20 de outubro de 2014

O Novelão da Record...


Não parei de assistir essa edição medíocre de A Fazenda, apenas perdi o estímulo para escrever “nada sobre nada". Nada acontece que mereça perder meu tempo repetindo o mesmo do mesmo, ou seja: muitas brigas, agressões gratuitas, as mentiras de Brito Junior (não acredito mais em nada que Brito fala, a emissora prometeu 24: hrs ao vivo não passa nem 5 hr). Como acreditar no que dizem ou prometem? O que interessa a essa produção incompetente são os escandalosos bafões. Para isso é que entram no ar: para mostrar o que o ser humano tem de pior nessa edição barraco. Bafões e brigas, uma vez ou outra, bem que apimenta o jogo, mas repetir cenas tão deprimentes, de gente se engalfinhando a semana inteira cansa qualquer pessoa com o mínimo de bom gosto.

Enfim, Roy e sua cara insossa foram defenestradas pelo público, decerto, já de saco cheio com a chatice do fracassado e atrapalhado ex-menudo. Acredito que ele tenha problemas psicológicos, é notória a confusão no raciocínio dele, no inicio a dificuldade da língua maquiava suas trapalhadas, mas com tempo ficou mais visível o quanto era tolo, sem conteúdo, farsante no uso repetitivo da religiosidade. 
A própria vida pessoal dele já demonstra confusão de casos mal resolvidos, varias ex e filhos, parece que no primeiro desentendimento familiar, simplesmente larga tudo. É imaturo e recalcado. Ele usa a religião para tentar se afirmar sobre os demais, porém suas atitudes não correspondem ao que fala.

A Record está na mais ridícula bajulação com o sujeitinho sem sal e sem nenhum carisma. É convidado para dizer asneiras em quase todos os programas. Um porre absoluto bem típico da emissora. 

Ontem, resolvi assistir a edição. Meu São Benedito! Que nojeira medonha! As irmãs Pepê e Nenem são as maiores e mais ativas leva-e-traz dessa edição. Depois de uma longa conversa com Robson Caetano, na qual ele dava apoio a elas e alguns conselhos, as jararacas foram correndo para o celeiro e sentaram o pau no mesmo. Contaram toda a conversa e, achando pouco, falaram mal dele fartamente. Não gosto dessas duas megeras masculinizadas e falsas. As conversas de todos eram nojentas, somente fofocas, combinação de votos e maledicência, especialmente contra Robson Caetano. Ali ninguém tem um pingo de dignidade e zelo pela própria imagem, salvo Robson Caetano. Até Marlos e Débora estavam na fofocagem, combinando as maldadezinhas para aplicarem nos colegas que querem na roça.

Na verdade, A Fazenda nada mais é que uma medonha e enfadonha novela. Porque um reality show autêntico é exibido 24 horas, com diversas câmeras, como faz a Globcomo com o BigBrotherBrasil. Tudo o que a produção da Record disponibiliza aos que acompanham A Fazenda é a visão de uma única câmera, isso quando está ao vivo. O resto (os mais importantes acontecimentos) são devidamente editados e aí sim exibidos quando e como a emissora quer.

2 comentários:

Leandro disse...

Eu nao consigo assistir a esse programa. Primeiro por falta de um canal que exiba 24 horas; por dia o dia a dia dos participantes como é feito no BBB. Depois é essa constelação de famosos de araque, que ao meu ver, entram no programa com script definido do que fazer.
Por fim, vem o apresentador, figura sem um pingo de carisma. Mal vejo a hora da estreia do BBB15.

Jane disse...

Vc me entendeu pq não posto mais nada ?
Sinto saudades de ti ,lá...