26 de abril de 2015

Amores, traição e apenas apelação...



O Big Brother Brasil 3 foi, para mim, um dos mais divertidos e movimentados. Nele estavam os dois jogadores que ficaram na história do programa, como dos melhores e mais hábeis: Jean Massumi e Dhominni.
No BBB3 foram incluídos, pela primeira vez no programa, o Anjo e o Imunizado pelo Anjo, que seriam usados em todas as edições posteriores. O "Anjo" era escolhido através de provas semanais. Ainda não haviam introduzido o “Monstro”.


Durante essa temporada do programa, aconteceu a primeira desistência. O participante Dilson desistiu, devido à decepção que teve com a ex-miss Brasil Joseane, por que estava apaixonado. Sentindo-se rejeitado de forma humilhante pela moça, depois de ter recebido atenções dela, o rapaz ficou deprimido, desgostoso e pediu para sair. Dilson foi substituído por Harry, um cara hilário, irrequieto que passou a integrar o grupo de Massumi.


Logo no começo do programa, Dhomini se encantou pelo charme oriental de Sabrina, mas só conseguiu beijar a moça quase um mês depois.·. 
O fato de o rapaz ter uma namorada do lado de fora do confinamento foi um dos principais motivos para a paulista demorar a se envolver com ele. Vale lembrar, inclusive, que mesmo após Dhomini iniciar seu romance com Sabrina, sua namorada não deixou de o apoiar nos paredões e, inacreditavelmente, até abraçou Sabrina quando ela deixou a casa. O romance dos dois só durou dois meses fora da casa. Ele queria viver na fazenda que havia comprado, ela queria usufruir os holofotes da fama. Nunca achei graça nesse casalsinho tico-tico no fubá.

O BBB4 foi muito ruim. Os dois casais que frequentaram as festinhas subedredônicas não passaram de fudelantes, não havia sentimento, emoção... Nada! Dourado e Juliana se paqueraram até resolverem partir para o sapeca Iaiá. Após a noitada caliente, ele não quis mais nada com ela que, na verdade, foi quem se meteu na cama dele. Dourado tinha uma namorada fora da casa. O outro casal trepante foi Solange e Rogério. Ele era tão romântico que dizia que ela fedia, e mandava-a tomar banho mais demorado com sabonete. Uma lindeza! 

Somente no BBB5 surgiu um casal lindo de se ver: Alan Passos e Grazi Massafera. Eles envolveram-se apenas no último mês do programa, após o mineiro trocar de lado no jogo e se juntar aos "bonzinhos". O casal era discretíssimo, nada de pegações sob o edredom, nada de amassos nas festas. Grazi se respeitava e respeitava a família, tal como Vanessa(BBB1) evitava vulgaridades que viessem a envergonhar especialmente o pai. O romance durou cerca de dois anos fora do confinamento. Eles chegaram até a morar juntos e dividir apartamento no Rio.


· O BBB6 foi tão ruim quanto o BBB4. Mariana, Daniel Saulo e Roberta protagonizaram o primeiro triângulo amoroso - na verdade, o único que chegou a se concretizar de fato - da história do Big Brother Brasil.
· Mariana e Saulo, que se conheciam de vista por causa das carreiras de modelo, se envolveram logo no início da sexta edição do reality, mas Saulo acabou se sentindo atraído por Roberta Brasil, encerrando o incipiente romance com Mariana, para assumir uma ficância caliente com Roberta, com a qual trocou beijos na frente da morena, que assistiu a tudo aos prantos. Daí por diante a chatilda Mariana passou a representar o papel da pobre vítima da traição de Saulo. 
Quem viu Amanda no BBB15 se vitimizando ridiculamente, alegando ter sido rejeitada por Fernando por causa de Aline, pode bem sacar a quem ela estava copiando: Mariana. 
Revoltados com a atitude do rapaz, os espectadores logo eliminaram a ele e a Roberta. Triste com a atitude de Daniel, pouco depois, Mariana teve um romance super insípido com o professor mala sem alça Rafael, e o que era um triângulo virou um quadrado amoroso trevoso, que nada acrescentou ao programa.
Depois que saíram do BBB6, Mariana e Saulo retomaram a relação, ficaram juntos, casaram-se e continuam casados.

21 de abril de 2015

O BBB2, uma edição puro xarope!


O BBB2 foi a única temporada do Big Brother Brasil exibida, no mesmo ano, de 14 de maio a 23 de julho de 2002. O mesmo ano em que já havia sido exibida outra (BBB1). A partir da terceira temporada, o BBB passou a ser anual, sempre de Janeiro a março.
Apresentada por Pedro Bial e dirigida por José Bonifácio Brasil de Oliveira, o Boninho, a edição terminou com a vitória do domador de cavalos Rodrigo Leonel (Rodrigo Caubói). O prêmio foi de meio milhão de reais sem o desconto de impostos.
12 participantes foram selecionados para a segunda versão do programa. Como na primeira versão, serão seis homens e seis mulheres para disputar o prêmio.
Entre os concorrentes, cinco eram paulistas, três cariocas, dois gaúchos e dois pernambucanos.
O casal da edição foi formado por Thyrso e Manoella. Aliás, o casal mais insípido, cansativo e sem graça que se possa imaginar. Ele, um xarope total, tipo Adrilles na insistência em colar em Manu, em forçar a barra, grudento, cheio de mimimi... Manoella era do tipo: nem engata, nem desgruda. Dormiam na mesma cama, mas não dá para saber o que rolava entre os dois. Eram discretos. O fato é que o casal não empolgou. Todavia, ela ficou em segundo lugar, ele em quarto, simplesmente porque o babaquinha pediu líder que o indicasse e livrasse a namorada do paredão. Assim foi e ele foi eliminado.Terminado o programa, ficaram juntos dois anos e separaram-se. 

O campeão, Rodrigo Caubói, tinha uma namorada fora da casa, estava apaixonado por Thais, ela interessadíssima nele, mas não formaram casal dentro da casa, apesar da insistência dela.
Depois do programa, ele terminou a relação com a namorada e assumiu a paixão pela garota apimentada, de 19 anos e cheia de amor para dar. Viveram juntos durante 6 anos.  
Nesta edição havia uma endiabrada e engraçadíssima participante – Tina- que tirou do sério todos os colegas com suas aprontações. Sua especialidade era sair andando pela casa, batendo duas tampas de panelas. Ela e Fernando (hoje paraplégico) eram inimigos figadais... Tina, já indicada para o paredão, resolveu bagunçar as gavetas do rapaz, espalhando pelo quarto suas roupas e pertences. Ele, enfurecido, pegou a mala dela, já pronta arrumada para sua eventual eliminação, e jogou-a na piscina. Que deliciosa briga!!! Que barraco fenomenal! Claro, que ela foi eliminada... Uma pena, eu curtia demais as maluquices de Tina.
Ela foi eliminada na segunda semana, mas teve tempo suficiente para armar o maior barraco da casa. Foi um dos episódios mais marcantes do programa.

17 de abril de 2015

A deusa de ébano do BBB1: Vanessa Pascale!


Os "Rabiscos de Eva" abre um espaço, a partir de hoje, para homenagear as mulheres mais lindas, íntegras, educadas, moralmente bem formadas, encantadoras e glamourosas que participaram do Big Brother Brasil, ao longo dos 15 anos do programa, apaixonaram-se e viveram um romance no reality. Romances do tipo que encantam as pessoas românticas, levantam torcidas e deixam saudades. Alguns tiveram continuidade fora da casa, outros não. Alguns casais se casaram, outros ficaram juntos por algum tempo. O importante é que viveram uma historia de amor e de respeito, dentro e fora da casa. Isto é o que importa, e é isto o que o público aceita, aplaude e gosta de ver. 
A primeira dessas mulheres é Vanessa Melani Pascale Ekpenyong, segunda colocada no BBB1, para tristeza minha que torcia por ela e a queria ver campeã. Perdeu para Bambam...
Sem sombras de dúvidas, Vanessa foi a mais bonita, graciosa e elegante mulher negra que já pôs os os pés na casa mais vigiada do Brasil. Ela fez toda a diferença, não somente por ser uma linda mulher que brilhou com seu astral altíssimo, que roubou todas as cenas, quando se tratava de dançar, com a sua graça, o seu gingado e sensualidade afro, vestida com lindos trajes nigerianos, esbanjavando  elegância e charme. Vanessa era um estardalhaço de esplendorosa negritude. Ela deixava na sombra todo o time feminino. Não foi por acaso que chegou à final.
Até a edição 9 do BBB, Vanessa Pascale (BBB1) foi a única participante negra a chegar perto do prêmio. Ela era bela, fina, inteligente e simpaticíssima. Filha de um diplomata nigeriano com uma brasileira, Vanessa Melani Pascale Ekpenyong foi criada pela avó materna Nilza de Souza Oliveira com o sonho de ser modelo. Desde criança, ensinava as amiguinhas da escola a desfilar, e aos 13 anos foi descoberta pela apresentadora Monique Evans, que precisava de uma modelo negra e resolveu apostar na beleza de Vanessa. Depois, a carreira da modelo foi meteórica. Ela chegou até a dar aulas de manequim para Adriane Galisteu.
Atriz e modelo da agência Elite, Vanessa já participou de vídeoclipes do Shank, Dudu Nobre, Wilson Simoninha e Elvis Crespo. Estampou sua beleza nos comerciais das marcas Bradesco, Baccardi, Sadia e Hipoglos. Vanessa foi a "queridinha" da edição, chegou a ser contratada pela Rede Globo e fazer a novela "Sabor da Paixão". Isso mesmo, Juliana Alves e Grazi Massafera não foram as primeiras a fazerem sucesso na Globo.
Na televisão, Vanessa já fez ponta em duas novelas da Rede Globo, e antes de ingressar no reality show, se formou em interpretação na Escola Cal, em Laranjeiras, no Rio.


Vanessa e Sérgio formaram o primeiro casal de todos os BBBs. Sérgio, um simpático franco-argentino, chegou a ter problemas com sua permanência no Brasil, mas conseguiu permanecer na casa até a última semana. O namoro dos dois era bom de ver, era uma relação bonita, sem amassos exibicionistas, sem ralação dentro da piscina, sem jamais se meterem na mesma cama, mas temperada com muito carinho e paixão, aquecida com turbilhões de beijos de todos os tipos: beijinhos estalados, jogados no ar e muito beijo na boca.

Houve um dia que Bial contabilizou 92 beijos... Era uma delicinha de beijação! Eles eram divertidos, não se faziam promessas de amor eterno, não enganavam o público com mamoricos e amores falsos, hipócritas, visando fortalecerem-se no jogo. Calmos e amorosos um com o outro, eles conquistaram o carinho do público. Aquela era a primeira edição, ainda havia inocência e respeito nos brothers, Boninho e Bial eram mais comedidos ou, pelo menos, menos explícitos na arte de manipular, ainda se podia acreditar neles...
Nesta mesma edição formou-se outro casal, do tipo fudelância sem-vergonhante subedredônica: Kléber Bambam e Xaiene partiram para o sapeca Iaiá. Nem namorados eram. Foi aquele escândalo furibundante! Na mesma semana em que os participantes descobriram a acontecência trepante votaram na loura assanhada e ela vazou lindamente no primeiro paredão do BBB1!
Vanessa ficou em segundo lugar, perdendo para o bobalhão Kleber Bambam que, graças a uma "cenas" patéticas e infantilóides de medonha choradeira, quando descobriu que a produção retirara da casa sua boneca de vassoura e latas, Maria Eugênia. Ai,  meu padrim Ciço do Juazeiro, aquela cena foi demais para meu estômago delicado! Um homemzarrão daquele tamanhão fazendo beicinho e choromingando como um bebezinho, foi patético demaissss!
O público babaca ficou tocado com a palhaçada e caiu de quatro pelo imaturo e tolo Bambam. O racismo enrustido e feroz dos brasileiros preferiu dar o prêmio ao bobo da corte que o entregar a uma mulher incrível, cheia de personalidade, magnífica representante da raça negra. Depois do BBB1, Vanessa prosseguiu modelando, estudando teatro, quase esquecida pela mídia.
 A Globo, como costuma fazer, não investiu em Vanessa, da mesma forma que fez com Íris Stefanelli, com Gyselle Soares (hoje atriz em novelas na França) e com Francine Piaia (apesar no seu notório talento como comediante). No entanto, ela foi a "queridinha" da edição em que participou.
Esta mulher representou com dignidade e respeito a raça negra, tinha orgulho das suas origens, usava um penteado afro, com trancinhas... Um charme! 
15 edições já se passaram sem que um/a negro/a tenha tido a chance de sair vencedor/a de um BBB. Até quando vão selecionar candidatos negros sem condições de competirem com os branquelos? O Brasil tem homens e mulheres negros bonitos, inteligentes, educados, estudiosos, cheios de charme e elegância, em abundância. Só selecionam dois participantes negros porque são obrigados por lei (as tais cotas). Pelo menos um terço do grupo deveria ser de raça negra. Afinal, o Brasil não é um país de brancos, é um país de negros, mulatos ( ou pardos, palavrinha que abomino).
Quando entrou no "BBB", Vanessa Pascale não tinha idéia do que esperar do programa. Modelo na época e recém-formada em Teatro, ela havia sido indicada por sua agência para participar da selação e sequer imaginava que o reality lhe abriria oportunidades como atriz.
"Éramos mais inocentes. Não tínhamos noção de nada, nem do ibope que tinha o programa. Naquela época, tinha acabado de passar 'Casa dos Artistas'. Nós pensávamos: 'quem vai se interessar por nós, um grupo de desconhecidos?'", lembra a atriz que só pensava em faturar os R$ 500 mil para financiar um projeto de teatro.
Ao sair como vice-campeã e com um prêmio modesto de R$ 30 mil, no entanto, Vanessa foi procurada pela autora Ana Maria Moretzsohn, que lhe ofereceu escrever um papel para ela em "Sabor da Paixão", novela que estreava pouco depois do fim do programa.
Ela ainda fez uma participação de "Da cor do Pecado", antes de aceitar uma proposta para mudar de emissora e estrelar "Paixões Proibidas", na Band. Mais tarde, foi contratada pela Record, onde participou de algumas novelas ao mesmo tempo em que participava do grupo de teatro Família Oficina.
Mas foi como apresentadora que Vanessa se encontrou. Sempre identificada como a participante negra mais bem sucedida do "BBB", foi chamada para apresentar o programa "Livros Animados", exibido no canal Futura, de conscientização sobre a cultura negra.
"Era um programa lindo. É muito bom ajudar o meu povo e minha raça a estar consciente de quem somos", analisa Vanessa, que passou a se interessar mais por essa questão desde que entrou no programa.
"Recentemente, me pararam na rua para reclamar que não tinha negros na décima edição. Tem gente que lamenta o fato de um negro nunca ter ganho o programa. Ainda me associam muito ao 'BBB' por essa questão social do negro. Mas temos o bom exemplo da Juliana Alves, que tem feito novela e construiu uma carreira linda na televisão", pondera.
Vanessa está novamente solteira, depois de um casamento de cinco anos. Dez anos depois do programa, ainda havia quem lhe perguntasse sobre Serginho.
"Gostei dele, tivemos uma namoro bonitinho, de porta de colégio, um romance bem adolescente. Serginho foi um grande companheiro lá dentro e tínhamos muito em comum".
Vanessa explica que os problemas que Serginho enfrentou com a Polícia Federal ao sair do programa - ele foi ameaçado de expulsão por estar sem visto - impediram que o relacionamento continuasse.
Segundo Serginho, "o namoro não teve continuidade porque houve falta de comunicação"
.
"Nos encontramos muito pouco depois. Ele estava muito perturbado com os problemas do visto. A vibração dele estava diferente. Não tínhamos tempo de nos encontrar e não queria viver o romance só de mídia. A coisa se perdeu. A convivência gostosa acabou. Não tinha clima para nada", justifica.
Comparando com as edições atuais, Vanessa também lembra os perrengues passados por ela e seus colegas: "Nossa edição era crua. Não tinha academia, máquina de lavar. Era quase um campo de concentração. Tinha gente que deixava a roupa apodrecer no balde. Pedimos muito para conseguir uma bolsinha de maquiagem. Hoje, todo mundo já chega montado. Sabe a hora em que o Bial entra. É diferente. O interessante da nossa edição foi ver como as relações sociais se repetiam lá dentro. Aqui fora, as pessoas brigam por dinheiro e posição. Lá, queriam se matar por causa de ovo e farinha".
Vanessa não pretendia aceitar convites para posar nua para a revista Playboy. Todavia, decerto nem a convidaram: é negra!. O Paparazzo a ignorou, da mesma forma que fez com Solange, com Inês e outras moças e rapazes de raça negra que passaram pelo BBB. Uma vergonha! Vamos ver se vão fazer Paparazzo com Angélica. Ela é antipática, grossa, barraqueira e sem classe e tudo o mais que já sabemos. Mas, é bonita, tem um corpo bem torneado e bem mais sexy que o da indigesta das pernas alicatadas e curtas, a mulher das olheiras despencadas e sem nenhum glamour...


15 de abril de 2015

Francine e Max, o casal delicinha do BBB9, no Paparazzo.


Após seis anos sem se ver, Francine Piaia e Max Porto posam no Paparazzo, para a alegria do Team Maxine e dos que sentiam saudades do casal delicinha. É, já não se fazem casais como o Maxine! Namorinho entre pessoas que se respeitam e respeitam a família e o público é outra coisa, é o que seduz a turma do sofá e as caprichetes que ainda não aderiram ao péssimo gosto pela exploração da sexualidade explícita, despudorada e depravada típicas de putinhas exibicionistas que já perderam a noção dos limites. Limites estes que somente os bons princípios e valores morais ditados pela dignidade do indivíduo, por sua consciência ética e pela formação moral herdada da disciplina e exemplo famíliares. Assim, Francine e Max esbanjaram integridade moral, ao longo dos três meses em que mantiveram um namoro dentro da casa. 
'Esperei muitos anos por isso', disse o ex-BBB sobre o reencontro. Eles namoraram durante o 'BBB 9' e depois moraram juntos por seis meses, ao final dos quais romperam a relação, para tristeza do imenso fã clube que ambos tinham e ainda têm.
Segundo Max, eles pararam de se falar por "desentendimentos normais de um casal". "Não seguia a Fran nas redes sociais, em nada. Até que recentemente voltei a falar com ela no Twitter. As fãs adoraram e nos cobraram esse reencontro". Segundo ele, não via a hora de promover esse reencontro. "Não queria tomar a iniciativa, nem ela. Mas quando aconteceu, foi no momento certo. Esperei muitos anos por isso".


No ensaio que fez para o Paparazzo no ano passado, Fran contou que Max foi o homem por quem mais sofreu após o término do relacionamento. O ensaio de agora com o ex, segundo ela, não tem gosto de revival. "É um presente para as fãs que tanto gostam da gente", explicou a ex-BBB, que fez tatuagens de henna pelo corpo especialmente para o Paparazzo. Os fãs agradecem, Fofurinha! Vamos babar nas fotos.


Durante o ensaio de Francine Piaia e Max Porto - casal formado no "BBB 9" - para o Paparazzo que foi ao ar na sexta-feira, dia10, o papo também foi a décima quinta edição do reality, que chega ao fim nesta terça-feira, 7. Max relembrou o romance que viveu com Fran durante o programa, no passado, e não perdeu a chance de analisar o polêmico triângulo amoroso formado por Aline, Fernando e Amanda no "BBB 15".

LEIA MAIS, clicando na frase abaixo

13 de abril de 2015

Enterremos o defunto!


Gente, este é a última postagem que escrevo sobre os insuportáveis e insignificantes participantes do BBB15 que, desesperados com a iminência de caírem no esquecimento em tempo record, alguns mais sacanas sentindo o peso da rejeição e das críticas aos seus comportamentos podres, estão fazendo de tudo para se pendurarem por mais uns minutinhos sob os holofotes da fama. Aliás, fama até que conquistaram: a de piores pessoas que já passaram pelo famoso reality show da Globo, e passarem a figurar na fétida galeria das nulidades, dos insignificantes, dos experts em trairagem, baixarias e vulgaridades, das biscas barraqueiras e zinhas que topam faraônicas fornicações subedredônicas, dentre outras categorias. 
Dentre os que não valem a pena sequer serem lembrados está o quinteto que resolveu partir para a polêmica e as ameaças de processos entre eles e elas. 
No centro da brigalhada está justamente o pseudo-macho alfa da edição, o fornicador-mor Fernando que rosna feroz contra o trio das divinas damas Tamires, Angélica e Amanda, acusadas de terem declarado, dentro da casa e nas suas costas, que o fudelante herói seria aidético. 
Embora Fernando diga que pretende processar Angélica, alegando que está sofrendo preconceito por causa da declaração de enfermeira durante programa, não acredito que o faça. O que ele está querendo mesmo é se fazer de vítima, chamando a atenção para sua mal falada pessoa e, assim, dar entrevistas, ser notícia e não mergulhar tão rapidamente no obscuro mundo dos esquecidos do BBB.
 Angélica, que também é capaz de vender a alma para estar em evidência, nega a acusação e, também, faz ameaças de processar Aline por tê-la chamado de prostituta. É uma cambada de insignificâncias querendo aparecer na midia a qualquer custo! Uhauhauhauha! Docinhos de carrapicho!
Se Angélica realmente falou esta barbaridade contra Fernando, e Aline fez a pesada acusação contra Angélica, ambos cometeram crimes de difamação e calúnia, passíveis de punição, se as vítimas apresentarem as provas do delito que convençam o juiz. Tais provas seriam os vídeos que mostrariam a Pinah genérica falando para as irmãs cajazeiras (Amanda, Talita e Tamires) tal baixaria caluniosa contra o cobiçado macho pelo qual as quatro roíam os cotovelos mal lavados, e Aline falando para Fernando a injustificável acusação contra a enfermeira, cujo comportamento na casa não deu margens para nenhuma acusação contra a sua conduta moral. Aline pediu desculpas. Angélica deveria fazer a mea-culpa e pedir desculpas a Fernando. Seria bem mais honesto da parte dela que se diz tão autêntica.
Claro que tudo quanto falaram está gravado. Portanto, o caluniado terá as informações necessárias para acionar a Justiça, o que parece ainda não foi feito. As envolvidas no furdunço podem responder por isso. Só que não acredito que o bundão vá fazer coisa nenhuma. 
Angélica, por sua vez, fica alardeando que vai processar Aline, contra a qual nutre uma aflitiva inveja, (beijim no ombro para o recalque passar longe!), com certeza para ficar mais um tempinho na mídia, fazendo coro com o bundão Fernando que diz já ter visto os vídeos, mas já mudou o discurso, dizendo que não vai mais processar Pinah genérica. Esse muda de opinião como muda as cuecas.
Segundo me informaram, Fernando está apelando feio, frustrado por não está conseguindo aceitação, inclusive no seu instagran e no twitter. Em ambos só encontrou críticas pesadas. Ele encerrou a conta no twitter. 
Cala a boca Fernando! Cala a boca Angélica! Cala a boca Amanda e suas amiguinhas fofoqueiras! Nem com soda cáustica essa turma conseguirá lavar a sujidade da passagem delas pelo BBB15. A sacanagem rolou solta, a falta de educação, as injúrias e trairagens sem fim, a falta de respeito foram cenas de envergonhar qualquer pessoa que tenha valores morais a defender. Cala a boca, Angélica! Sua a empáfia e arrogância são de dar asco. Que mulherzinha ridícula, feia, sem classe, sem educação e que carrega nas costas o peso esmagador de toneladas de recalques, de frustrações e de invejas medonhas. Aliás ela e Talita, duas coitadas...
Só voltarei a escrever sobre algum participante do BBB15, se for para dar boas notícias sobre Cézar, Mariza, Marco, Adrilles (apesar dos pesares) e Aline ( embora não ovacione tudo quanto fez na casa) pelo que teve de suportar das recalcadas comandadas pela delirante Amanda e das caricaturas de homens que as acolitavam. 
O BBB15 não foi ruim. Parte das pessoas que entraram no programa é que foram mal escolhidas, mal orientadas e nunca chamadas às rédeas pelo diretor. Que venha, portanto, o BBB16, com Rodrigo Dourado fora da produção e bem longe da direção. Que acabem com aquele ridículo Boráculo, que façam o BigFone exercer a sua função (terrorista), que sejam de resistência todas as provas de liderança, que voltem com a Xepa e a separação da “casa do luxo” da casa dos pobrinhos, que acabem com os 10 mil de prêmio para o líder e gastem esse dinheiro com prêmios menos valiosos para as outras provas. E mais, que a faxina seja feita pelos desocupados, que tenham a obrigação de cuidarem das plantas, limpeza diária da piscina e dos gabinetes sanitários. Festas somente nas sexta-feiras. Na quarta cinema para todos e nada de cineminha e bebidas alcóolicas no quarto do líder. Que volte a imunidade para o líder, já que não funcionou a retirada da mesma, que volte o ofurô e retirem a sauna. A academia deveria ser fora da casa. A banheira no quarto do líder é uma inutilidade e um luxo desnecessário. Pouco foi usada! E, quando a utilizaram, foi aquela seboseira... Não dá nem para mencionar o que teve de falta de higiene com o uso daquela água (um condimínio de fungos, bactérias e outras porcarias). 

Selecionem pessoas como Mariza, Marco, Cézar, Dourado, Max Porto, Massumi, Marcella (Mama), Grazzi, Íris Stefanelli, Francine Piaia, tragam de volta os gays divertidos. Nada de periguetes siliconadas, ninfimaníacas, taradas/os e ex-bbbs véias e desgastadas. Nada de saradões que só pensam em pegação e só abrem a boquinha para dizerem asneiras e conversas sórdidas sobre sexo, pessoas essas que fazem do reality uma “casa encontros sexuais baixo nível”, fora com as lésbicas deslumbradas e amorais, e que sejam mandadas para o limbo do esquecimento eterno as malas despudoradas Fani Pacheco, Natália Casassola, Laisa, Monique Amim, Maroca, Amanda, Talita e outras que só causaram vergonha alheia. E, para finalizar, selecionem melhor o time de negros e negras. Com tantas mulheres e homens afro-descendentes lindas/os, inteligentes, interessantes, estilosos e bem formados, no Rio de Janeiro, Bahia e São Paulo, não dá para entender que selecionem tipos como os selecionados para o BBB15. 

ACABOU-SE O BBB15. ENTERREMOS OS DEFUNTO!

11 de abril de 2015

As mazelas do BBB14 e 15

Cézar, agradecemos sua presença no BBB15.
Adoro ler um excelente texto que diz tudo quanto eu gostaria de ter dito, verdades insofismáveis escritas com a coragem de quem não recua quando se trata de assumir um posicionamento de ordem moral, necessário e pertinente, criticando as mazelas de certas figurinhas fim de feira que nos foram impingidas pela produção do BBB 14 e 15. E diz tudo sem pôr panos quentes, sem papas na língua, do jeitinho que eu gosto e aplaudo quem também gosta e faz.  Assim, tomei a liberdade de transcrever aqui  a postagem escrita por Beth Loka, blogueira do blog Reallytando (http://reallytando.blogspot.com.br). O link está nos meus favoritos, na lateral direita deste blog. Vale a pena seguir este blog. Vale a pena ler as outras postagens de Beth.

ADEUS BBB15... ACABOU... FIM... A FAMILIA BRASILEIRA E A MORAL AGRADECEM.

"Essa foi com certeza uma das piores edições, pela qualidade dos concorrentes... Apenas 4 tinham conteúdo e justamente eles saíram, deixando então a baixaria reinar absoluta. Um dos maiores erros da edição foi permitir a saída de Marco, ali já começou a derrocada... Marisa levou nas costas, até sua saída o programa, senão seria de fato insuportável. 

Vanessa e Clara, as devassas do BBB14.
Não digo a pior edição porque o BBB14 foi horrível também... Uma apologia dispensável ao homossexualismo, como uma credencial para o mundo maravilhoso de Clara, com duas sapatas protagonizando cenas pornô quando se tratava de um entretenimento visto por muitos adolescentes em formação e a emissora, como formadora de opinião, não pode se ausentar da responsabilidade que repassa a esses jovens. Isso não é homofobia, não estou humilhando, maltratando as sapatas, (conheço muitas sapatas que eu gosto e respeito) porque isso sim seria homofobia e que a ignorância dos literalmente ignorantes se informe para saber distinguir a diferença, estou afirmando que não gosto e esse direito, me é dado pela constituição... Tem gente que gosta de azul e outras de amarelo, eu não gosto de sapatas sem classe, sem pudor, devassas e sem educação. Fato.
Ao adquirir o PPV, não estava comprando um pacote de pornografia, estava adquirindo um entretenimento, numa fonte confiável, até porque se quisesse ver cenas pornográficas, teria muitas outras opções.
O que vimos no BBB14 foi um absurdo! Além da proteção da diretoria a campeã foi uma das mais pornográficas do programa...
Fomos obrigados a ver elas nuas, fazendo sexo, ou melhor esclarecendo, sacanagem explícita... No BBB15, não foi tão escancarado, mas rolou cenas de homossexualismo sim e não posso creditar somente a ele a putaria da bagaça, teve sexo entre casais hétero, com direito a gemeção e sussurros inaceitáveis.
Amanda atacando Tamires. Aprendeu bem com
a grande amigaClara!
Acho uma pouca vergonha, uma mulher, que por exemplo, é uma aeromoça, de nome Talita que convive com o público, ou uma, digamos modelo, que faz planos para ser uma apresentadora, como Aline, fazer sexo em rede nacional, se expor tão descaradamente em sua intimidade, eu senti muita vergonha por elas... Não isento Aline, mesmo gostando e tendo torcido por ela, foi grotesco, desrespeitoso e imoral. Acima, na foto temos a cena do BBB15, que agora esse comportamento incorporou-se ao BBB e faz parte do perfil do programa. Careta? Não, não é caretice, é uma questão da mais delicada intimidade entre uma mulher e um homem decentes, uma questão de foro íntimo, simples assim e se isso for conteúdo para ser careta, então eu sou caretassa.
Depois, criou-se uma adoração e idolatria doentia na internet pelas sapatas, criaram o seu quartel-forte, vulgo Clanessas e as jovenzinhas, burrinhas, tadinhas, sem nenhuma noção do certo e do errado, foram alimentadas pelo mito Clanessa que significava quase uma divindade... Com essa inocência das menininhas, elas iniciaram sua força, ou sua pretença força e assim manipulavam as cabecinhas das quase crianças, que achavam o máximo as duas rolarem, ficar nuas e transar ao programa... Sim tinham algumas de 13 e 14 anos, chega quase a ser um crime de pedofilia... Então com apoio de Bial, que algumas vezes as citou, deixando as então Clanessas em polvorosa, foram ficando temidas, pelas burrinhas, tipo, quem não tivesse seu apoio, perderia, porque se achavam capazes de fazer ficar ou sair, quem quisessem, bastava a sapata chefe, de nome Clara, aparecer e convocá-las.
Que elas saibam que não as temo e que, como eu, cabeças pensantes também não as teme, pelo contrário, tenho o mais profundo desprezo por esse tipo de domínio que já deveria ter sido denunciado aos responsáveis por essas crianças que crescem, achando que ser sapata é glamour, é status... Pode ser, mas que seja uma sapata educada e com classe, não a ralé que assistimos no BBB14... Aquilo não era uma questão de homossexualismo, era uma questão de imoralidade em último grau. E assim, ganhou, sem merecer uma delas a edição, porque a forma do bolo foi devidamente untada com determinação pela diretoria. Da mesma forma terminou o BBB15 que levou a vice campeã, a tal de Amanda, sem nenhum mérito, que se acha protagonista porque diz ter movimentado a história, sim ela tem razão, movimentou, com muita putaria, falsidade e mentiras escabrosas, que chegou a nos causar nojo. Ela não merecia e embora estivesse preparada pela diretoria para ganhar, a força do povo não permitiu, porque ai sim seria além de vergonhoso, uma das maiores sacanagens já vista pois ela não merecia nem o 10º lugar."


Mas que foi uma delicinha ver essa bruxa fedida levar um pé na bunda em plena festa de encerramento da bagaça, isto foi!  Ainda mais, porque levar um passa fora, na presença das pessoas e da imprensa, de um cafajestão que aproveitou a putice dela como bem quis e, depois, a largou sem a mínima consideração. Exatamente como esse tipo de homem faz com as garotas fáceis que não se dão ao respeito. Foi um vexame bem merecido...

Com a palavra comentaristas do Rabisco de Eva...



 “Esse era o sonho que realizei com vocês, de conquistar esse amor puro e verdadeiro entre nós. Preciso do teu voto!” (Cézar Lima)


Tentei assistir a maratona mas achei que demorava demais com participantes chatos. Luan com o Douglas, e depois veio a INSUPORTÀVEL Talita com o bostinha do seu ficante. Não consegui assistir, não posso nem ver esses dois. A verdade é que só tinha interesse nas entrevistas de Mariza, Cezar e Marcos, cansei de todos eles. Pelo que tenho lido aqui e em outros sites a Aline não fica tão longe do tipo da Amanda. Se ela realmente aceitar o Fernando de volta seja por qualquer tipo de interesse, financeiro ou não, coloco-a no mesmo balaio da Amanda. Falta de vergonha na cara não dá pra aceitar. ( Pode esperar, eles vão juntar as escovas. É só uma questão de tempo. Aline vai querer dar o troco a Amanda e ganhar uns trocados em trabalhos com o Bundão.)

Mas que fiasco esses exBBBs. Achei que Aline deu muito mole pro Fernaldo. Poderia ter sacaneado mais um pouquinho.
Vi um momento do casal sorvetão com Tamiris ( O que é aquele laçarote, Jésuissssssss). O clima também fechou. E Tamires dizendo que ele (Rafael) não faz o tipo dela, hahahahaha)... (Que Piada! Vai vendo! )

Quando Angélica soube que Aline a chamou de prostituta, disse que ia processá-la, ontem também deu a entender que se ela não provasse que ela chamou Fernando de aidético iria fazer o mesmo. Angélica é uma pessoa revoltadíssima que transparece em tudo que faz. Deus me livre de cair na mão dela como paciente.
Será que Amanda vai fazer paparazzo? Tem que por muito fotoshop. 
Vi no uol a festa que fizeram para Cezar. Até película com a cara dele fizeram. E a mulherada toda com as unhas "peliculada". Festa bonita. (vale a pena dar uma olhada).
Nosso campeão já tem um primeiro trabalho.
Boa Major!! Mas $$ na conta, enquanto os meldinhas por enquanto estão com nada. (As baixarias das duas só comprovam o quanto não fim de feira, sem classe e vulgares.)

LEIA MAIS, clicando na frase abaixo.

9 de abril de 2015

Maratona BBB, com Thiago Pascolotto


Thiago Pasqualotto é um excelente apresentador da Maratona BBB. Nem se compara com a entrevista pífia que a ultrapassada Ana Maria Braga e seu papagaio mala tentaram fazer, sem sucesso. Entre o besteirol que rolou no Mais Você e o papo reto de Thiago a diferença é estrogonoficamente estratosférica.

O clima esteve bem pesado na Maratona BBB. Aline e Fernando, que estavam na sala de bate-papo, observavam Angélica no lounge. A mineira pergunta para Angélica: “Por que você e Amanda disseram, durante o confinamento, que Fernando é soropositivo?”. "Eu não falei isso. Se eu falei, eu quero ver o vídeo", rebate Angélica, com aquela simpatia e humildade que lhe são peculiares. Um amor, uma doçura esta careca medonha! Ainda fica mais horrorosa quando se enfurece... Aí é o cão chupando manga!
O clima ficou tenso entre as duas, mas Aline não perdeu o rebolado e foi falando... “Você fala tanto de preconceito. Achei contraditório você dizer isso do Fernando", insiste a loura. "Você me chamou de prostituta, se desculpou e eu aceitei” (o que tem a ver isto com a acusação de Aline?), provoca Angélica. Fernando, com aquela sua cara cínica de bundão) observa tudo e diz: "Vou querer ver esses vídeos". (Devia ver mesmo, saberia que quem o chamou de aidético foi Amanda. Aliás, já deve saber, os amigos devem ter contado tudo... daí o passa fora que deu na sujeitinha devassa, o cabrão está ciente da burrada que fez e da armadilha em que caiu muito bem armada por quem entende de macho sem controle no pinto e o arrastou para um medíocre terceiro lugar)


Amanda é questionada sobre Fernando. A rejeitada diz que não rola mais nada com o carioca (não rola porque ele não quer, cansou de tanta mentira, armação e fedentina): "Me entrego para tudo que me proponho a fazer (especialmente nas artes da cama). No momento, meu coração (coração ou xoxota faminta?) dizia isso, eu sou assim (kenga confessa). Em seguida veio a voz do ego machucado sobrepondo-se à dor de ter sido rejeitada em rede nacional, ao vivo e a cores, pelo mesmo homem, pela segunda vez (Ai, que tristezinha! “Amor” e “Amorinho”, duas invencionices hilárias, da delirante pandoca): Eu movimentei uma história inteira (claro, deu um show de putaria, inclusive grande parte das cenas de fornicação super explícitas no quarto do líder as câmeras cortaram para o PPV, porque transcendiam todos os limites do permitido publicar em rede nacional). Se não fosse a minha decisão nada disso teria acontecido (ainda bem que ela reconhece ter sido a única biscate depravada da edição). Agora, vida que segue, disse a rejeitada, dando uma de superior, engolindo a seco o ego estraçalhado, a auto estima em frangalhos e o vexame público. Vai vendo... Delicinha com mel de abelha ver essa mulherzinha safada derrotada...
Depois de ter dito ao entrevistador: “Não tenho interesse algum em Fernando", entrou em ridícula contradição, ao responder à pergunta sobre o que faria, se o Bundão dissesse que quer continuar com ela. Resposta de mulher de malandro: “ responderia já, já! É de pasmar a vulgaridade e o baixo nível dessa mulher! Quanta falta de vergonha na cara rebocada!
A mentirosa está se moendo com a desmoralização de sua imaginária historinha de “cinderela” e seu príncipe. Quis imitar Fernanda Keula e se ferrou!
Mariza disse poucas e boas a quem merecia uma liçãozinha de moral. Fernando repetiu as mesmas caganitas, o cara não tem um pingo de personalidade, comporta-se como um moleque, não enfrenta nem mulher vulgar como Amanda. Não tem coragem de despejar nas fuças dela tudo quanto descobriu sobre o que ela disse e fez antes de começar a fornicação com ele, fingindo ser a mulherzinha mais docinha, fragilzinha e apaixonadinha do mundo. Bundão!
Que quiser saber os detalhes das entrevistas, acesse o GSHOW BBB.
Após Aline e Fernando participarem do bate-papo com o apresentador Thiago Pasqualotto, os demais brothers se juntam a eles a Maratona BBB chegou ao fim.

Duvidam que esses dois vão ficar juntos? Vingancinha que ainda vai longeeee! Vai vendo onde está a mão dele, na cintura dela. E o que significa esses dois dedinho fazendo o V da vitória? Aí tem. E cheira a fedor de muita grana com trabalhos juntos. 
Os quinze minutinhos de fama acaba aqui para quase todos, talvez Aline, Fernando, Mariza, Adrilles e Cézar ainda fiquem algum tempo sendo notícia de ponta. Os outros vão virar bi-sulfato de pó de peido. Acabou-se, há muito tempo, a fase em que os ex-participantes do BBB ficavam meses sendo notícia na mídia, especialmente no EGO- Notícias. Principalmente após o BBB14 os minutinhos de fama e holofotes minguaram. Alguém ver ou viu Vanessa e Clara sendo noticiada? Nem Fernanda Keula teve um pós-BBB noticioso. Clara e Vanessa andaram fazendo presença no Multishow, o canal para onde a Globo manda as figuras desprestigiadas , que não deseja no espaço da Globo TV. Fani, Natália, Priscila, Vanessa e Clara foram relegadas a esse canal, famoso pelos programas de sexo explícito, séries solft-pornôs e outras atrações menos votadas.

E, para finalizar, minha risadinha de escárnio para as sapatas fracassadas Clanessas e suas chefinhas mequetrefes, caricatas e bobinhas... Sacaram que não estão com essa bola toda, coisinhas insignificantes? Aprenderam a lição? Gostaram da derrota de Amanda e do pé na bunda que levou do macho da outra? Então, tipinhas vulgares e abestadas, recolham-se às suas estrogonóficas insignificâncias!... Nem a comunidade GLST as respeitam. Cambada de histéricas...

8 de abril de 2015

O discurso de Bial no Final do BBB15



Ela veio jogar, jogaram-na.
Ele veio blefar, blefoi-se.
Douglas, pinto, digo, ponto.
Ali, Aline, aqui, Aline, acolá, Aline em todo lugar.
Diabólica, mas pode chamar de Angélica.
Moça desencapada...
... Encontra seu capa e espada.
Moleque, sujeito homem, mané: pensou que ninguém tava vendo.
Essa apagou a própria história.
BBB acidental 1: veio passear, ficou a 22 décimos de ganhar...
...Graças a BBB acidental 2: ceguinho às evidências do real, prescindiu do imaginário, fez-se só simbólico.
Deitando, ficando, pegando, largando, voltando, ficando, ficando, queimando, Fernando.

Amanda e Cézar, ambos, diante de uma realidade adversa, preferiram criar sua própria realidade particular.
Coisa de maluco: criaram uma realidade paralela dentro da cabeça e a projetaram em rede nacional.
Um lance quase psicótico, não tivesse tal construção mental se imposto a companheiros, dentro e fora da casa.

A vontade encasquetada de Amanda e Cézar realizou-se.
Assim como Fernando correspondeu a Amanda, a estátua respondeu a Cézar.

A lasanha que Cézar nos serviu foi composta de camadas e camadas de clichês, mas o resultado foi absolutamente original.
Tudo artifício, tudo verdade.
"Um cowboy caricato e populista", disseram.
Sim, caricato, maluco, mas há método nessa loucura, graça nessa caricatura.
Jeca Tatu vermifugado do século XXI, pós-Odorico Paraguassú turbo-sulista.
Nele o populismo é caricaturado pela ponta de baixo do discurso demagógico: é o objeto, a vítima da demagogia, o eleitor que se apropria da lereia populista, a devora e regurgita.

Há pensamento consequencial nessa loucura, lógica: e tudo numa língua própria, que não é bem português, a gente quase não entende, mas percebe tudo.

A essa racionalidade, a tanta concentração e foco, contrapõe-se seu oposto: um vulcão de paixão chamado Amanda.
E, convenhamos, quem pode fazer frente à paixão, o que pode deter o desejo?

O que pode deter a mulher?
Mulher, mulher... Que mulher?
Disse um Cézar da psicanálise que a mulher não existe.
Mas mulheres existem.

E enquanto mulheres apressadas e homens cegos pela vaidade julgavam que Amanda estava rastejando, de quatro, a mendigar por amor, ela fazia o contrário: subjugava o objeto de seu desejo, submetia seu amado, fazendo com que ele não apenas esquecesse o passado, mas que apagasse o passado, qualquer passado, em nome do futuro mais improvável.

Futuro improvável que se chama… Utopia.
Utopia, esse céu na terra, construção mental, quase psicótica, que convence a tantos e nos move para além da desesperança, do tédio, da indiferença.

Céu na terra, terra no céu, pois bem, sem mais lero bolero, vamos anunciar o nome que vai, para sempre, ter como sobrenome "BBB".

É hora de despedidas, adeus, adeus, à Deus o que é de Deus. À Cézar o que é de Cézar.

(Cézar foi o campeão do BBB15)

Que estranho final de BBB!


Gente, o finado BBB15 ainda dá para boas risadas! Tenho me divertido muito desde a festa de encerramento da babilônica bagaça! A festa foi bonita, o show foi bom (Daniel e Teló salvaram a pátria), mesmo com a chatinha Paula Fernandes. Que saia era aquela que mal cobria os fundilhos da cantora? E aquela cintura com espartilhos do século XIX, deixando a garota quase sem fôlego para dar seus miados sonoros? 
Bial representando Chacrinha foi hilário, para lá de ótimo! Adorei! Só não entendi o troféo "abacaxi" ser dado para Aline. Ficou mal explicado.
Mas o melhor do show foram as piadas com Amanda. Ai, que delicinha!
A do apresentador foi um deleite para meu coração mau! Pedro Bial estava inspirado e querendo mesmo tirar um sarro da ridícula, logo não poderia perder a oportunidade de alfinetar a Panda, toda pimpona, crente que ganharia o prêmio. Baba, baby! Kkkkkkkk.

LEIA MAIS, clicando na frase abaixo

CÉZAR CAMPEÃO! MARAVILHA!


Nem o charme de Fernando nem a belezura de Rafael, a “exuberante seducência” que conquistou o Brasil foi a de Cézar Lima, que com 65% dos votos do público, sagrou-se o campeão do “Big Brother Brasil 15” e voltará para Guarapuava, no Paraná, com R$ 1,5 milhão no bolso. Em segundo lugar ficou Amanda, que, além dos R$ 150 mil pela posição, levou para casa os R$ 40 mil que ganhou com as quatro lideranças conquistadas durante o programa. Vencemos, minha genteeee!  Cézar Lima Campeão! Valeu público bacana! 
Coitadinhas da Clanessas! Que papel ridículo fizeram, comendo sardinha e arrotando caviar!  A insignificante falsa loura magricela, desbundada e peitudona, agora aprendeu onde é que está a força para sagrar um campeão! 
Coitadinha de Apanda! Onde está o prestígio com Amorinho? Kkkkkkkkkk... Nem Fernando ela terá.  O cabrão já caiu na real, já está sabendo com quem se meteu!  Duvido que fique com ela, especialmente sem o prêmio milionário... Ó, que delicinha foi ver a cara de susto dele, quando Bial disse "A Deus o que é de Deus, A Cézar o que é de Cézar! 
Que bacana a resposta de Cézar à pergunta de Bial sobre o que ele pretendia fazer com o dinheiro:
"— É tudo para minha família —" prometeu ele assim que saiu da casa. Cézar, que é estudante de Direito, contou a Bial que, antes de entrar no "BBB 15", ganhava R$ 740 por mês.
Gente, a produção já sentia a tendência de vitória para Cézar. Eles tem pessoas que leem os blogs, os colunistas, o Twitter e fface book. Portanto viram a rejeição ao casal pilantra e a adesão à Cézar.
Veja que a festa parecia mesmo armada para receber o campeão, já que o trio sertanejo Daniel, Michel Teló e Paula Fernandes deu o tom da grande final. Até os internautas desconfiaram da coincidência. “Música sertaneja em homenagem à vitória do Cézar?”, escreveu um antes mesmo de Pedro Bial anunciar a vitória do paranaense. O show não tinha nada a ver com Amanda. Bial estava feliz, o discurso foi porreta (amanhã eu vou postá-lo). A festa foi linda, em grande estilo! Parecia feita para coroar o sonho do Caubói...

LEIA MAIS, clicando na frase abaixo.

7 de abril de 2015

NÃO PAREMOS DE VOTAR... CÉZAR LIMA CAMPEÃO!


Obrigada ao leitor "LUÍZ, comentarista do blog que me fez a gentileza de transcrever o discurso de Cézar, pronunciado no confessionário, na noite do domingo, justificando para o público porque deve vencer o BBB15,

 "Nas garras das circunstâncias, eu nunca recuei. 
Sob os golpes do acaso, minha cabeça poderia estar sangrando, mas nunca baixada. 
Não importa o quão estreito seja o caminho e quão repleto de castigo seja a sentença. 
Se eu tenho vocês, minha querida massa brasileira. 
"Eu sou o dono do meu destino. Sou o capitão da minha alma". 
"Somos todos Cézar Lima". 
O que isso significa? 
É que lutamos, sonhamos e nunca desistimos! 
Vamos até o final, meu povo! 
Foi isso o que eu quis mostrar a vocês; 
que com honestidade,com dignidade, 
com transparência, humildade, simplicidade 
é possível".
 "É possível o Cézar Lima vir ao Big Brother e vencer". 
Agora eu preciso que vocês sejam multiplicadores. 
Que vocês sejam o elo. 
Que vocês sejam essa chama inefável que nunca se apagará". 
VAMOS VOTAR! 
VAMOS SER OS MULTIPLICADORES 
DO CÉZAR LIMA!!!

Gente, fãs de Cézar Lima, não podemos baixar a guarda! Não gostei da edição do BBB15 na noite de ontem! Ficou clara a tentativa de adoçarem a péssima imagem de Amanda e Fernando, construída por eles mesmos, ao longo de semanas de molecagens, canalhices, fornicação explícita sem nenhum respeito pelas pessoas que compraram PPV para ver dois seres moralmente decadentes, depravados e despudorados, mantendo relações sexuais, em sessões contínuas, como se fossem se estivessem em um quarto de motel. Isto mesmo, pois foi no que transformaram o quarto do lider, durante as quatro semanas em que a Biscate foi líder (da fudelância).
Uma vergonha! Comportamento de gentalha do sub mundo do meretrício, nunca visto antes nas edições do BBB! 
 Não valorizem as gabolices das Clanessas, essas não passam de um grupelho de deslumbradas, chefiadas por uma mulherzinha insignificante que faz de tudo para ter um espacinho na mídia, para aparecer.  Elas são nada confrontadas com os milhões de fãs de Cézar, espalhados pelo Brasil.
Já vimos que elas não são a fortaleza que dizem ser. Mas, muitas pessoas desanimam com as gabolices dessas delirantes e param com a votação, fazendo o jogo safado delas. Se Amanda assinou acordo com a insignificante Clara de pagar pelo trabalhinho dela organizando multirões, foi muito ingênua. O que são as clanessas para competirem com os milhões de pessoas que votam nos paredões? Nada além de bi-sulfato de pó de peido!
Se a massa de votos para Cézar for expressiva, não há como haver manipulações. O perigo é quando os votos dos dois concorrentes ficam beirando o empate. Aí o perigo vem da direção do programa. Essa sim mete medo!
VAMOS AOS VOTOS! VAMOS COM GARRA!
AINDA TEMOS TEMPO BASTANTE PARA ALAVANCAR A DIFERENÇA ENTRE CÉZAR E APANDA.

6 de abril de 2015

VAMOS QUE VAMOS COM CÉZAR LIMA!

·        
“Esse era o sonho que realizei com vocês, de conquistar esse amor puro e verdadeiro entre nós. Preciso do teu voto!” (Cézar Lima)

Na edição de hoje, a produção fabricou uma historinha de amor bem romântica, com musiquinha de fundo, para mascarar a relação de pura fornicação entre uma Bisca e um Cafa. Nem a turma noveleira engole tal engodo, tal arremedo de romance. Mas sempre foi uma tentativa de anagariar simpatias e votos para a macumbeira, mostrada como uma adolescente donzela, muito pura e comoventemente apaixonada por um príncipe das arábias. Argh! Que folhetim de feira! Que jogadinha safada dessa produção orientada por um diretorzinho tão metido a garanhão quanto Fernando. 
O bom da edição, a azeitona no meu martine, a ameixa do meu bolo, foi ver, transbordando de orgulho pelo meu campeão, Cézar Lima, dando uma super estrogonófica lição de moral em Pedro Bial, quando este adorador de Kengas tentou desconstruir César, dizendo que ele decorava os discursos, enquanto a mimosa e espontânea da Amanda,não. Cézar, com a rapidez mental que lhe é peculiar, deu a resposta inteligente e certeira, declarando que seu "discurso é feito de valores e motes que ele leva para a vida e que aprendeu com o povo". RESPOSTA DE CAMPEÃO! RESPOSTA DE QUEM ESTÀ COM O CORAÇÃO REPLETO DE CONFIANÇA NO PÚBLICO. Ali estava o campeão!
Bial continuou a conversa e quis saber qual dos antigos participantes foi  o mais importante para os dois finalistas. Amanda não titubeou em eleger Tamires. “Ela foi muito amiga, soube me ouvir, estava sempre do meu lado”. Por esta eu não esperava! Pensava que diria Fernando. Ato falho! Esqueceu o script!
 Já Cézar elegeu Mariza. “Ela me apoiou nas horas de vulnerabilidade”, garantiu o paranaense, que ainda deixou claro que a professora de artes teve um papel materno para ele. Este é o meu Cézar! Como disse Bial, "se ele não existisse, teria que ser inventado". Mas, existe e precisa de nosso voto para sair milionário da casa! 
Há muitas pessoas dizendo que o BBB15 foi a pior edição do BBB. Não penso assim! Mesmo com essa final picolé de chuchu, com o casal asqueroso finalista, o BBB 15 foi uma das melhores edições do programa. O que estragou tudo foi a direção sem pulso, sem jogo de cintura para movimentar o jogo. Enquanto inventaram aquela idiotice de Boráculo, que nada acrescentou ao andamento do jogo, só servindo para vermos o quanto os participantes eram debilóides e ridículos, acreditando nas merdeiras ditas por uma bola cretina, o Big Fone, que poderia ter proporcionado bons momentos de impacto e emoção, só funcionou com adequação uma vez, para mandar Luan para o paredão. Na segunda vez, foi aquela missão infantilóide de mandar alguém do Tá com tudo ir para o Tá com nada! Uma bosta infantilóide! Foi um desperdício aquele aparelho plantado na área externa, sem função. Faltou o pulso forte e as rédeas curtas de Boninho para por ordem no puteiro. Nunca se viu, em edições comandadas por ele, mulher ordinária ficar chamando o Diretor de “Amorinho”, pedindo chapinha, flores para suas macumbas, dando bronca quando não era atendida e, o mais grave e comprometedor, falando para as amigas que tinha um caso com o leviano Rodrigo Dourado, desde que se conheceram na seleção. Inclusive contando detalhes da xamegância com o diretorzinho sem noção. Essa situação ridícula, amoral e vulgar só terminou depois que Boninho entrou com tudo e deu um cala a boca na biscate gabola, proibindo-a de mencionar o nome “Amorinho” e de pedir coisas, fazer reclamações sob pena dele entrar na casa e levar pente, escova de cabelo e de dentes, shampoo, etc. A tipa ficou lívida, chorou de vergonha e desmoralização e nunca mais bancou a protegidinha amante de diretor. Pegou mal para o programa, essa historinha sórdida de Amanda com o Diretor. Ainda agora, muitas pessoas acreditam que ela vai ser a campeã porque tem Dourado como protetor. Isto vamos ver amanhã! Tenho minhas dúvidas, porque corre o boato de que Boninho retomou a Direção da bagaça e mandou Amorinho pastar.

Para finalizar as mancadas da direção eu citaria os paredões duplos e tríplos em momentos mal planejados. Com isto, saíram prematuramente jogadores importantíssimos para a dinâmica do jogo, como Marco e Fran. Já na final, saíram Mariza e Adrilles simplesmente por falta de visão dos diretores que não fizeram um paredão triplo, mesmo sabendo que, indo com Cézar, seriam defenestrados. O resultado de tanta imperícia foi esse final com dois dos piores participantes. Dois depravados, responsáveis pelo ambiente de bordéu de quinta categoria em que foi transformado o quarto do líder. O casal putéfio teve cinco semanas de motel privé, no qual protagonizaram as cenas mais nojentas de sexo/baixo nível. 
O bundinha rebolativa Fernojo fez o mesmo jogo que condenou em Fran, ou seja: conquistava aliados para, depois, apunhalá-los pelas costas. Conseguiu apunhalar todos que se aliaram a ele no jogo, só escapou Amanda porque o cabrão precisava de mulher “topa tudo” na cama para aliviar o pinto. Esse cabrão é tão venenosamente nefasto que ninguém que ficou ao seu lado conseguiu sobreviver. Nem Amanda vai sair vitoriosa, pois mesmo fazendo macumba e pactos com Exu, isto não faz milagres. Só funciona na mente doente dela, comandada por espíritos malignos. A energia dela é pesada. Coitado de Fernando, vivendo tantas semanas em conjunção carnal com uma pessoa comprometida com forças do mal. Devia ir para uma sessão de descarrego, urgentemente!
O cabrão é tão inseguro, contraditório e fracalhão que, depois de ter recusado dizer sim aos quatro pedidos dela de namoro, foi só meter os pés fora da casa e declarou a Bial que era o namorado de Amanda, Quiçá por ter visto o fortão irmão da Biscate nas arquibancadas e ficou com medinho de um soco nas fuças.
Durante o programa “Mais você”, da Ana Maria Braga, na manhã desta segunda-feira, o Bananão parecia já ter mudado de idéia, preferiu ficar em cima do muro todas as vezes que a apresentadora o questionou para saber com quem ficaria: com a paulista ou com Aline.
“É complicado, porque envolve mais duas pessoas. [...] O único prejudicado nessa história fui eu, não faria o que eu fiz pensando de maldade, me entreguei muito. Eu ainda não sei sobre o que aconteceu no todo. Não tem com responder, envolve o coração de outras duas pessoas, foram 75 dias que eu não sei o que aconteceu. Eu posso me posicionar depois, mas nesse momento é muito difícil. Todo mundo sentiu algo. O meu sentimento é esse, eu preciso conversar com ela (Aline). Vou namorar com Amanda, eu não sei? Eu quero poder conversar com Aline, e ela falar ‘ok, você fez, beleza’. Ela saber que eu estou errado e me perdoar de alguma forma. Na situação atual, não consigo te falar o que vou fazer”, respondeu Fernando durante a entrevista, ridiculamente atrapalhado, tentando não se comprometer. .
— Estou com a Amanda, estamos namorando. A questão com a Aline foi muito impulsiva. Eu gosto dela e tenho um sentimento de culpa, uma tristeza de não ter tido cuidado, por ser uma menina muito bacana, apaixonante. É um sentimento que vai estar dentro de mim até o dia que ela disser que me desculpou — lamentou. Bial, decerto com as tripas revolucionadas pelo nojo da covardia do canastrão, encerrou a conversa e o empurrou para a família.
No chat foi noutro desfile asqueroso de frouxidão, de meias verdades, de cinismo e falta de dignidade.
Não defendo Amanda. Ela tem imensa parcela de culpa na derrocada de Fernando, tentou o homem de forma cerrada, sem dar trégua, até fazê-lo ceder. E talvez pelo excesso de cenas porcas delas, de atitudes piranhosas, eu não consiga detestá-lo mais que a ela. Além disso, volto a dizer que não acredito nesse grande amor de Amanda por Fernando. Uma atração física é possível existir, a mistura com um imenso desejo de vingança contra Aline, somada a um desejo narcisista de aparecer como a mulher que encontrou um príncipe no BBB15, viveu uma grande história de amor, como Fernanda Keula e André, Íris Stefanelli e Alemão, Grazzi e Allan. Só que estes casais não se espojaram na cama, as mulheres tinham compostura e dignidade, os homens as respeitavam e formaram com elas casais lindos de se ver. No caso da Piranhosa, o príncipe era um sapo fornicador, ela uma Kenga rastejante, vulgar e safada, do mesmo naipe de uma Maria Mellilo. A justificativa dela no confessionário para que o público votasse nela para ganhar o primeiro lugar foi vexatória. Parecia uma adolescente retardada falando que encontrou o amor de um príncipe e viveu na casa os dias mais felizes de sua vida. Senti pena dela! Que vidinha pobrinha, sem glamour! 
Mísera Amanda, que decepção terá fora da casa! Duvido que Fernando fique com ela mais que um mês, apenas para tentar alguma proposta de presença VIP (em algum cabaré ou baile funk) ou desfile de moda (nas lojas do Brás)...
Vai vendo o que ela disse para o público, pedindo votos:
Ela começou o discurso com o seu clássico ‘cala a booooca’ e contou que vai ficar radiante, conquistando o primeiro ou segundo lugar: “Não acredito que eu estou aqui, finalista! Estou muito feliz. Se eu ganhar, vou ficar mais ainda. Vota todo mundo e seja o que Deus quiser! Amanhã vai estar todo mundo, vou morrer!” (Ô, bosta de discurso!)
Já Cézar, disse já ter realizado um sonho e alçou de seu vocabulário rebuscado para conversar com a sua torcida: “Me sinto um privilegiado por esta profícua e circunspecta oportunidade de estarmos juntos, brindando na espiral do Big Brother Brasil 15. Esse era o sonho que realizei com vocês, de conquistar este amor puro e verdadeiro entre nós. Preciso do teu voto!”.
Agora, vamos dar uma espiadinha no discurso seco, direto e sem firulas, elogios, louvação ou cacetadas moralizantes. Apenas para cumprir o ritual:
Para a casa:

Rapaz, vamos tentar ver pelo lado bom: vai passar. Um dia você ainda vai rir disso tudo.Talvez hoje mesmo... Será?
Será que eu tenho alguma coisa a dizer que você já não esteja careca de saber? Ninguém foi tão central, desde o início, ninguém teve poder de atração parecido.
Aí dentro, a todos seduziu, inapelavelmente, seduziu a todos, da letra Z à letra A. A de Aline, A de Amanda, A de Angélica e de Adrilles. Todos, menos um, de letra C...
Se a força da gravidade tivesse nome de homem, bem poderia ser o seu, em gerúndio. Tamanho magnetismo, tanto encanto, quebrou, fez-se quebranto, virou do avesso.
O anel que propuseste era vidro, o amor que tu tinhas... Ah, o amor...
Arregace a pele agora, prepare a casca, vista seu melhor sorriso, você vai precisar dele.
Vem, malandro, você sabe muito bem de quem eu estou Fernando.

Amanda ficou de fora do discurso! Como se fosse uma pessoa sobre a qual nada havia a ser dito, uma insignificância que só atuou sob o edredom, que nada mais foi que a biscate de um cafajeste, disposta a levar adiante uma relação sem amor, reduzida a contínuas sessões de fornicação, além de toda e qualquer baixaria sexual para agradar o macho que ela queria prender à sua cama. Um macho com o pensamento em outra, que a tinha como objeto sexual sempre disponível.
O preço alto que ele pagou, além de suportar a fedentina, as doenças provenientes da falta de asseio, a sovaqueira, o cabelo ensebado e a boqueira por falta de limpeza dentária, ainda saiu sem o prêmio que o motivou a se inscrever no BBB15 e que esteve tão perto de conquistar.
Quem saiu perdendo mais nessa sórdida história dele com a macumbeira fedida foi ele. E não foi porque ela se esfregava nele que caiu na esbórnia com ela. Foi por ser um fraco, um homem sem fibra, sem auto controle e sem uma meta a perseguir.
Alemão ficou sem Íris, suportou toda sorte de esfregação de Fani Pacheco, mas nunca cedeu. Com isso, conquistou o imenso público noveleiro, caprichetes e pessoas de ambos os sexos. Saiu vencedor numa festa romântica e linda, ganharam muito dinheiro com eventos, propagandas, desfiles de moda, presenças Vip, etc.
O público noveleiro não quer ver sex hot, não aprecia ceninhas de putaria, não quer assistir ceninhas pornôs. Quem gosta dessas baixarias são as amigas da Trepanda: as Clanessas e suas descaradas chefonas Clara e Vanessa. Essas que estão se vangloriando de levar a marafona à vitória contra Cézar. 
Vamos ver quem tem mais poder de fogo, se são essas degradadas ou se o grande público e a mulherada unida na defesa de Cézar Lima. O antagonista desse casal lastimável, sem integridade moral, sem dignidade e sem apoio do povo brasileiro cansado de ver a safadeza, a impunidade e o engodo triunfarem em nosso país.
Esse papo dela se dizer carente, que nunca ouviu um "eu te amo", que nunca foi tão feliz como agora, é para boi dormir... Só acredita quem não lembra o ódio que ela ficou quando viu o Fernando escolher a Aline e desprezá-la... Ela jurou vingança, disse que a Aline iria embora e ela ficaria c/ele, que iriam transar pela casa toda, papo de vigarista de quinta, que pouco ou nenhuma importância dá p/sentimentos verdadeiros... esse mimimi agora é só p/comover o povo e ganhar o jogo
O César, foi o primeiro e único candidato brasileiro que falou nesta noite durante o seu depoimento o que é ser um vencedor ele está muito feliz por ter chegado até à final após muitos percalços, muita luta, muita dor, e muita fé. E só de ter chegado aonde chegou após tanta barreiras, tantas armadilhas, ele esta feliz pois isto dá coragem e prova, através dele, da sua historia de vida, que todas pessoas, principalmente as que não estão vendo luz no final do túnel, podem conseguir sair da "escuridão", conseguir vitórias, crescer e vencer na vida de maneira honesta, com muita fé, trabalho, estudo, sem ter que pisar em ninguém para conseguir qualquer vitória que seja.
VOTEMOS MUITO! NÃO PODEMOS CONFIAR APENAS NAS ENQUETES. Elas não contam para a Globo. Não dão a vitória para ninguém.
CONFIO MESMO È NO MEU VOTO, FEITO NO SITE DO BBB15 ou PELO TELEFONE.

Vamos votar muito, vamos fazer de Cézar o campeão do BBB15.



Gente, massa brasileira, chegamos nessa final estrogonificamente batráquia e inoxidável com o nosso querido menino de ouro precisando dos nossos seducentes e fantásticos votos!

Deixemos as enquetes midiáticas de lado, elas podem dar errado por causa dos fraudulentos! Partamos para o voto no site do BBB15 ou pelo telefone, etc. Não podemos dormir no ponto. Não podemos permitir que Apanda vença e leve o prêmio milionário para dividir com seu trepante.

Ele está dizendo no chat que É NAMORADO de Apanda... Não é um charminho, esse patife mentiroso. O idiota pensa que somos otários, que não vimos a ceninha degradante dos dois na festa de ontem, com a piranhosa o pedindo em namoro e ele desconversando. Ela chorou e foi se lamentar com Cézar. 

Agora, o cabrão quer tentar angariar simpatias para ela, fazendo de conta que vivem um grande amor. Safado!
NÃO CONFIEM NA GLOBO!  NOSSA LUTA É COM A PODEROSA, MAS, O POVO UNIDO É UMA FORÇA MUITO MAIOR!
SE A VOTAÇÂO FOR MUITO FORTE, A FAVOR DE CÁZAR, SE A DIFERENÇA FOR MUITO GRITANTE CONTRA AMANDA, A MARACUTAIA FICAMDIFICULTADA.
Vamos à luta, aos votos e à vitória retumbante do nosso Cézar Lima, Campeão escolhido por nós brasileiros e brasileiras cansados de gentalha cabotina, desonesta, mentirosa, capazes de venderem a mãe por dinheiro

VOTE NO SITE OFICIAL A VONTADE:

SMS :
88402 OU

LIGUE:
0303 10 88402 PARA VOTAR EN CÉZAR.

CEZAR CAMPEÃO! CÉZAR CAMPEÃO!

5 de abril de 2015

Cézar foi a diferença que valeu a pena! Parabéns Campeão!


Que emoção foi para mim e meus famíliares a vitória de Cézar na prova para o primeiro finalista! A impactante expressão de emocionada perplexidade do humilde rapaz derreteu até o coração de Bial, um homem sensível que foi se deixando conquistar por Cézar, aos poucos, como a maioria do público que findou se rendendo a seducência da sua integridade moral, pela beleza da sua conduta irrepreensível, por sua forte personalidade, sua determinação em levar o jogo solo até o final. 
A melhor coisa que ele fez por si mesmo foi justamente não fazer parte de nenhum dos grupinhos de canalhinhas da casa. Aproximou-se de Mariza, com ela se sentia a vontade, confiava na sua parceira de sofrência, maus tratos e perseguições. 
Foi bonito vê-los no Monstro do peão, rolando como crianças no gramado, suportando com alegria o desconforto da roupa e as noites mal dormidas. 
 No início, Bial não conseguia disfarçar o incômodo que as intermináveis falas do paranaense lhe causava. Aos poucos foi se deixando render pela ingênua simplicidade, pela maneira sui generis de ser e de estar no BBB, destacando-se justamente pela diferença. Cézar era a novidade inesperada, era a diversidade dentro da diversidade proposta pelo programa nessa tumultuada décima quinta edição. Bendito Cézar que me enche de orgulho por ter acreditado e apostado em você todas as minhas estalecas! 
Foi, de fato, estrogonoficamente inacreditável a vitória de Cézar na prova de ontem, na qual começou em desvantagem para o casal trast! A quase três dias da final do "Big Brother Brasil 15", este grandão querido, que nunca havia ganhado nenhuma prova individual, venceu a mais importante e cobiçada da última fase das provas finais lista, conquistando o glorioso e merecedíssimo lugar de primeiro finalista do BBB15!. Que inoxidável seducência! Ai, abençoado! Vai seguro que o prêmio milionário será seu, para a alegria das milhares de pessoas que compreenderam seu jogo limpo e honesto, aprenderam a amá-lo e vibraram com sua alegria na prova de ontem. 
Por conta disso, o casal o insuportável, indigesto, de caráter duvidoso, traíras e desonestamente mentirosos está, merecidamente e finalmente, no paredão. E, para maior castigo de ambos, com a missão de um derrubar o outro, num confronto implacável e impiedoso que jogará um deles no olho da rua, onde já deveriam estar há muito tempo. O que ficar, vai amargar a pior derrota, vendo o prêmio cobiçado ir para as belas mãos de Cézar! O cara decente, digno, apaixonado pelo programa que deixa atrás de si um legado precioso de bons exemplos para a juventude do nosso País, tão afogada na lama da improbidade e da vileza humana que desfila em nossos noticiários. 
Quanto a Amanda, esta não passou de uma pobre coitada, macumbeira de araque, um péssimo exemplo para as adolescentes que assistiram seus espetáculos de putaria e de rebaixamento moral digno de uma mulher que usa o corpo como moeda de troca. Uma decadente, depravada, que desceu fundo no poço da degradação feminina. 

Fernando foi uma vergonha para os homens que se prezam: Mentiroso, um fracalhão que não sabe resistir à sedução de má qualidade de uma tipinha escolada nas artes da trepância de baixo nível. Que não teve pejo de usar duas mulheres para servir de escadinha para chegar à final e sair milionário, dando bananas para as duas. Um arremedo de homem, destituído dos valores morais que fazem com que um homem seja respeitado e reverenciado por seus pares, pela família e pela comunidade onde vive. 
E pensar que esse cabrão trabalha com jovens... é preocupante! Que tipo de formação moral pode passar para seus pupilos? A arte da fudelância, da mentira e da trairagem? É muito pernicioso, reles e sem moral para um cara que deve ser modelo para a garotada que fica aos seus cuidados na Ong. Não merece sequer sair como o vice-campeão, graças ao idiota Adrilles temos esses dois seres caricaturas de gente na final.
Mas, vão sofre aqui fora. Vão ouvir muitas piadinhas pesadas, vão ficar com a auto estima, já arrasada pela derrota na ambição maior de pegarem o prêmio milionário e as honrarias da festa de encerramento, mais arrasada ainda.
Depois da disputa, o trio ganhou uma festa para comemorar, ironicamente, a vitória de Cézar, o cara que sempre menosprezaram, ridicularizaram, consideraram o mais inferior dentre todos, a bucha de canhão que só servia para livrá-los de ir para o paredão. Cambada medíocre!
Após garantir vaga na final, que é na terça-feira, dia 7, o inoxidável e imbatível Cézar Lima ajoelhou-se e chorou. Bial questionou o que o estudante de Direito tinha a dizer, mas ele perdeu a exuberância e não conseguiu falar. Só agradecia a Deus e a todos que o lhe deram a oportunidade de entrar no programa e realizar seu sonho, louvava o BBB15, chorava de emoção, sem conseguir fazer um dos seus discursos super estrogonóficos. Amanda, então, falou por ele, em tom de brincadeira:
É 'inexoravelmente' 'estrogonoficamente' fantástico ele ter chegado até aqui". Logo que recuperou o fôlego, Cézar disse:
“Obrigado, meu Deus e minha família. Obrigado, Bial, produção, direção. O maior sonho da minha vida era estar na final. Obrigada a todos que me conduziram até aqui. Essa é minha massa. Eu amo vocês para sempre”. Lindo demaisssss, esse é Cézar Lima, o homem interiorano, digno de representar todos os homens de bem do Brasil.
A prova finalista foi dividida em três fases, cada uma realizada em um dia. A primeira, na quinta-feira, foi de resistência e eles tiveram que segurar uma barra que, se descesse, acionaria uma espécie de dinamite e, automaticamente, estaria eliminado. Amanda, apesar de ter sido a última a sair da disputa, não venceu, já que infringiu uma regra, várias vezes, deu uma de espertinha não confessando sua falcatrua, mas foi descoberta e perdeu os dois pontos. Os mesmos ficaram para o outro desonesto que cometera a mesma infração de sua trepante, mas, apesar dos gritos de protestos de twitteiros e blogueiros para que a prova fraudada fosse anulada, a produção preferiu apoiar o desonesto safadão. Por conta disso, Fernando começou a última prova com dois pontos de vantagem e Amanda com um ponto, enquanto Cézar começava do zero. .
Na sexta-feira, eles tiveram que contar com a sorte, num jogo de pinball. A paulista fez mais pontos (47) e foi a campeã, faturando um ponto. Na altura do campeonato, a vaga para a final estava entre ela e o seu trepante, já que Cézar não havia pontuado. Porém, a prova deste sábado tinha peso três e o paranaense, com uma inteligência ilimitada, mostrou sua superioridade sobre os burróides de cabeças vazias e acertou as sete perguntas necessárias para garantir sua vaga na grande final. MARAVILHA! DELICINHA! FELICIDADE PARA ELE, SUA CIDADE, SUA FAMÍLIA E SEU IMENSO FÃ CLUBE!


Fernando será defenestrado lindamente hoje à noite! Que Delicinha! Ó como é bom o sabor de dar uma liçãozinha porreta nesse safadão... Fora, requebradinho, bem requebrar a bundinha aqui fora!
Fernando vai sofrer muito, ele sabe o que o espera aqui fora. A consciência é implacável. Não precisa de julgamento pior que o dela. Ele sabe o quanto errou, o quanto sujou a sua imagem, o quanto comprometeu sua credibilidade, o quanto humilhou a namoradinha a quem havia pedido em casamento e fizera projetos de uma vida juntos, sabe o quanto foi devastadora a sua relação degradante, vulgar e baixa com Trepanda, uma mulher destituída de qualidades morais, fedida por falta de banhos, cheia de fungos e infecções provenientes da sujeira de quem não costuma se lavar, especialmente após sessões seguidas de trepância bordelescas, nível quenga fim de feira. 
Na festinha após a festa, a piranha fez de tudo para que Cézar bebesse champanhe, numa tentativa de embriaga-lo. Não funcionou. O cara não ingere bebidas alcóolicas por convicção. 
Fernando encheu a cara, ficou bêbado e se pôs a falar em Aline, dizendo que a amava, enquanto Apanda amargava mais esta decepção para a sua coleção... Mulher que não se respeita, não pode desejar ser respeitada, comportou-se como uma reles Biscate, recebe o tratamento que os homens costumam dispensar a tais criaturas.
O Bananão já caiu na real! Já sente o cheirinho do asfalto nas fuças... Vai ficar com ódio da trepanda que usou para se dar bem, na ilusão de que o público iria comprar a historinha fajuta e piranhosa que tentou impingir. Perdeu, perdeu, cabrão ordinário!
Já ganhou demais, para um canalha como ele