11 de fevereiro de 2015

Irritante dia seguite... Que preguiça de BBB!


Esse maldito paredão, pelo menos, serviu para esclarecer, para mim, uma dúvida que carregava desde o BBB14 acerca das enquetes. Nunca aceitei os erros absurdos das enquetes nos paredões de Vanessa e de Clara, especialmente os erros grotescos nas enquetes do UOL, famosas pelos acertos. No BBB14, as enquetes deram resultados erradíssimos em quase todos paredões das duas tipas depravadas, com diferenças enormes que beiravam os 100%. A falcatrua era evidente, irrefutável. Lembro que em um dos paredões de Vanessa, a enquete UOL apontava a sua eliminação com mais de 60% e, escandalosamente, ela escapou de ser eliminada com mais de 60%. A partir de então deixei de dar crédito às pesquisas de qualquer enquete, na certeza de que eram fraudadas pela turma da Produção, comandadas por Boninho, já conhecido pelas manipulações explícitas dos resultados dos paredões. No caso de Vanessa, era claríssima a proteção que a gaja tinha do Padrim Bonim, grato pelos espetáculos deprimentes que protagonizava com a safadérrima parceira. Acredito que com o afastamento desse sujeitinho da direção do BBB, terminou a lastimável Era das falcatruas e manipulações no programa. O novo diretor pôs rédeas curtas até em Pedro Bial, cortou as "saliências" e as interferências ridículas do apresentador, antes capacho do balofo autoritário. O BBB15 já passou por três paredões com as enquetes acertando em todos. Hoje gosto de Bial, da forma como passou a conduzir as edições, com jovial seriedade, dando-se ao respeito. Espero que não venha a ter nenhuma recaída...
Depois do discurso de Bial, na eliminação, a bola das irmãs Cajazeiras baixou. Todos entenderam muito bem as palavras do apresentador, bem como o gelo que deu em todas, dirigindo sua atenção e concedendo a palavra apenas para o grupo de Marco e para o neutro Cézar. 

Discurso de Pedro Bial
Só para o público

"Mas assumidos, os dois aliados não conseguiram evitar um paredão amigo.
Feiticeiros provando de seus feitiços. Fernando se destacou cedo no jogo pelo poder de sedução e habilidade política. Tanta sedução teve como consequência política o Paredão.
Marco também abriu logo o jogo. Num lance surpreendente para um profissional do pôquer, mostrou todas as cartas na primeira semana, ao usar informações de fora para influir lá dentro. A inteligência de Marco pode ter menosprezado o temperamento alheio. Fernando, de intuição tão certeira, pode ter menosprezado a dor de uma rejeição.

PARA OS EMPAREDADOS

Pois não é...
Nem um... Nem outro. Há um coração lanceado e pregado a este Paredão.
- você que concebeu, escreveu e ergueu este Paredão.
- Apontou... Atirou... e, com mira certeira, alvejou seu próprio peito.
- Curioso que entre tantos crânios, em meio a estratégias cerebrais foi um player calado que ditou os rumos do jogo: um coração mudo, amordaçado. 
- A gente pensa que joga. É jogado.
- A gente acha que escolhe. É escolhido.
- A gente acha que pode fazer tudo que quer.
- E pode. Só não pode escolher o que querer.
- A gente acha que o coração cala.
- E mudo é quando o coração mais fala.
- O que vem agora?
- Orgulho?
- Remorso?
- Vaidade?
- Saudade?
- Só espiando pra saber.
- E quem vai, a partir de agora, espiar aqui de fora é você, Marco."

Ainda sinto o gostinho divino da derrota das Cajazeiras, da generala e de seu capacho Luan. Todos entenderam muito bem o recadinho de Bial, recheado de censura à prepotência burra delas. 
Ai, que delicinha foi ver a cara que fizeram, ao ouvirem o resultado. Até a super valentona, vingativa e rancorosa Talita ficou com cara de "Mater dolorosa", sem saborear a saída de Marco. A insignificante tipa afastou-se dos demais que abraçavam o eliminado, sem cara de se achegar. Foi Marco, com a generosidade e grandeza de alma que lhe são peculiares que a procurou para despedir-se. Pensava que a Vesga iria comemorar a saída do seu inimigo figadal. Mas, depois do discurso de Bial, não dava, né mermo, santa cruel?
A produção soube fazer uma edição super leve e divertida, quiçá para amenizar a tensão do pesado paredão.
A novela envolvendo todos os participantes foi excelente, até por ter retratado, de forma caricata, a cada um deles, aproveitando bem o ensejo para fazer uma fenomenal gozação. Pena que só o público viu. Muito divertida a "escolinha", a Tamires Frozen, a lojinha de Amanda e, mais que tudo amei os apelidos que puseram em cada um. 
Coitada de Vera Verão, nem desconfia que a sua arrogância já extrapolou há muito tempo. Esta mulherzinha grossa, mal educada e metida perdeu a noção do ridículo das suas atitudes, perdeu a mão e sairá no primeiro paredão que for. Acho que ela pegou para modelo a Gralha desvairada Ana Mara. Apanda é o tipo de pessoa que só de olhar para ela dá-me canseira! Tamires de boba, como Cézar, se faz de boba, de fragil, de choroninha melindrosa. Esse é o seu script. Das três é a que vai ficar mais tempo na casa. O casal Rafael e Talita é de uma mediocridade aflitiva, com pouco estudo, talvez nenhuma leitura, fúteis, superficiais e vazios, retratam bem a maioria dos jovens de hoje. Além de sexo, fofocagens, baladas e badalação, nada mais os interessa. Como se merecem! Mariza pisou na bola e perdeu minha torcida. Achei muito feio ela censurando Marco e, em sua curteza de pensamento, achar que ele foi eliminado por ter escondido, dela principalmente, que fora jogador de poker. É louca! Marco reuniu o grupo dele e revelou esse detalhe de sua vida, acrescentando que o público sabe disso, porque está no seu perfil.
É tão traíra esta Broncosaura que ainda está falando mal dele na presença de Cézar, agora, na academia. Por mais que Adrilles defenda o amigo, ela se exalta e reitera que Marcos vivia jogando em Las Vegas, ganhando muito dinheiro e não falou nada disso para ela. Poooode? É muita safadeza dessa balofa, falando pelas costas. Porquê não disse isto a ele, no momento em que contou tudo, ficando a disposição para falar no assunto? Cabrona. Paredão nesta bruaca. Estou com vontade de sair voando na minha vassoura até o Projac para dar uns safanões desta linguaruda, invejosa e recalcada. Não dou dois dias para ela se juntar às Cajazeiras.
Aline, escutando a maledicência do boçal Luan com o outro boçal, entra na defesa de Marco, não aceita as críticas dos dois ao amigo, afirmando que o fato de ter sido jogador era do conhecimento do público e da produção, tanto que Bial se referiu aos dois como dois jogadores em modalidades diferentes. A menina está mandando bem. Mariza é uma falsa, ridícula e linguaruda. Devia ter vergonha do que está dizendo para denegrir a imagem de Marco. Paredão nela! Aliás, Aline falou bem e oportunamente no ao vivo. Adorei!
Imaginem um papo entre o boçalzinho Luan e o tosco Cézar, ambos criticando Marco e Fernando. Claro que após ter ouvido as barbaridades ditas por Mariza contra o próprio amigo, Cézar se sente à vontade para sentar o tacape em Marco. Os dois broncos acham que o que fez o teólogo ser eliminado foi o fato de ter revelado ter sido jogador somente na véspera da eliminação. Daí, acham que Fernando não ficou pelo próprio mérito, mas pelo demérito de Marco. O próprio Cézar critica Mariza por estar falando mal de Marco, chamando-o de falso e mascarado. É muita indignidade dessa maluca... Quem diria que a gaja chegaria a esse nível de baixaria. 
Com preguicinha de escrever resumo pois estou de luto pela saída do Marco e com muita raiva da miopia do povo que não vê a falsa história do casal, tirei algumas chamadas do SO, só para não passar em branco…
Quem não viu o barraco pós-eliminação, vai abaixo um resuminho que "surrupiei do blog Artigolândia, de autoria da comentarista Myra:
" A briga começa com provocação de Fernando… que saiu apontando dedo para as Cajazeiras…
F: “Inventa outra história porque essa não deu”
AM: “Vocês sabem por que o Marco saiu? Vocês não podem julgar! Não falei que ele ia voltar se sentindo O Senhor do Anéis?”
F: “Agora as coisas vão ser diferentes aqui”
AG: “Estou morrendo de medo!”
L: ‘Presta atenção com quem tu fala!’
aí aquela que fica no aham aham, Aline, diz para Luan parar com a vitimização
L: “Não estou falando com você não. Falei seu nome? Cala a boca!”
F: ‘Abaixa o seu tom de voz’
L: “Estou falando no meu tom de voz”
F: “Então, vou falar no meu”
Rafael tenta separar os dois.
Daí ficaram naquela pose típica de anúncio de luta de boxe, UFC, etc… se encarando e vendo quem conseguia derrubar o outro no bafo.
Cezar Lima partiu para ajudar Rafael exibindo toda a sua "vigorância seducente" e finalmente os apartaram, mas os dois continuaram resmugando...
Luan chama Aline de coadjuvante e diz que ‘Já brigou com gente maior do que ele’. Enquanto Angélica rebate com ironia e canta Anitta: ‘Se não quiser me olhar, vira de costas’
E Fernando dizendo que escutou coisas calado durante uma semana e que precisava falar. Não falou porque não queria briga em pré-paredão né queridão? Medo de perder as estribeiras, a pose de bom moço e ser eliminado.
Depois disso ficaram em grupos lá e cá, se alfinetando, provocando, se vangloriando… etc… etc…"

Lá para as tantas, Apanda larga esta pérola: ‘Não quero comer nada do que Aline ponha a mão’ (mentira, Aline anda pondo a mão em uma coisa que ela está doidinha para pegar também haha …), enquanto isto, no reino da fudelância, o vexatório imprevisto se repete com Aline e Fernando, embaixo do edredon: “Sujou tudo”, admite a lourinha boa de mão para Fernando. Em seguida, ela pega um roupão para limpar o local. Será que não há camisinha na casa? Ou será que falta é para o tamanhão do Bráulio do Nandão?  Que coisa mais feia! Que porcalhice!
Ai, que preguiçaaaa!  Não dá para ficar no PPV muito tempo.  Dá-me fobia ouvir tanta asneira, conversas vazias e as baixarias de uma tipinha pernóstica como Vera Verão.
Na próxima semana haverá paredão triplo e Big Fone.


Para finalizar, poeticamente, deixo o que Adrilles escreveu em seu Raio X:

"Das mortes que vivi, muitas não me mataram, outras ressuscitaram a fonte que jaz e que perdi. Vida que segue, vá com Deus Marco."


Este poeta maluquinho tem grandeza de alma, daí ter se afinado tanto com Marco, Este saiu mostrando a dimensão de sua dignidade, generosidade e grandeza de alma. O abraço que deu em Talita, sem hipocrisia, mas com aquele calor humano que só sabe o que significa quem conhece o prazer de perdoar, de ser livre de qualquer sentimento negativo em relação ao próximo. Sinto muito a saída dele, mas sei que o BBB não é o lugar para uma pessoa tão especial, espiritualizada, autêntica, inteligente e pacífica com Marco Marcon. Foi lindo o reencontro emocionado dele com a esposa. Aquela caminhada dele, de pés descalços, para Bial, foi algo mágico em termos de despojamento de qualquer vaidade, pose e estrelismo. Grande e único Marco. Sua passagem pelo BBB foi um deleite para quem gosta de ouvir coisas edificantes, mensagens de amor, de perdão e de generosidade. Que Deus o abençoe. Vida que segue... BBB15 empobrecido!

13 comentários:

Anônimo disse...

Perfeito! Eu já começo a desenhar o meu predileto: Adrilles. eMBORA a turma votanTE de FERNADO É IMENSA.
mARCOS LIVRE DE ÓDIOS, ressentimentos, saiu mais engradecido ainda. Tomara que consiga realizar seus sonhos e projetos.
no momento na casa: Adrlles fala pra Careca louca, tenho tesão em discutir. hihihi. Bora Adrilles.

rose disse...

Eva,
Que texto magnífico!!!

Muito melhor ler suas opiniões do que acompanhar na TV,PPV e globo.com :)
Lindo o que o poetinha maluco disse, quem sabe faço as pazes com ele :)
Gostei do Marcos na entrevista, uma pessoa de outro nível.Que ele seja muito feliz.

Abração




Jane disse...

O que dizer depois deste teu texto lindo e divertido ?
Só posso dizer que te amo...

Por isso te ofereci a conta da globo.com...Não gasto nada para ver o bb e vejo Só qdo quero dar uma espiadinha.E é o que basta...
beijo amigo

Anônimo disse...

Perfeita sua visão sobre Marco Marcon .... Agora torço por Adrilles !!!

Helena disse...

Oi, tudo bem? Excelente texto, parabéns!! Vc tem uma ótima visão do jogo, sempre leio para me manter atualizada.

Anônimo disse...

Tudo calmo na Nave BBB, Marias Padilhas calaram o bico.

Que droga o BBB já não é mais o mesmo.
Aguardando e desejando que retorne (EVA) em assistir, para que possamos ler seus textos maravilhosos. A melhor cobertura do BBB é aqui.

Um abraço....Loe

teresa58 disse...

Perdeu a graça, o conteúdo e a leveza.
Eu me pegava a procurar, entre as cameras, as conversas entre Marco e Adrilles. Este saindo, deixo de assistir.A leitura de um ou dois blog s ja será o suficiente.Uma lástima...

LU ILHA disse...

uma tristeza a saida do marcos
o povo poderia ter dado outro rumo a esse bbb e torna lo o mais diferente
masi nao quiseram romance de novela como se nao bastasse tanta que passam
so via ppv nas convesas de adrilles e marcos o resto nao da ta me fazendo mal aquelas cobras nao sabe fazer um elogio no sabado qd talita fez aquilo com mariza me senti mal pode ser fofoqeira chata mas é uma senhora essa talita é horrivel e o pior de tudo tanto pedidos para o diretor colocar paredao triplo com indicaçao e os dois mais votados ou indicçao com tct x tcn mas nada fez o diretor pelo menos causaria impacto nas cobras pq estao muito tranquilas sairia do obvio mas nada ele fez e pensar que saiu o marcos e ficar thamires cesar nao da se nada fizer o diretor e continuar essa mesmice esse bbb se encaminha pra tragedia do bbb 14

Anônimo disse...

Belo texto.
Adorei ter conhecido Marco, era meu favorito. Marco e Adrilles, são os caras desse BBB.

Abjs da Lilly

Unknown disse...

Agora o diretor do programa inventa o paredao triplo. Agora é tarde, meu filho. Perdemos um dos mais brilhantes que ja passou por essa casa.
Torço para que Adrilles segure as pontas sozinho la dentro. O resto é um poço de mediocridade.

vanny marques disse...

Eles deviam ter votado na Amanda/Panda. Teria dado empate e como ela não poderia desempatar por estar no paredão, iriam os três para o paredão, não é mesmo? esqueceram, que líder não tem imunidade... aquela idiota teria saído e o Marco ficado. Jogaram mal e acabaram com o programa, pois ouvir aquelas mulheres vazias é dose pra leão.

Marco Antonio Marcon disse...

Eva! A qualidade de suas crônicas me surpreenderam. Assumir uma escrita erudita envolta de linguagem pop é para poucos. Adrilles e eu conversamos muito sobre como desenvolver esta arte, para que todos os conhecimentos chegassem a todas as pessoas. Talvez aí está a resposta da pergunta o que nós fomos fazer no BBB. Eu popularizar a teologia, ele popularizar a poesia, ambos a filosofia. Teologia não se faz sem poesia, por esta razão a nossa amizade será para vida inteira. Quanto a você, querida Eva, tenho certeza que o Adrilles adorará conhecer seus escritos, quanto a mim você conseguiu encher os olhos de lágrima com esta magnífica homenagem. Muito obrigado e que Deus continue te abençoando! :)

Marco @teologiaBR

Zenobia Collares Moreira disse...

MARCO, que surpresa magnífica está sendo sua visita ao meu bloguinho. Se leu os outros comentários, deve ter percebido que a desolação pelo seu afastamento foi geral. Todos ganhavam escutando suas conversas, aprenderam e, quiçá, mudaram alguma coisa em suas vidas. Sabe, Marco, no fundo tinha uma certa culpa por manter um blog que se ocupava em comentar o Big Brother Brasil, porque parecia um tremenda contradição uma pessoa que já foi professora de literatura, que ama os livros e a poesia, possa apreciar algo tão sem substância como um reality show. Depois que vi você e Adrilles participando do BBB15, passei a me sentir melhor. Se tenho outros blogs dedicados à literatura ( são vários) devo absolver-me desse pecadilho. Um grande abraço, fraterno e amigo.