15 de janeiro de 2015

Eis os incríveis participantes do BBB 15.


A décima quinta edição do Big Brother Brasil está chegando e com isso todos os fanáticos pelo reality show, além dos viciados e simpatizantes estão curiosos para saber quem serão os sortudos participantes que enfrentarão a jornada em busca do prêmio milionário. 
Os participantes do BBB15 foram escolhidos a dedo.  Bem que Boninho cumpriu o prometido: todos os Brothers e sisters são bem diversificados, gente boa, "linda' e carismática mais que demais. 
Sem sombra de dúvidas, os participantes do BBB15. São bem diversificados, gente comum, sem a costumeira profusão de siliconas  e de saradões baladeiros. De fato, parecem ser pessoas comuns, como as que vemos nas ruas. 
O timaço é fora de série. Garanto que nunca antes na história do BBB, foi visto um grupo de pessoas tão especiais... Hehehehehehehehe! Estou emocionada!
Este ano, não sei por qual milagre, o índice de beleza por metro quadrado na casa mais vigiada do Brasil despencou consideravelmente. Para que nem tudo seja perdido, ainda temos pelo menos um com potencial de ser belo. Apenas um. Pena que as fotos não dêm sequer para captar quem seria esta bela "avis rara". Veja que belezuras! Kkkkkkkkkkkkkk.


                               Que  bochechas mais cut,cut...

Simpatizei com a morena! Gostei do corte do cabelo...

O topete é fenomenal, o narizinho é um mimo.

Sorriso encantador, irresistível!

Nariz magnífico... Lindja!

Parece uma deusa egipcia!

A zoiuda, com o riso do Coringa, é o máximo!

Mariza não aparenta ter 51 anos...

                            Rafael é uma gracinha. Fofíssimo!

Segundo assegura Bial, a produção do Big Brother Brasil vem buscando empenhadamente inovações interessantes para a próxima edição, tendo em vista o fracasso retumbante da edição anterior, quiçá devido ao baixíssimo nível moral que norteou o programa, levando muitíssimos assinantes do PPV a suspenderem o contrato, além de patrocinadores mal satisfeito por ter o nome das suas marcas relacionadas à vulgaridade e ao modelito solft-pornô que caracterizou o reality. 
Se não mudar os rumos abjetos que vinha caracterizando o BBB, desde a sétima edição, quando a super periguete escrachada Fani Pacheco lançou a moda da baixaria sexual no programa, fazendo das festas uma oportunidade para, de calcinhas brancas transparentes e suadas, dançar o Funk mostrando a xoxota, embebedando-se e dando vexames gritando que “queria dar”. Doidona por ter bebido todas, atacava Diego Alemão (apaixonado por Iris Stefanelli, a linda e recatada lourinha) despudoradamente. Boninho sabe que precisa promover uma repaginação severa do programa, sob pena de não ter mais condições de haver o BBB16, simplesmente devido ao repúdio do público mais conservador e pouco disposto a ver cenas dignas de filmes pornôs de quinta categoria. Ciente de que o desastroso rumo que havia tomado o BBB, a produção está buscando atrações novas, gente interessante, para não cair na mesmice indigesta que já não há quem suporte, e, consequentemente, escapar do ostracismo, da rejeição e do fracasso definitivo e irreversível do programa que já foi tão interessante e aprazível, um programa que a família podia assistir reunida, sem precisar tirar as crianças e os adolescentes da sala, para não testemunharem as cenas degradantes de sexo.
E os palavrões mais chulos. É louvável que o diretor Boninho esteja interessado em introduzir elementos novos, que venham a dar um tom diferente ao programa, como era nas quatro primeiras edições . O BBB era esperado e acompanhado com entusiasmo por milhões de brasileiros, era motivo para conversas e comentários nas rodinhas de amigos. 
Fala-se que elementos que vem se tornando padrão nos últimos anos talvez permaneçam como a possível participação de alguma personagem que seja vinculada à Rede Globo e que possa estar, consequentemente. promovendo o elenco da emissora. Não está descartada a possiblidade de que ex-participantes do BBB venham a ter a oportunidade de retornar a competição, escolhidos entre os que tiveram uma participação que agradou tanto ao público, por seu carisma, como revelou-se um elemento dinamisador do jogo..
Evidentemente, os participantes do Big Brother Brasil 15 deverão obedecer a um padrão, para assim formarem um time que consiga criar as relações e conflitos sociais próprios desse tipo de programa e conseguir, desse modo, destaque na mídia e junto aos telespectadores. 
Com a formação deste time diversificado que promete, a Globo conseguirá, decerto, um BBB cheio de conflitos e relacionamentos fortes. Ultimamente a presença de homossexuais, lésbicas e bi-sexuais é constante, passando uma ideia de reality show adaptado a esta época contemporânea, onde não existe mais espaço para preconceito. Todavia, esse tipo de participante, em razão dos exageros e das farsas que alguns geram para seduzirem a comunidade GLST e contarem com o apoio da mesma, cometeram abusos e verdadeiros espetáculos de “putaria” barata O BBB14 foi um fiasco fenomenal e perdeu a credibilidade justamente por causa das abjetas fraudes nos resultados das votações que levaram à vitória um falsa lésbica escandalosa, ardilosa, dissimulada e PHd em enganação.. 
Para o BBB 2015 esperamos participantes alto astral, dignos, com caráter e boa formação moral, que sejam apaixonantes, comoventes, inteligentes transparentes, como já tivemos nas edições anteriores. Estou dando um voto de confiança nas promessas de mudanças radicais de Boninho e Bial. 
Espero que, se Boninho pretende pôr ex-bbbs nesta edição, que não sejam as três velhas e indefecáveis, desgastadas e promíscuas comadres Maroca, Fani e Natália. Essas três tipas malfaladas e malvistas foram decepcionantes demais, nas duas edições mas quais particiaram, não agradaram nada, pareciam três malucas megalômanas, endo defenestradas sem dó e sem deixar saudades no público.



Nenhum comentário: