20 de dezembro de 2015

A Fazenda acabou com a minha carreira...





Em um longo desabafo no Twitter a sexta-feira (18), o ator Theo Becker afirmou que a participação na “Fazenda'', em 2009, acabou com a sua carreira. Ele disse que, na maior boa fé, criou um personagem pensando em, ao sair do reality, encarnar um vilão em alguma produção posterior. Sem nunca imaginar que sua decisão, dado por ele, rumo ao triste fracasso de sua carreira. Isto porque, por culpa da edição, saiu como a fama de um “louco''. Veja abaixo a série de mensagens do ator:
“Juro por Deus que só fiz aquele personagem para dar audiência ao programa e nunca ser esquecido, mas tiraram minha razão nas edições e mifu.''
“Há seis anos vinculam minha imagem à Fazenda não me deixando esquecer que essa história não acabou ainda e nenhuma outra porta se abre. É justo? ''
“Consideram-nos loucos e lunáticos, mas vamos lá e realizamos o que apenas nós sabíamos que ia acontecer! Marketing é nosso forte! ''
“Eu era um ator em ascensão que aceitou participar de um reality. Fiz um personagem para o programa dar certo e o mesmo acabou com a minha carreira.''
“Um dia eu vou voltar tenho certeza disso!! Assim como o (Conor) Mc Gregor sabia que ia ser campeão Eu sei que vou vencer a Fazenda All Stars um dia!''
“Porque perdi toda a moral de ter construído aquele personagem ingenuamente achando que me projetaria para fazer um vilão depois. Saí como louco.''
“Depois de um tempo entendi porque falaram para o Mion me implorar para eu não desconstruir aquele personagem. Porque as pessoas amavam. Esse foi meu fim.''

Acredito que o depoimento do ator dispensam nossos comentários e nossa execração. Todavia, não podemos deixar de lembrar que foi Mion quem associou o nome de Teo Becker ao da louca Mara Malavelha, denominando-a de Mara Becker. Tal atitude do apresentador, se somada ao depoimento de Teo, dão-nos o direito de supor que muitos dos comportamentos furibundantes da Malavelha foram resultantes de algum conchavo com os mesmos que estimularam Teo a se fazer de Rambo enlouquecido. Se foi isto, má sorte a dela, que saiu do programa com a imagem torrada e o filme queimadaço, tão merecidamente quando mereceu Teo, posto que impuseram muitas humilhações aos demais confinados, além de terem provocado eliminações injustas. 
A Malavelha está apagadérrima nos anaes da Record. Ninguém fala nela, não a convidam para nenhuma participação, ou seja: fazem com a palhaçona o mesmo que fizeram com Teo. Depois dos tapas que a alucinada deu em Douglas, a valentona foi jogada para escanteio, tornou-se a indesejada que nenhum patrocinador deseja ter ligada à imagem dos seus produtos...

3 comentários:

Bandys disse...

Não tenho pena!

colhe-se o que se planta;

o BBB depois de tanto tempo ainda fica inventando moda que nem sempre da certo.
Cezar ano passado ficou sem comida sei la quanto tempo, como poderia ganhar prova de resistencia?

ganhou alguns votos por conta disso.
enfim, aguardemos

Leandro Batista disse...

Queiram ou não, BBB ainda faz sucesso e move multidões. Mesmo com a imprensa afirmando o contrário, o RS global tem seu público cativo no PPV, que é o que interessa para a emissora. Durante três meses e meio, é só o que se fala em redes sociais. Torcidas inteiras se esforçam em mutirões em cada paredão para elevar seu preferido a condição de campeão do Big Brother Brasil. Ademais, podemos citar também a rentabilidade do Big Brother Brasil para a Rede Globo. O programa tem custo baixo pois envolve anônimos e fatura alto com merchandising e ligações telefonicas.

DANIELA MAZERON disse...

Nao foi a fazenda que acabou com a carreira dele foi ele mesmo que se aniquilou. As pessoas não tomam responsabilidade pelas suas atitudes e ficam buscando desculpas. Pelo jeito não aprende nada com a experiência negativa.