5 de julho de 2014

Chega de violência nos jogos da Copa!


É uma vergonha para o esporte a violência que está ocorrendo dentro dos estádios de futebol. Primeiro foi a mordida do pit bull Soares no ombro de um adversário. Atitude incompreensível de um adulto infantilizado e mau caráter. Claro que recebeu a devida e rigorosa punição. Agora a vítima foi Neymar Jr, lesionado na coluna por uma joelhada premeditada do canalha Zúninga da Colômbia. O calhorda estava junto de Neymar, esperando a oportunidade de atingi-lo, pelas costas com um golpe certeiro que nada teve com tentativa de posse de bola. As filmagens da cena comprovam o dolo a ação, a intencionalidade maldosa de derrubar o jogador brasileiro. Até agora a FIFA não se pronunciou, não puniu o agressor, apesar da notícia já percorrer os principais jornais e noticiário do mundo. Será que uma coluna seriamente lesionada é menos grave que uma mordida? 

O choro do jogador dava a dimensão da dor que sentia, não era à toa. Neymar sofreu uma fratura na terceira vértebra lombar após sofrer uma joelhada do colombiano Zúñiga, nas costas, pouco antes do final do segundo tempo, e está fora da Copa do Mundo. O jogo terminou com vitória do Brasil, por 2 a 1, e classificação para a semifinal, mas ficar sem o jogador para o restante do Mundial é uma grande decepção para a equipe e o para torcedor brasileiro. Especialmente devido a exagerada supervalorização do jogador que, afinal de contas, não estava jogando nada. Neymar é o típico produto da midia e dos histerismos bajulatórios do babacão insuportável Galvão Bueno. Se resolveram fazer dele a pilastra da seleção, se resolveram não valorizar jogadores bem mais ativos em campo que ele, então que aguentem as consequências. Quem sabe vão dar a David Luís, a Hulk e a Júlio César o valor que tem demonstrado nessa copa. O grande e tão badalado jogo de Neymar não vi nessa copa. Em dois jogos na arena Castelão, o torcedor cearense não viu nenhum gol do famoso. 

Apesar do drama, o jogador segue com o grupo e vai usar uma cinta. A primeira previsão seria de quatro a seis semanas necessárias para a recuperação. No entanto, ainda há a necessidade de se verificar todos os resultados dos exames feitos pelo camisa 10, que deixou o hospital por volta das 21h28 (de Brasília) e seguiu para a Base Aérea, de onde voa normalmente com a delegação para o Rio de Janeiro. Ele seguirá com a equipe na Granja Comary. Essa é a chance para a seleção mostrar que Neymar não é a grande estrela que dizem os que o mitificam. Não ponho fé numa seleção que deposita na chuteira de um só jogador a sua força, a sua capacidade de vencer um jogo. O endeusamento de Neymar é uma injustiça com os demais jogadores, especialmente com David Luís, ao meu ver o CARA dessa seleção, e com Júlio César e sua garra! Uma seleção que depende unicamente de um jogador não merece ganhar uma copa.
Neymar vai deixar a concentração depois do almoço. Irá para a casa dos familiares para se recuperar. Desejo-lhe uma rápida recuperação. 

JUSTIÇA PARA NEYMAR! PUNIÇÂO PARA O CANALHA Zúninga!

Um comentário:

Anônimo disse...

Nada acontece por acaso.Vamos valorizar os outros,porque um time nao se faz sozinho.Fato! Sonia Ramos RJ parabens qrd,te admiro muuuito...