23 de abril de 2014

Foi dada a largada ao reality da Record



Aprendiz Celebridades teve uma essa estreia fraca, parecendo coisa improvisada, portanto desnecessária, especialmente a sua primeira parte que selecionou os três que cumpriram com menos eficiência a tarefa que lhes foram confiadas. Dessas três, uma foi eliminada do programa, após o cumprimento de mais três provas em presença de Justos e dos dois julgadores. Saiu  Alexia Deschamps.


Os restantes foram divididos em dois grupos, "NEXT" e "FÊNIX" que deverão desempenhar o papel de feirantes responsáveis por duas barracas na feira. Cada grupo tem um líder escolhidos em uma das provas.


 E o programa só começará para valer na quinta-feira, às 22h15  com a primeira atividade das equipes Fênix e Next.


20 de abril de 2014

A notória decadência das novelas da Globo.


Sempre tive uma preferência acentuada pelas novelas das 18hs da Rede Globo de Televisão, por serem muito leves, com toques de comédia, boas doses de romantismo, tramas interessantes, histórias de amor que envolviam sentimento, emoção, poeticidade e até aquela dose de sentimentalismo que nos levava a sofrer com as vicissitudes dos casais apaixonados e sorrir com os finais felizes, quase sempre coroados com uma bela festa de casamento. Quando não eram essas tramas românticas, eram comédias interessantes, cheias de peripécias que nos divertiam muito. Hoje, vejo-me lendo um livro ou no computador no horário que sempre foi ocupado pelos folhetins de autores excelestes, simplesmente porque não sou tão parva, tão sem noção para ficar perdendo meu precioso tempo com a palhaçada colorida sem nenhuma graça, mas com muito ridículo e chatice que denominam "Meu pedacinho de chão". Talvez mais apropriado para as crianças e adolescentes que estão vendo aquele nojo de novela, feita para ensinar-lhes como fazer sexo com fedelhos, beijar na boca e engravidar aos 14 anos, que passam às 17 hs com o significativo nome de "Malhação".
Ao fim e ao cabo, as novelas da Emissora Globo TV seguem pelo mesmo caminho tortuoso e reles do BBB14. Em todas do horário das 21hs há gays, quase sempre estereotipados, que nada acrescentavam à causa GLST, só contribuem para aumentar o preconceito.


Na novela anterior a que estão passando agora, resolveram levar a sério o assunto homossexualidade, que jamais deveria ser tratado como piada. Nesta, não havia nada que colidisse com meus códigos morais e com os da sociedade em geral, acredito. O casal gay masculino vivia uma história humaníssima, com muito amor, decência e cumplicidade. Mesmo o beijo no final da trama estava muito bem colocado dentro do contexto. Foi um gesto de carinho que deu um toque de sensibilidade e ternura à relação do casal que vivia uma relação estável e equilibrada, com filhos adotivos e uma bela história de superação por parte de um deles.

LEIA MAIS, clicando na frase abaixo

19 de abril de 2014

Justiça para Bernardo!


Acredito que todas as pessoas receberam a notícia do assassinato do menino Bernardo Boldrini com imensa consternação, revolta e muito MEDO. Pois, realmente dá medo viver em uma sociedade com a que estamos vivendo, dominada pela violência mais avassaladora. Que mundo é este que nós estamos enfrentando desamparados sem sabermos de onde vem o perigo, a facada ou o tiro que nos ceifará a vida? Quando teremos um Lider para colocar um freio e um basta nestes desmandos? Temos que fazer um abaixo assinado ou sei lá o que, mas alguma coisa urgente tem que ser feita, tem que acontecer... 
Olhamos as fotos dos pais de Bernardo e da amiga da madrasta e parecem pessoas comuns, incapazes de cometerem as barbaridades que cometeram contra uma criança indefesa, por pura ganância, sem dó, sem remorsos, sem compaixão. E o pior, parecem ter tirado a vida da mãe do menino há quatro anos, fazendo passar por suicídio o ocorrido. Pelo que tenho lido, o inquérito sobre este fato vai ser reaberto, a família materna o nós que acompanhamos perplexos temos o direito de saber a verdade e a morte do menino e da sua mãe (caso tenha sido assassinada) não podem ficar impunes, os responsáveis têm que ser punidos e devem ser pagar na cadeia pelos crimes praticados com requintes de crueldade. Vamos depositar nossa fé na Justiça, ainda temos pessoas idôneas e interessadas em fazer valer a Lei.

14 de abril de 2014

Acorda, Brasil! A Hora é esta!



As eleições presidenciais se aproximam, mas os alienados brasileiros só falam e em Copa do Mundo, só pensam em futebol, enquanto o país desce ladeira abaixo, com as finanças corroídas pela corrupção galopante, com a violência atingindo níveis altíssimos, aterrorizantes, e a inflação começando a solapar os nossos salários. Por mais que política seja um assunto, em nada atraente, não podemos mais fazer de conta que tudo vai bem em nosso país, quando, na verdade, nunca a situação dos brasileiros, especialmente os pobres, foi tão calamitosa.

A hora de reagir é agora. A luta para mudar o que está nos cobrindo de vergonha, de medo e de revolta deve ser de todos os brasileiros: adolescentes, mulheres, homens, idosos, civis, militares, pobres e ricos... Estamos caminhando para o abismo social: hospitais, escolas e sistemas prisionais sucateados, a violência urbana desafia a polícia, nunca se assassinou tantas pessoas nesse país, o tráfico e o consumo de drogas, os assaltos à mão armada, sequestros, estupros, tráfico de pessoas, inclusive crianças, prostituição infantil e outras misérias sociais provocam o pânico na população indefesa. A dignidade da nossa terra clama para que lutemos por transparência, por honestidade, por compostura, por mãos limpas e governo idôneo.
Estamos sendo espoliados, roubados ostensivamente e nada fazemos. Não sei se por covardia ou se por mera acomodação. Não entendo porque ainda estamos esperando para tomarmos uma atitude, para mostrar que não somos milhões de retardados, de otários ou medrosos. Há 50 anos uma atuante e corajosa juventude brasileira pintou a cara de verde e amarelo e partiu em passeata para as ruas, gritando por democracia, por eleições diretas imediatas, clamando pelo fim da ditadura militar. Da mesma forma que eles foram gritar pelas eleições “Diretas Já” e conseguiram mudanças irreversíveis na política do país, nós não deveríamos ter medo de ir para as ruas, para as redes sociais, exigir em altos brados os nossos direitos... É hora de pintarmos as caras com as cores da nossa bandeira e lutarmos com determinação e por todos os meios para vermos essa corja do PT bem longe do poder. É hora de darmos um basta ao obsceno enriquecimento à custa da fome e da miséria do povo, é hora de acabar com as mamatas como a Bolsa Familia prodigamente usada para obtenção de votos para manter a Presidência sob a tutela do PT... Eu só acreditaria no desinteresse de tirar vantagens e nessa súbita generosidade do governo petista pelos pobres e miseráveis, se estes fossem dispensados de votar.
 Acorda, Brasil! A Hora é esta!


13 de abril de 2014

Aprendiz Celebridade



A Rede Record está em fase de produção da décima temporada do Reality Show “Aprendiz Celebridades. A estreia está programada para o próximo dia 22 de abril do ano em curso.
Tendo como apresentador o empresário Roberto Justus, a atração desta vez não contará com profissionais anônimos disputando um contrato de emprego, e sim celebridades competindo pelo prêmio, o que será bem mais interessante. Justus terá ao seu lado colaborando nos trabalhos o consultor do SEBRAE Renato Santos que retornará como conselheiro ao lado do diretor de teatro Cacá Rosset. O público do programa será o terceiro conselheiro do apresentador, atuando através da internet.
O vencedor da temporada receberá um milhão de reais para si mesmo e uma quantia a ser definida para presentear uma instituição de caridade de sua preferência. A edição terá 24 episódios, exibidos às terças e quintas.
No programa de apresentação da nova edição Justus simulou a sala de eliminação do "Aprendiz" e cada um dos 15 famosos que vão participar tinha direito a uma pergunta ao apresentador. Maria Cândida quis saber de Justus "o grau de dificuldade em julgar pessoas que conhece pessoalmente". A candidata foi inconveniente e causou mal-estar quando deu continuidade ao seu comentário dizendo: "A Beth Szafir já declarou ser sua amiga pessoal...". Justus imediatamente interrompeu a pergunta e se defendeu. "A Beth Szafir não é minha amiga. Conheço todos vocês, mas não tenho relação pessoal. Aqui não tenho amigos que frequentam a minha casa, nada disso. Conhecer é completamente diferente, mas pretendo ser tão exigente quanto fui nos outros programas."

LEIA MAIS, clicando na frase abaixo