5 de outubro de 2014

Em a Fazenda, expulsão só em caso de assassinato...

Uma pessoa minha amiga tinha toda razão quando disse que “O Diego é uma das "coisas" mais maléficas deste jogo. Ele é doentio!!” Mas não é somente esse troglodita mal educado que é doentio e que protagoniza a violência verbal, o insulto e o desrespeito em A Fazenda. Tão maléfico, nocivo e doente quanto ele é o gay mal resolvido Felipeh. Esse chega a ser nojento em sua corrosiva maledicência injuriosa, na língua solta na verbalização de ataques humilhantes contra pessoas que nenhum mal lhes fez, deixando- as com a autoestima destruída (ele é um clone perfeito do personagem Téo, o virulento gay blogueiro da novela Império, da Globo).
Só não entendo porque a Produção ainda não aplicou uma severíssima punição nesses dois pulhas recalcados e metidos a valentões. 
Por muito menos do que Diego já fez contra os colegas, numa edição anterior, uma participante foi expulsa por ter dado um tapa no ombro de outro participante, durante um jogo de bola na piscina. A peoa que cometeu o delito sequer era uma pessoa briguenta ou violenta, tampouco deu o tapa no ombro do cara por ódio, apenas por ter interpretado erroneamente o movimento brusco dele para tomar a bola que ela segurava, sem nenhuma intenção de boliná-la ou ser grosseiro. Nessa mesma edição um peão quase foi expulso porque dizia palavrões com as cabras, gritava com elas e as empurrava. Isto foi considerado agressão com os animais. A coisa fedeu. Por pouco o jovem escapou de ser posto para fora.
Agora o que se vê, desde a edição anterior, é a prevalecência da brutalidade, são a prática permitida da grosseria, das agressões mais estúpidas, do palavreado de baixo calão com as mulheres, as ameaças de mulheres de darem na cara dos seus desafetos, a expressão da humilhação mais canalha contra as irmãs negras e contra Cristina Mortagua ou contra qualquer um que o desagrade.
A Festa Cordel, na noite desta sexta-feira (3), terminou em brigas e agressões, que a edição do programa tratou de não mostrar, chegando a suspender a transmissão ao vivo para abafar o quebra-pau. O que se ficou sabendo foi pelos comentários dos participantes que testemunharam a canalhice. Diego Cristo, Roy e DH, protagonizaram um novo barraco. Tudo começou quando os confinados começaram a se retirar para o quarto, Marlos se deitou em uma cama e Diego, brincando, se jogou em cima do amigo, provocando nele uma torção muscular na região do pescoço. O peão começou a reclamar de muita dor. Roy Rosselló tomou as dores de Marlos e foi defender o colega. Diego xingou grosseiramente o cantor, e com a bota, pisou propositadamente no pé dele, deixando-o bem machucado. As coisas não ficaram mais graves, porque a briga foi apartada por Robson Caetano. Este, por sua vez, pediu a todos para deixarem Marlos respirar porque estava com muita dor. Imediatamente o ator foi levado à despensa, acompanhado por Cristina Mortágua e Andreia Sorvetão, onde foi atendido por um médico. 
DH também entrou na discussão para defender Roy e Diego começou a discutir com o vocalista da banda Cine colocando sua testa na cabeça dele. A Record não mostrou a briga. Na transmissão pela internet estavam sendo exibidas imagens do Celeiro onde apareciam Heloísa e Babi Rossi. Quando a transmissão voltou a mostrar a sede, DH xingava Diego. Para Lorena Bueri, que estava na sala, Diego se explicou. “O Roy é um mentiroso e eu estou preocupado com o Marlos. Ele está no médico. Eles fazem joguinho. Estão falando que eu bati na cabeça nele [DH]. Querem me provocar. Eu nunca bati nem em homem. Cheguei perto, mas não encostei em ninguém. Falar no ouvido dele é bater? Rodrigo [Carelli], estou aqui à sua disposição”, bradou ele ao diretor do programa que, segundo o ator, é seu amigo pessoal.
No quarto, Roy usava uma bolsa de gelo e reclamava de dor no pé. Segundo o cantor, a pisada que levou de Diego foi intencional. Brunninha chegou a questionar se essa atitude não seria considerada agressão e DH respondeu que sim. O blog "Portal 4" recebeu informações ao longo da madrugada, entrou em contato com a produção do reality-show. Segundo informações conseguidas com exclusividade: A produção do programa está analisando a briga e um parecer deve ser emitido ao longo do dia ou na edição exibida neste sábado, logo após o ”Programa da Sabrina”.
Nada foi dito ou feito sobre as agressões do desvairado, deixando dois colegas machucados. Se isto não é motivo para expulsão... Certamente só se fosse uma facada ou coisa pior. Mas, Diego é amigo do peito de Carelli, né? Então, pode tudo. É o poderoso dentro do reality e, quem sabe, o escolhido do chefão para levar os dois milhões. Que decadência desse reality de merda! Uma vergonha! Canalhice pura!

Nenhum comentário: