8 de outubro de 2015

Hoje é noite de Eliminação em A Fazenda...


 Bom, meu povo, depois de uma prova de sorte, Marcelo saiu fazendeiro, deixando os perdedores Mara e Edu na Roça. Se as pesquisas de opinião estiverem certas, Edu irá para casa, enquanto Mara Capeta continuará pentelhando todos na casa. Como acho os dois indigestos e chatérrimos, não me incomodaria se fossem ambos eliminados. Como é impossível tal momento glorioso, ainda considero lucro que a que mais incomoda, irrita e provoca fique na casa, levando todos ao desespero e deliciosos barracos. Ai, como estou marvada!
Gente, já pensou o que seria A Fazenda sem a Capeta de Saia, agitando o jogo, espetando um, mandando alfinetadas para outros, fazendo deboche dos ataques de raiva dos mais nervosinhos? Seria um marasmo intolerável! Sem Mara no pedaço, todos iriam fazer da Fazenda uma delicinha de colônia de férias, com direito a muitas festinhas fudelantes. Deixa a desequilibrada ficar e tacar fogo no puteiro... Ela nem precisa se esforçar para montar barracos, conflitos e irritação. É PhD nesse tipo de situações, com longa prática, desde muito novinha... Portanto, ela não está fazendo personagem. Quem a conhece sabe bem que ela está sendo na Casa sede da Fazenda o que sempre foi fora dela. Até acredito que, ao entrar no reality, tinha a intenção de mostrar um outro lado da sua natureza, para não queimar seu filme, adotando uma conduta de mulher madura, pautada na tolerância, na mansidão, na delicadeza e no respeito ao próximo, resultante da sua conversão religiosa para o protestantismo, deixando no passado sua maneira de ser explosiva, chata, encrenqueira, barraqueira, ferina, irônica, agressiva e debochada. Mas, como é quase impossível, apenas pela própria vontade e bons propósitos, a consecução de mudanças radicais nos defeitos e maus costumes cristalizados durante anos da sua prática sem freios e auto crítica, a convertida donzela fracassou, sequer tem conseguido disfarçar seu lado obscuro, trevoso e sua energia pesada. Talvez ela esteja sendo a mais autêntica, está sendo no confinamento simplesmente o que ela é na vida real.
Uma mulher que se diz evangélica, que faz parte de uma comum idade religiosa, deveria ter mais pudor, mais dignidade e respeito pelos colegas de confinamento. Não poderia estar cometendo molecagens como fazer xixi na piscina,sujar de cocô a privada (não foi dito com todas as letras, mas só faltou) e deixar absorvente higiênico com menstruação exposta no banheiro...
Ela foi acusada de fazer esse tipo de nojeira, dentre outras coisitas, por uma peoa como justificativa para mandar a ex-apresentadora infantil e cantora gospel para a roça.
Aliás, os oito votos que recebeu, em seu conjunto, foi a maior queimação de filme que já vi em todas as edições. Mara levou no deboche todas as acusações, se achando, sequer soube manter a linha. 
Os peões e peoas tem toda razão em não gostar dela, todos apontaram os problemas de convivência, além dos problemas com higiene. O que não gostei foi da quantidade de votos que deram para ela, pois, certamente, fizeram da Capeta uma pobre vítima, quando nem tão vítima ela era. Tal como fez com Thyago, também contemplado com 6 votos, o público logo protege a pobre vítima dos cruéis colegas, mesmo não gostando dele e de Thyago.

Um comentário:

Pety disse...

Oi Eva, realmente esta fazenda da sono. Se a Mara Mala tivesse sido eliminada ontem, ficaria muito pior.
Por enquanto não tenho torcida por ninguém. O jogo de leva e tras do Luka tb ta dificil. bjs