[Valid Atom 1.0] [Valid RSS] Rabiscos de Eva: Os cães ladram, e a caravana passa!...

7 de fevereiro de 2016

Os cães ladram, e a caravana passa!...



Quanto mais eu observo as falsidades, hipocrisias, perfídias e maledicências da maioria dos participantes, mais eu volto a gostar de Ronan, mais ele recupera o espaço que quase perdeu na minha simpatia. Ainda bem que enxerguei o erro e a injustiça em que estava incorrendo. 
Numa das minhas postagens anteriores, eu escrevi que há vilões bem piores que ele, com uma avantajada capacidade demolidora e perversa que faz do estudante de filosofia um mero aprendiz.
O “crime hediondo” do qual foi acusado Ronan, julgado e condenado sem ter tido o benefício da dúvida, aconteceu na primeira semana do programa e não prejudicou a nenhuma pessoa da casa. Ronan errou? Claro que errou, foi bocudo, manipulou... Mas, não praticou crime de injúria, de calúnia e de difamação, não feriu a dignidade de ninguém, tampouco atacou a moral de seja lá quem fosse, como fez Ana Paula contra Laércio, impiedosamente. Se tivesse sido Ronan, decerto teriam pedido a sua cabeça numa bandeja, estaria sendo execrado e rotulado com os mais insultuosos e pérfidos epítetos, sendo alvo de ruidosas campanhas nas redes sociais para que fosse defenestrado. 
Infelizmente, no Brasil, a imagem do negro jamais estará relacionada a um estudante de Filosofia, que fala inglês, que é muito inteligente, sabe se expressar muito bem, sem fazer uso de palavrões, que aprecia a boa leitura, é bem resolvido e descomplexado. Onde já se viu um negro parecendo um branco! Que absurdo! Negro tem que ser mesmo é ladrão, criminoso, analfabeto, mal-educado e burro... Ronan se destaca... E, como disse Alberto Cauboi, prego que se destaca, leva martelada. 
A partir da confusão armada na fatídica primeira semana, criaram, para Ronan, uma imagem de vilão, manipulador, desonesto, falso, mentiroso e “a pior pessoa do mundo”. 
A difamação do rapaz negro não está sendo feita apenas na praga maldita das redes sociais, pelas pessoas de “coração bão” do sofá e das ruas. Não. O mais cruel é verificar que dentro da própria casa do BBB16 ele é visto como personificação de satanás pelos que se julgar superiores a ele, mas que, no fundo sombrio de suas almas, escondem o preconceito demolidor que não aceita um negro com as características de Ronan, antes enumeradas. 
E está difícil mudar essa imagem injusta e perversa que atribuíram ao rapaz. O fato dele não ter rodado a baiana, não ter partido para o confronto com os que o acusaram de manipulador, jogador sujo, traíra, mentiroso, mau caráter, para se defender, como o aconselhou Ana Paula, insistindo para que jogasse toda a m.... no ventilador, gritasse que não fez tudo sozinho e tal. Ele recusou-se a entrar em discussão! Optou por silenciar acerta do que realmente aconteceu naquele quarto de líder... 
Quem viu pelo PPV sabe que no quarteto ninguém é inocente, uns sabiam mais, outros menos. Mas, todos sabiam que Ronan iria tentar defender os dois líderes não imunizados, ameaçados de serem indicados pela casa. 
Agora está difícil reverter o mal. Ele está ferrado! Mesmo não fazendo nada contra ninguém, seus inimigos e inimigas não lhe dão trégua: Juliana, Adélia, Daniel, Renan, Matheus e até a sua grande ex-amiga Maria Cláudia insistem em tratá-lo como se fosse o próprio cruz-credo!
Juliana em conversa com Daniel disse: "Como Ronan é chato, encrenqueiro, provocador". Meu São Benedito, onde esse rapaz é encrenqueiro? Quem esse rapaz provoca? Ele está quase invisível, pouco fala, sempre na dele. E esses três (Daniel, Juliana e Adélia) continuam pegando no pé do cara, não perdendo a oportunidade de falarem mal dele e, também, de Ana Paula (por o está apoiando), pondo veneno, inventando toda sorte de maldades! Precisam justificar a indicação e/ou voto que vão dar nele hoje... Ó meu Pai? Ó desfile asqueroso da vileza humana! Ó dó! Ó miséria!
Isolado pela casa desde o episódio que culminou com a formação do Primeiro Paredão do BBB16, Ronan não está tendo prestígio entre os outros confinados. Taxado de "vigia do Confessionário" por Geralda e atacado como 'falso demais' e outras coisas, o estudante de Filosofia é defendido por seus amigos fora da casa mais vigiada do Brasil. 

"Em entrevista ao Gshow, a amiga do brother Núbia Coletto fala desse isolamento e critica os outros confinados da casa: "Estão sendo injustos com o Ronan, chegam a ser hipócritas sempre apontando o Ronan como pivô de tudo, sem olharem para si mesmos. Precisam ser menos maquiavélicos. É como se o foco se voltasse sempre para o Ronan, quando as atitudes dos outros têm sido piores e mais cruéis", defende.
Núbia vai além, apontando reclamando de um brother: "O Daniel se sente ameaçado no jogo, pois o Ronan é inteligente e forte. O Ronan não errou em momento algum na casa", explica.
Outra amiga do brother, Roberta Silva aponta os motivos que levam a casa a reclamar do paranaense: "O Ronan foi o primeiro participante a colocar as cartas na mesa, dar a sua intenção de jogar abertamente. Alguns participantes viram nisso a abertura para poder jogar também, com a desculpa de que suas ações são apenas respostas para as atitudes do Ronan".
Tanto para Roberta quanto para Núbia, as atitudes de Ronan têm sido mal julgadas entre os outros participantes do reality: "O que vem acontecendo nos entristece. Qualquer coisa que o Ronan faça, por pequena que seja, ganha uma gravidade imensa e é vista como maldade", diz Roberta. "O Daniel está contaminado por uma visão negativa do Ronan. Se ele joga dizendo que meu amigo os enganou, é porque não tem medo realmente", encerra Núbia".
Até que ponto a amizade que Ana Paula parece ter com Ronan é verdadeira? Até que ponto não passa de uma forma de afrontar Daniel, Adélia, e Juliana? Não acredito nessa cambada de víboras. Não consigo simpatizar com Ana Paula. Todavia, quero que ela tenha vida longa na casa, que só saia depois das najas venenosas.
Até Maria Cláudia, que parecia sentir um carinho especial por Ronan, foi incapaz de ter uma relação mais humana com ele, especialmente depois que tornou-se a ficante deslumbrada do boyzinho Matheus. Hoje, pela manhã, ocorreu uma conversa entre os dois, na qual ele se mostrou muito magoado com ela. O curitibano criticou-a por causa da sua brincadeira preconceituosa quanto a seu cabelo afro. A youtuber pediu desculpas, mas ele não quis conversar com ela. Apenas acrescentou que não esperava dela tal tipo de atitude. Ele ainda criticou o fato dela não ter ido conversar com ele após as confusões da primeira semana na casa.
Fiquei de coração apertado por sentir o quanto ele estava magoado e ensimesmado. Maria Claudia é outra que a cada dia mais cai no meu conceito. Metida com as serpentes no quarto da liderança, ela tem protagonizado gestos lastimáveis, inclusive caçoando de Munik junto com Adélia, Mateus e Juliana. A menina virou um fantoche nas mãos dessas najas. Um pouco mais e ficará igualzinha a elas. Vai entrar pelo cano! 
Enquanto as najas (dentre as quais se inclui a Catifunda fofoqueira) soltam veneno para prejudicar Ronan, ele se revela um cara solidário e prestativo. Na semana em que ficou no "Tá com nada" esmerou-se na criação de receitas gostosas, feitas com arroz, para os colegas de fome. Ele mesmo ficava na cozinha cozinhando. Da mesma forma, mostra-se companheiro com os três que estão com o monstro, levantando-se, à noite, todas as vezes que soa o sinal para que saiam para o jardim. Fica lá, até terminarem de tocar. Mesmo sendo Daniel e Tamiel membro da bandinha. Onde fica a maldade desse moço? É justo o que estão fazendo contra ele?
Parem para uma longa reflexão, os que se julgam destituídos de preconceitos, e decidam se a animosidade que nutrem contra Ronan não tem suas raízes bem fincadas no pantanoso terreno do preconceito contra negros. O Brasil não é um país de brancos. A população negra e parda é bem maior que a branca e asiática. Portanto... o preconceito racial é ridículo, pois a cor da pele não define o caráter de ninguém.
Postar um comentário