21 de julho de 2014

A insustentável leveza de uma farsa.

A dupla de falsas lésbicas contratadas pela produção do BBB14 para fazer descer goela abaixo das pessoas conservadoras a relação sebosa, forçada e mal representada das descaradas Clarinha e Vanessa, até que enganou os mais ingênuos, as adolescentes deslumbradas com pegações entre mulheres. A mim nunca enganou, tampouco enganou às lésbicas e gays entendidos no babado, como Tammy que esculachou com a farsa das duas. O fato é que a dupla farsante não encontrou fora da casa do BBB14 o sucesso que pensavam ter na mídia. Coitadinhas, os minutinhos de fama foram fugazes e desbotados. A PlayBoy ignorou as duas, as revistas de TV não dedicou nem uma capa às "namoradas apaixonadas". Clara ficou com o filho, mas sem o marido, sem emprego e sem grana. A namoradinha milionária tentou continuar com o falso romance, hospedou a loura espertinha na casa da mãe por algum tempo. Depois de pouco tempo, nenhuma notícia aparecia na mídia sobre as duas. Haviam caído no esquecimento em tempo record.

Fiquei sabendo sobre a situação das duas no programa de Bial "Na Moral". É espantoso! Vanessa deu um fora em Clara por e-mail. Despachou a loura na maior cara de pau... Um simples e-mail deu um chega para lá na amada...Hehehehehehehe. Parece uma piada! A milionária tratou de se livrar da parceira na farsa lésbica. Usou a loura depravada em proveito próprio e, quando esta já não era útil, não perdeu tempo em mandá-la pastar. 
Clara trabalha como DJ numa boate gay. Não lucrou nada com o teatrinho no BBB14. Saiu tão pobre quanto entrou, não conseguiu nem uma revista que a quisesse para capa, nem o Paparazzo perdeu tempo com ela. O marido estelionatário, procurado pela polícia européia, sumiu. Vanessa e Clara já se conheciam antes de entrarem na casa do confinamento. A vencedora do programa não se inscreveu, foi convidada para participar pela produção, na qual tem amigos. Seu script era exatamente o que ela pôs em prática... Foi ela quem tomou a iniciativa das pegações com Clara. Esta tem um rico histórico de sacanagem virtual, atuando, em Las Vegas, como garota de programas pornográficos virtuais, usando vários pseudônimos. Essas duas foram escolhidas a dedo, justamente para reforçar a campanha da Globo em prol da causa gay, do estímulo aos relacionamentos homossexuais de ambos os sexos, tal como vem sendo feito nas novelas. 
Na novela que começa hoje - Império - vão por em cena um casal gay, com beijos na boca, amassos e ridículas historinha de amor, tal como vimos entre Clara e Marina, entre Felix e Carneirinho. Quem tiver estômago que aguente ver o ator José Maia desmunhecando e de caso com outro homem...  

Nenhum comentário: