seus torcedores... Ronan, negro, gordo, feioso, um cara que vai contra tudo o que a moda quer, Um cara que quebrou todos os tabus do BBB e fez deste reality algo muito especial. 
Ele foi o cara que começou o autêntico “jogo Big Brother” e não a desgastada novelinha de BBB. 
Ele é o cara que, além de inteligentíssimo, culto e íntegro, tem um irresistível carisma e, com a super carismática Ana Paula, será sempre lembrado na história do BBB. 
Por tudo isto, ele merecia ter sido o campeão, não por ser um negro, mas, por ser um negão muito especial, um negão de tirar o chapéu! 
Quem perdeu com a sua saída foi o programa e o burróide diretorzinho jericocim, porque sua vitória faria deste BBB16 um marco na história do programa, que não seria esquecido pela mídia. 
Sim, porque ele é originalíssimo, único, personalíssimo e representa milhões de brasileiros, que estão, como ele, lutando por um lugar ao sol, buscando superar as dificuldades e as situações adversas que a vida propõe aos pobres a cada dia. 

Fora da casa, Ronan foi entrevistado e falou coisas bem interessantes. Uma delas foi a respeito do seu retraimento depois da primeira semana. Ele está no mutirão a favor de Munik, desde que saiu da casa.
 Leia a matéria completa sobre essa entrevista em http://oglobo.globo.com/cultura/revista-da-tv/

Nenhum comentário: