[Valid Atom 1.0] [Valid RSS] Rabiscos de Eva: Festa fodástica, escândalos bafônicos!

28 de fevereiro de 2016

Festa fodástica, escândalos bafônicos!


Gente, foi tanta gente em rota de colisão na festa MMA que farei um resumo dos conflitos, quase simultâneos que pipocaram na pista de dança e dentro da casa.
Sem narrar pela ordem da acontecência, eu começo com o mais quente e inusitado barraco: Geralda, indignada, soltando todos os cachorros contra Maria Cláudia. Tamiel e Adélia, como dois náufragos desesperados lambendo as patinhas da bebum Fofoleteante mendigando o anjo. Maria Cláudia, como sempre, enchendo a pança adiposa de manguaça e batendo o próprio recorde de chatice, inconveniência, ciumeiras infantiloides, fazendo variadas, lastimáveis e ridículas ceninhas de teatrinho mambembe. Renan resolveu se chegar para Ana Paula para uma pretensa conversinha amistosa e tomou um baita toco da loura avessa a hipocrisia e falsidade. Adélia encheu a cara botocada de álcool e passou a noite futricando, levando e trazendo, tecendo intrigas e, com isto, provocando a explosão de raiva de Geralda contra os horrores que Maria Cláudia disse com ela, pelas costas, claro! Depois, a medonha advogada vomitou entre duas das camas do quarto, empestiando o ambiente. Maria Cláudia molhou de propósito o microfone, jogando água no corpo e, com isso, irritou a produção que encerrou , no ato, a festa. Ao perceber que acabou a cerveja (ou o chopp), Munik, bêbada como um gambá, começou a estrilar com a produção, berrando por mais bebida, revoltada com o encerramento da farra, recusando-se a deixar a área externa. Claro que a Fofolete fez coro com ela, como fez várias cenas de bundalêê na pista, juntas com a advogada bebaça. Renan e Tamiel se fizeram de mui amigos de Ronan para embebedarem o rapaz, enchendo o copo do mesmo e o estimulando a beber todas... Muito degradante tal atitude, pela maldade nela embutida. Acabou a água, Munik e a Fofolete se meteram no quarto dos líderes, ficaram só de calcinhas e soutien, meteram-se na banheira, fazendo a maior algazarra. Tamiel e Renan super solícitos com as duas bêbadas, oferecendo as almofadas e o sofá para que elas ficassem com eles. Tamiel não poderiam perder a oportunidade de continuar a mendigar o anjo da Fofolete. Que nojoooooo! Que festão de arromba!
Genteee, o que foi Maria Claudia, histérica, bêbada de fazer vergonha até ao diabo, desacatando Geralda, aos gritos de gralha desafinada, chamando-a de “velha nojenta”, “f.... da p...” “falsa” e outros impropérios chulos. A máscara da menininha fofinha, meiguinha que ama todos na casa, espatifou-se na pista de dança. O desbocamento foi tão grande que precisou Adélia e Munik taparem a boca da hipocritazinha furibundante, para que Geralda não ouvisse os desaforos e partisse para cima da lourinha sonsa e santinha de pau oco. 
Tamiel, um homem de 40 anos, mostrando quão podre ele pode ser, aproveitando a bebedeira de uma menina de 19 anos para arrancar dela uma promessa de voto, meteu-se no quarto amarelo, supostamente para apoiar a desaforada da noite, e aproveitou para fazer uma proposta nojenta para a bebum chichiliquenta: "Eu indico dona Geralda e você vota no Ronan". (Plissada, Cho-ca-da, genteee!) . E falam de Ana Paula!...
A sorte é que a Fofolete, no momento com o nível etílico mais baixo que sua dor de cotovelo com a indiferença do pré-ficante, revirou os olhinhos matreiros, deu um olhar de exorcista para o cagão e disse: “Sim, eu sou muito esperta”. Que mico, hein professor? Poderia não ter passado por mais esta! 
Tamiel e Adélia chegaram no nível máximo da desfaçatez, da falta de escrúpulos e da baixeza, na corrida esganada pelo Anjo. Os dois ficaram na festa para isso mesmo, nunca vi Tamiel dançar tanto, ser tão simpático com todos, até com Ronan, Pasmem! Integridade moral passou por longe!
 Até Renan estava na maior atividade, provocando a Ana Paula, talvez na esperança de fazê-la explodir, bater nele e ser expulsa... Atacaram em todas as frentes, só não esperavam as reações dos seus alvos. 
Três momentos dignos de nota marcaram a noitada, dois envolvendo Geralda, o terceiro protagonizado pelos inimigos íntimos Renan e Ana Paula. 
Os dois incidentes com Geralda, um teve conotação negativa, execrável em todos os sentidos: os ataques verbais da Fofolete bebum contra a matriarca da casa, provocando a furibundante revolta da meesma. O outro, super positivo e surpreendente, foi vivido com Ronan embriagado pela dupla que o ama de paixão, Tamiel e Renan (para que embriagaram o rapaz? Para desestruturá-lo e melhor destruí-lo?). Coisa mais feia! Dois homens se prestando a esse papel de medricas, no maior cagaço, sem atinarem como formar um paredão com decência! 
 A cena com Renan passando a lábia para a Loura capeta, querendo ficar "de boa" com ela numa festa em que ela estava quase bêbada, assinalou um dos momentos Master Card da festa, pelo mico que o lindo pagou e pelo toco que levou.. Cara de pau...
A treta com Geralda e Fofolete deslumbrada radicou no fato dela ter sido surpreendida por Geralda, na cama com Ronan, com aquelas pieguices fofoletiantes, fazendo a meiguinha, a queridinha com o rapaz bêbado. Geralda não gostou da cena e, temendo tretas para cima do curitibano, tratou de impedir que a bebezinha inocentinha continuasse a esfregar-se no rapaz, tentando beijá-lo na boca, querendo fazer subir a auto estima arrasada pelo trato frio do coitado Matheus.
Com muito custo, conseguiu que ela largasse Ronan e saísse do quarto. Em seguida, Maria Cláudia foi até o banheiro e Munik ficou no aguardo. Geralda chega ao cômodo e Munik pergunta: "Colocou o Ronan para dormir?". A goiana diz que é para elas voltarem para a festa e a aposentada quer saber quem jogou bebida no microfone. "Não fui eu. É desperdício", garante Munik. "Isso é ridículo", dispara Geralda (foi a fofolete sem noção quem fez esse estrago).
Maria Claudia sai do banheiro e se joga no chão (depois dirá que escorregou para se fazer de vítima). Geralda tenta fazê-la se levantar e voltar para a festa. A Fofolete faz birrinha de bebezinha , recusando-se a levantar. Geralda perde a paciência e diz: "Dorme lá fora. Quer aparecer? Dorme lá fora. Você é muito aparecida". Munik insiste, vãmente, em chamar a Fofolete para retornar à área externa. "Deixa ela aqui para mostrar a imagem dela", pede Geralda. 
Maria Claudia se levanta e xinga a aposentada. "Ela é falsa, Munik". "Deixa. O Brasil está vendo", avisa Munik, mostrando as garrinhas. 
De volta à festa, Maria Cláudia deu continuidade ao seu showzinho de desrespeito e baixaria contra Geralda, quem sabe imitando Ana Paula nos ataques ao barbicha, crente que estaria agradando ao público e, quem sabe, também ganharia um paredão fake!? Vale tudo por uma ceninha na edição! Pena que seja destituída de carisma, charme e glamour!
Geralda sabendo de tudo pela fofoqueira Adélia entrou em estado de erupção vulcânica! Queria partir para um arranca rabo com a Fofolete bêbada (ou se fazendo de bêbada, nela quase tudo é teatrinho para a edição), sendo impedida pela mesma podrura que a incitou na ira: Adélia malvadeza.
Geralda prometeu que pegaria Maria Cláudia no dia seguinte para lhe dizer umas boas verdades. Aguardemos! 
O segundo momento com Geralda foi ela cuidando de Ronan, tirando-o da festa, livrando-o do assédio maldoso da dupla Renan/Tamiel, levando-o até a cozinha para beber água e, a seguir, obrigando-o a deitar na cama para dormir. Foi muito bonita a atitude zelosa de Geralda com o curitibano. Ela ficou junto, sentda à beira da sua cama, falando palavras amigas, enquanto ele chorava, tentando controlar as lágrimas, dizendo que "quem é da rua não chora, na rua quem chora é fraco, eu não sou fraco, não posso ser fraco". 
Geralda o atalha, dizendo: você não está mais na rua. “Tudo é rua", respondeu o curitibano. 
Geralda emocionou-se para valer. Começou a fazer carinho no rosto dele, pediu que deitasse a cabeça em seu colo e começou a cantar música de ninar para Ronan dormir... Que cena bonita, gente! Ronan chorando e Geralda consolando... Cena linda! Cena humana, de uma tremenda humanidade, só possível em pessoas que sabem que sentimento não tem raça nem cor!
Nunca imaginaria ver Geralda emocionada, desnudando seu lado mãezona, derretida de ternura pelo ex-menino de rua, endurecido pela adversidade que encarou desde cedo, que talvez nunca tenha tido na vida um colo de mãe para aconchegar-se. O coração imenso de Geralda explodiu de emoção sincera, diante do pranto e das palavras de Ronan. Aplaudo de pé seu belo gesto! 
Diante do comentário de Ana Paula louvando a atitude dela, Geralda disse: "Eu queria que as pessoas enxergassem que, por trás da minha carapaça, existe uma pessoa sensível". Gostei demais dessa Geralda que se mostrou nesta bafônica festa. Não tem como não gostar dela. Na minha semana, que começa hoje, Tamiel é demitido do banquinho reserva e Geralda ocupa seu lugar, ainda mais por ter desmascarado a Fofolete insuportável. No time oficial, continuam Ana Paula, Ronan e Munik. 
Outro momento inesquecível foi a tentativa do líder que não manda nada, Renan, de ter conversinha amiga com Ana Paula. Que mico! Mico com potencialidades de Gorila! Só levou um monumental toco, dado com muita gozação e aquele estilo Ana Paula! Vai vendo uns pedaços da conversa: Renan: “Você só mostrou pra mim que não quer conversar comigo".
Ana: "Não quero, você não me interessa. Porque você tem que ficar perto de mim? Quer me beijar? Tá querendo que eu te bata? Querido, tente outra vez. Me leva pra banheira de espuma. Hehehehehehehe 
Ana: conversar comigo pra que?
Ele (Renan) não gosta de mim. Isso Ana! Rimuito com essa cena homérica! Ela sensualizava, se roçava nele, fazendo a maior gozação com o bunitin...

Ana estava de boa, curtindo a festa e Renan catando treta... Renan, se fazendo de meiguinho, chamando Ana de Aninha. "Aninha o seu rabo, pra voce é Ana Paula". Tomou, frangotinho? Primeira mulher do BBB16 que não implorou atenções ao Renan, abusou, e o largou falando sozinho! Agora ele se apaixona!! Se ele realmente queria ficar de boa com ela não chamaria para conversar numa festa né. Ele não a suporta. Hehehehehehe.
Tamiel, assinalou todos os momentos vergonha da festa. Não largava os calcanhares da Fofolete, chegou até a ajeitar os cabelos da deslumbradinha, enquanto Adélia lhe fazia os pés. Num momento em que a chichiliquenta dava pitis no quarto amarelo, ele achegou-se para dizer estas pérolas: você está se preocupando com pouca coisa. Em seguida argumenta que todo mundo quer colocá-lo no Paredão, conta que Geralda já o indicou três vezes. Isto posto, ataca de frente falando que pode indicar a professora aposentada à berlinda, caso a casa vote em Ronan (vai vendo: já trocou Munik por Geralda, jogando oportunistamente com o conflito entre as duas), para que, assim, ele se livre do Paredão. "Estou morrendo de vergonha de falar isso para você, mas estou me defendendo (ou seja: borrando as calças). Eu mando ela, e você vota no Ronan", negocia o Professor aloprado, ignorando totalmente a opinião do parceiro na liderança. Renan, tornado um mero fantoche nesta segunda liderança. Vai vendo a que ponto de baixeza chegou esse cara para escapar do paredão! Vale lembrar que Tamiel procurou Geralda, na festa, e disse-lhe podia ficar tranquila em relação a ele, pois não seria indicada. Geralda foi reticente, não deu trelas para ele. Logo depois, fez a proposta que fez à Fofolete?! É de pasmar! Upa, lêlê... vegonha na cara manda lembranças! (usando a expressãozinha em moda, será que isto é inversão de valores? Hehehehe).

A festa terminou cedo porque Cacau molhou o microfone jogando água nela mesma. Já haviam avisado que se alguém molhasse o aparelho, a festa seria suspensa. Depois de causarem, gritarem na pista de dança por mais bebida e pela continuidade da festa, Munik e Cacau se meteram no quarto do líder, foram para a banheira, fazendo uma algazarra dos demônios. As duas avisaram que iriam tomar banho de calcinha e soutien...E assim fizeram! Que cena triste!  O que faz a cachaça e a vidinha permissiva dessas mocinhas puras e recatadas...
Fofolete fazendo ceninha
Claro que Tamiel estava adorando, pela oportunidade de negociar o anjo com a bebadaça. Que papelão! Os dois deveriam ter levado as duas para o quarto delas. Nunca terem ficado com elas bêbadas. Inclusive, Maria Cláudia meteu-se na cama com os dois... Que cena deplorável! 
Na festa, Renan e Tamiel ficaram na maior paparicagem com Ronan, bebendo com ele, além de maldosamente fazer brincadeirinhas que levavam o curitibano a beber mais que ele. Até que ficou bêbado e foi tirado de perto dos dois por Geralda. Patético!!! 
Ainda estou rindo muito do desespero do Tamiel, e direto ele solta "To armando isso tudo mas não tenho medo de paredão não...”. É ou não é para dar risadas? 
Agora, pela manhã, Maria Cláudia está nas agonias porque sabe que aprontou mais da conta, pisou na bola com Geralda e está toda assanhadinha para tirar satisfações com a mineira porreta! Queria tanto que ela fosse... Ainda vamos ver um barraco piramidal entre essas duas!
O resultado de toda a bagunça festeira é a incerteza de Ana Paula no voto de Geralda, agora querendo votar em Maria Cláudia. Tamiel na cola dessa tonta para convencê-la a salvá-lo do paredão, Geralda com os nervos à flor da pele, correndo o risco de entrar em colisão com a Fofolete mentirosinha e sonsa que está deturpando os fatos de ontem, Basta mais uma fofoquinha de Adélia e a bomba relógio explodirá.
Vai vendo a advogada bêbada, arrastando o bundão no piso.
Gente, é divertido ou não é? Onde já tivemos uma edição dinâmica como esta? Só a décima e a sétima...
Até o supimposo paredão de hoje à noite...
Postar um comentário