30 de março de 2016

Entre bolinhas vermelha e aviõezinhos de mentirinha...



A grande sorte da Fofolete chatilda e a má sorte de Geralda nas provas parecem ter passado. A caipirosca do agreste foi com muita sede ao pote e precipitou-se, não esperando a voz de comando de Bial para começar a prova. Soltou seu aviãozinho antes do tempo previsto e deu-se mal, fazendo cinco pontos negativos (-5). Enquanto isto Geralda fez 20 pontos, acertando em cheio o aviãozinho de pontuação mais alta. 
Ela ganhou, nesta terça-feira, a terceira etapa da prova do líder e agora soma um ponto na disputa, assim como Munik e Ronan. Somente a Fofolete deslumbrada não tem pontuação até agora. A amostrada master da edição é a única que não ganhou a camiseta destinada aos ganhadores de cada etapa. Se perder a prova de amanhã, decerto será indicada ao paredão por qualquer um dos três Geronik que a ganhe. Como a prova será um quiz, com perguntas sobre o BBB16, ela tem as mesmas chances que terão os demais. Todavia, ela não tem tido sorte nesse tipo de prova, por não se concentrar, como aconteceu na prova de ontem. A liderança será decidida na próxima quinta-feira (amanhã). 
A terceira etapa da prova do líder, realizada em um cenário primoroso, foi de tiro ao alvo. Os participantes tinham que mirar um avião na direção de nuvens, em movimento, cada uma delas com pontuação diferente. Eles tinham duas rodadas para poderem acertar o alvo. Venceu quem fez a maior pontuação. Geralda acertou a nuvem que valia 20 pontos, Ronan e Munik não fizeram ponto algum e Maria Claudia fez - 5. 
Desta vez, a Cacaulete dispensou o script de sua personagem choroninha, fragilzinha e infelizinha, poupando-nos de mais um fajutérrimo espetáculo lacrimal de bebezinha contrariadinha. Não tem mais plateia dentro da casa, não tem mais a macharada para dar abracinhos e fazer mimos na menininha atacada de sofrência, não tem mais Adélinha e Julianinha para enxugar as lágrimas crocodilesca da farsantezinha de araque... então, para quem fazer seu showzinho circense? 
Na prova dos coelhinhos ela ainda ensaiou seu momento menininha lacrimosa, mas o fez apenas para as câmeras. 
Pois é, a ardilosa atrizinha nunca pensou que ficaria sozinha na casa com as três pessoas as quais ela mais decepcionou ou criou casos. 
Munik ficou na mira da coisinha sem noção durante muito tempo, alvo da inveja e das ciumeiras infundadas da tipinha chichiliquenta, que dava escândalos homéricos quando via Matheus dando atenção à goianense ou dançando com ela. A proposital e estudada atitude de sofrência da espertalhona Cacaulete poderia ter queimado o filme da estudante. 
Em relação à Geralda ela foi podraça, pois cobriu a senhorinha de impropérios porque esta não comprou a cenazinha fake que a coisinha aprontou, se fazendo mais bêbada do que realmente estava, deitada no chão do banheiro, esperneando e mostrando os fundilhos. Geralda não é otária, logo percebeu a ceninha idiota, deu-lhe um raspanete e, como não se levantou, deixou-a lá. 
Indignada com a esperteza da mineira, a garota fez cara de Chuck e, pelas costas de Geralda, soltou os cachorros, perdeu a linha e partiu para os insultos, chamando-a de FDP, de falsa, de nojenta, enquanto Munik tentava evitar que ela voltasse para a festa dizendo palavrões e desaforos com a idosa. Geralda ficou sabendo apenas que teria sido chamada de falsa. Imagine-se se tem sabido que também foi chamada de filha da p...!
Na verdade, a coisinha roliça sentia ciúmes da amizade entre Matheus e Geralda. 
Com Ronan ela foi abaixo da crítica. Antes de Matheus chegar, vivia grudada no curitibano, dava corda nele, se fazia de meiguinha, de interessada nas cantadinhas dele. Alan dava a maior força a um possível namoro entre os dois, chegando a dizer que seria interessante um casal interacial no BBB16. 
Bastou entrar Matheus na casa, a menininha inocentinha e meiguinha pulou no pescoço do novato, grudou nele como um carrapato e deu um chega para lá em Ronan. Daí por diante, ela só o decepcionou: voltou-lhe as costas na querela dos covardões da macholândia contra ele, com seu voto, o meteu no paredão contra Daniel com uma pífia justificativa, além de ter tentado fazer negócio com a liderança que disputava com Tamiel e Renan, propondo indicar Ronan em troca da liderança. 
Agora está colhendo o que plantou. Se está numa casa com pessoas que não gostam dela, com toda razão para isto, que dê graças a Deus ter um Ronan generoso, de alma boa e compadecida disposto a manter uma convivência amistosa com ela. Geralda e Munik até estão sendo bem tolerantes com a coisinha fingida que ainda tentou tirar satisfações com Munik sobre algo que não gostou. Claro que levou uma tunda! 
E, se não estão sempre arreganhando os dentes para ela é que devem mesmo sentir náuseas com o perene fingimento e artificialidade da artistinha caipira, por não acreditarem nela e por saberem com quem estão lidando. 
Será que ela merece um tratamento diferente? Lembro quando ela ficava no quarto do líder debochando e traçando mirabolantes estratégias com o boyzinho chifrudinho para ferrarem os três que agora estão com ela. Sabendo do tamanho do buraco que ela mesma cavou para se enterrar, a menininha coitadinha fica querendo se vitimizar para Ronan, toda cheia de mimimi, de abracinhos, de palavrinhas docinhas e de coitadismos. Só que não cola, porque ele não é otário e já conhece as manhas da sonsa, especialmente em vésperas de paredão. 

Genteeee, que castigo mais aloprado mandaram para o quarteto que reclamava do tédio da casa! Que missão da peste os bonitinhos ganharam! Aliás, uma missão que está movimentando a casa desde a terça-feira, entrando pela noite de intensa trabalheira. Adorei ver a turma sem coragem nem para dizerem as costumeiras asneiras, sem ficar na dormideira e na vida boa. 
Eles foram expulsos do quarto roxo e só poderão voltar após acabarem de fazer toda a tarefa, parte da decoração da próxima festa. 
“Está vendo! Reclama que não tem nada para fazer, dona Geralda. Reclama que está com tédio”, brincou Munik. 
Veja abaixo a mensagem completa: 

“Vocês acabam de ser expulsos do Quarto Roxo. Para recuperar o direito de dormir dentro de casa, vocês deverão cumprir uma tarefa. Produzir acessórios para a próxima festa do BBB. Até lá, vocês só podem entrar na casa para preparar os alimentos e usar o banheiro. Atenção: todos os alimentos deverão ser consumidos do lado de fora e vocês só poderão dormir no acampamento”. 
Ao chegarem fora da casa, eles encontraram barracas e colchões no meio do gramado, acharam as instruções e deram início à tarefa. 
“Aqui estão todos os acessórios necessários para que vocês comecem as tarefas das bolas. Vocês deverão montar tiras com 100 bolas, até que elas terminem. Sigam o modelo e mãos à obra. Mas atenção: caprichem, pois elas irão decorar a próxima festa do BBB e garantir o sucesso total”. 
Ao ouvir Maria Claudia dizer que a tarefa demandará muito trabalho, Geralda não perdeu a chance de alfinetar: 
“Você quer ir na festa amanhã, filha? Então vai ter que trabalhar”. 
É, Fofolete, aproveite para fazer o que você sabe melhor: Chore, chore muito que dói menos!

Nenhum comentário: