12 de dezembro de 2014

As fantasias de Pedro Bial acerca do BBB15!


Para quem acha que, depois de 14 edições do Big Brother Brasil, fica fácil descobrir o que vem pela frente, em sua décima quinta edição, está muito enganado, segundo a opinião de Pedro Bila! O apresentador entende que a cada ano o Big Brother Brasil se reinventa, e, claro, ele também. Até concordo que o programa se reinventa seguidamente, porém para ficar cada vez pior, mais ordinário e moralmente decadente. Quanto ao apresentador, não sei em que sentido acha que se reinventa kkkkkkkkk. 
O Gshow entrevistou Pedro Bial para saber a expectativa dele para o BBB15, que dizem terá algo de "debutante", de coisa nova. Claro que em tom de ironia e gozação. Todavia, o apresentador entrou no clima da irônica piada e saiu-se com essa pérola: “A minha expectativa para o BBB15 é a de uma adolescente que já pode botar um vestido longo com graça sem estar desajeitada”. Ai, que visão romântica sobre a capengante bagaça anual que, na edição de 1914 deu um show de depravação, baixaria e manipulação... Estou paga a grande obra Boninesca para 2015. 

O fato é que, empolgado com a próxima edição do reality, Bial adianta que esse ano a produção deu uma sacudida na maneira de selecionar, e está pintando um elenco surpreendente, de muita diversidade. E mais: o programa vai para um caminho mais radical de confinamento, com um mínimo de contato para deixar os participantes bem isolados. "Vai juntar a inocência dos primeiros Big Brothers com uma maturidade dos realizadores que somos hoje”, analisa Bial, que conclui: "Tenho certeza de que vai ser uma edição que vai surpreender muita gente". E nós, claro, vamos ficar de olho para dar aquela espiadinha... 
É mesmo muita fantasia de Bial... Surpreender? Será que ele acredita mesmo nisto? Acho que já surpreenderam sobejamente na edição anterior, pelo menos em termos de sordidez, enganação e vulgaridade... Decerto, vão pôr em primeiro plano um casal homo masculino...kkkkkkkkkkkkkkk.
Me engana, que eu gosto, Pedro Bial!




Nenhum comentário: