9 de dezembro de 2013

Valdirene: propaganda do BBB ou mera crítica?



Até acredito que haja alguma intenção por parte do autor da novela Amor à Vida de fazer propaganda do Big Brother Brasil, quiçá a pedido da produção do programa, amedrontadíssima com a ameaça de um terceiro fracasso consecutivo do já desgastado modelo do reality show e da má condução do mesmo por Bial e pelo diretor desnorteado. Todavia, decodifico a mensagem de Waldir Carrasco como 20% de propaganda e 80% de crítica ferina e irônica ao programa. 
Valdirene tem o perfil bem semelhante ao da maioria das periguetes que empestearam a atração, desde o BBB7, no qual entrou a super escandalosa periguete Fani, lançando a moda da baixaria sexual, do desbocamento, da vulgaridade, dos barracos e das bebedeiras alopradas nas festas. A tagarela personagem lembra enormemente a Anamara, a medonha gralha barraqueira que tive de aturar em duas edições do programa. Como Anamara, Valdirene fala, fala, fala, diz montes de asneiras, cultiva o autoelogio, sem se dar conta da figura ridícula e tosca que é. Palrear é o que importa às duas. 
Valdirene é destituída de conteúdo, de vida interior. Ela é vazia, superficial e fútil como costuma ser a mulherada que participa do programa (com raríssimas exceções). O único objetivo que tem em sua vidinha medíocre é subir na vida, ficar rica e famosa, ter os holofotes da fama sobre sua insignificante pessoa, uma suburbana sem horizontes, tola e que se acha a última bolacha do pacote. Para conseguir tal façanha, a personagem mente, trapaceia, arma truques e não se submete a limites. Além de tudo, Valdirene não pensa, não sabe pensar. Portanto, tem todos os pré-requisitos para entrar no BBB14, como expressão máxima da burrice curvilínea no cenário da bagaça que diverte a uns e enoja a outros. A periguete Valdirene topa tudo para conseguir entrar no BBB14, ela não mede esforços , faz de tudo, comete desatinos. Ao fim e ao cabo a impressão que ela passa é a de que o reality show não é para gente inteligente. Como propaganda do programa não me convence, não acredito que convença a ninguém. Em contrapartida, como crítica é excelente, faz o retrato mais caricata da maioria das doidivanas que participam da pseudo-atração.


6 de dezembro de 2013

O BBB14 vem repaginado e com inovações

A décima quarta temporada do reality global será lançada em 14 de janeiro do ano que vem, deverá ter sua estreia e horários mais avançados que as edições anteriores.
A produção, o "BBB 14" segue avançando a todo vapor. Apesar do núcleo do programa pertencer a Boninho, este delegou muitas tarefas para as equipes que escalou e que desenvolvem trabalhos paralelos, inclusive os que se referem à seleção de participantes. Atualmente, Boninho vem se dedicando ao "The Voice Brasil".
O sigilo sobre os selecionados está sendo radical. Não se sabe sequer se, realmente, entrarão ex-participantes. A eliminação de todos os veteranos no BBB13 foi o claríssimo recado do público para Boninho sobre a desaprovação da novidade sem interesse. Se ele quiser insistir em paparicar as periguetes que tanto aprecia e ex-campeões boçalóide tipo Max Porto, adoraremos mandá-los para a rua, como muito bem fizemos com os seis indigestos da edição do ano em curso.


4 de dezembro de 2013

O que esperar do BBB14?


O Big Brother Brasil 14 já está sendo montado. As inscrições para participantes foram encerradas. Portanto, os dados estão jogados... Vamos aguardar para ver quem serão os felizardos da nova temporada que deverá ter início no dia 14 de janeiro/2014. Segundo informações que chegaram a mim, Bonifácio (Boninho) vai ficar apenas orientando a condução do reality global, passando a linha de frente para outras pessoas mais jovens. Não acredito que esta turminha, discípula de Bonis, venha a acrescentar nada de bom ao que já está ruim demais há muito tempo, devido à insânia da vaidosa e arrogante dupla Bial/Bones. Desde o BBB11, o programa vem rolando numa vertiginosa queda na qualidade, em todos os sentidos, notadamente na escolha dos participantes. Há muito tempo não se vê no BBB jogadores assumidos, dispostos a jogar com inteligência, habilidade e atitude. Não. Isso é coisa do passado que teve em Dourado seu último representante e na edição em que este participou a última a empolgar o público
Decerto, vão incluir no elenco uma meia dúzia de ex-BBBs, apesar do fracasso da tentativa feita na edição 2013, empurrando goela abaixo dos telespectadores seis ex-participantes, dentre os quais somente dois tinha condições de retornar: Bambam e Domini. Mesmo assim, o querido Domini já não era o mesmo, envelhecera, perdera a garra de excelente jogador que mostrara na terceira edição do programa. Os outros quatro eram o que havia de pior na história do programa. Yuri nem merece comentários, nunca vi tanta boçalidade e empáfia concentradas em um só inexpressivo ser humano. Quando as três mulheres, escaladas do time das queridinhas de Bonis e Bial só deram vexames. Maroca promovendo barracos lastimáveis e cenas de teatrinho reles para aparecer e se impor como a vencedora inconteste, desde a primeira semana. Uma gralha incômoda, soberba e sem respeito com o público. As outras duas: Fani e Nathalia centralizaram espetáculos deprimentes de bebedeiras, baixarias sexuais sórdidas e bajulação rasteira derivadas do medo de serem indicadas ao paredão.
Fani Pacheco, depois do insucesso da tentativa no BBB7, no qual lançou a moda da baixaria sexual do programa, mesmo não passando de mera coadjuvante da dupla que encantou o país (Alemão e Siri) a insana criatura ainda acalentava a risível pretensão de retornar ao programa e virar protagonista e a incontestável campeã da edição. Fani protagonista... hahahahahahaha! Só mesmo na exuberante e fantasiosa imaginação dessa delirante. Fani sempre foi e será uma grande piada! A mulher não tem carisma, embarangou, estava gorda e pesadona, doidaça como sempre e mantendo uma relação estranhíssima com Nathalia e Maroca, com as quais tentava passar uma imagem de bissexual. O resultado da lastimável passagem das três afilhadinhas de Bonis e queridinhas de Bial pelo BBB13 foi a constatação de que nunca passaram de insignificantes coadjuvantes, gravitando na sombra dos demais, porque nenhuma tem personalidade marcante, tampouco a irresistibilidade dos carismáticos e inteligência para protagonizar coisa nenhuma na TV. Maroca teve um arremedo de programa, bancado por ela mesma, que foi um fiasco. Nathalia tinha um outro de pura futilidade e fofocalhadas sociais e a super fanha Fani estrelou programinhas reles, de mau gosto, eróticos ou de sexo explícito, que é só o que ela sabe fazer! Todas atuaram em Tvs secundárias, sem expressão no ranque das grandes emissoras. As três foram defenestradas em paredões homéricos, para alegria dos milhões de votantes que abominavam suas presenças execráveis no programa. 
O gratificante para quem teve de suportar a presença dessas três barangas decadentes no BBB13 é a certeza de que estamos livres delas para sempre. Vade retro! 
Aí, Bonifácio, será que aprendeu a lição? Gostou de ver Fani Fanha sair reclamando e falando mal da produção? Gostou de vê-la se sentindo injustiçada por não ter sido a campeã, por culpa sua que não permitiu que ela ingerisse remédios tarja preta no confinamento? Aprendeu que o BBB não é lugar para gente com problemas psiquiátricos? Se aprendeu vê se escolhe melhor as ex-participantes que entrarão no BBB14. Pelos boatos que rolam na net, as candidatas são tão abomináveis quanto foram as três véias que encheram nossas paciências no BBB13. Será que pretende mesmo escalar Monique Amim, a depravada que provocou a expulsão do cara com quem deitou, rolou e gostou, a mesma que corria atrás do coitado Jonas com a perereca em chamas, a barraqueira e espetaculosa que o público eliminou no primeiro paredão que teve, depois de evitá-lo se fazendo de coitadinha... Será que vai mesmo chamar Renatina Surfistinha e Laisa fogosa que nada acrescentaram ao programa, a não ser as cenas de sexo ao vivo e a cores... Espero que estejamos livres de Priscila, a coleguinha de Fani nas séries solft-pornô que protagonizaram no Multishow. Esta já tem dois filhos, embarangou e se não fosse o esforço homérico que faz para se mostrar no Instagram e junto a um coleguinha da EGO, já teria caído no limbo do esquecimento total. Maria Melilo está fora de cogitações, não tem mais saúde para encarar o confinamento, depois de uma cirurgia para a retirada de um câncer no fígado. Desejo que fique totalmente curada e vá curtir a vida longe do BBB. 
Se a produção quer trazer de volta ex-participantes, que escolha com inteligência. Já viram que o público não aprovou os seis escalados para a edição anterior. De qualquer forma não creio que nenhum venha a fazer o sucesso que fez Marcelo Dourado. Portanto, que venham novas pessoas, interessantes, inteligentes, dispostas a brigar pelo prêmio, jogadores decentes, éticos e com grandes habilidades em suas estratégias. Só assim teremos um programa atraente, empolgante, capaz de mobilizar um grande público. 

Para mim, os melhores ex-BBBs são os que somem após o programa, os que não ficam como ostras agarrados à fama ilusória e passageira do pós-BBB. Benditos os que compreendem que os holofotes não será para sempre. Que só os super carismáticos permanecem na mídia, os demais serão jogados na sombra do esquecimento.

3 de dezembro de 2013

A abominável vileza humana com animais...


Depois do clamoroso e asqueroso caso de tortura e maus tratos com os cães da raça beagle no Instituto Royal, em boa hora invadido por ativistas revoltados com o que se passava dentro do maldito lugar onde os animaizinhos estavam confinados como cobaias, outro caso de agressão contra animal foi divulgado pelas redes sociais e pela TV. Desta feita, o ato de crueldade foi perpetrado conta uma cadelinha denominada Pretinha, covardemente levada pela dona para uma avenida movimentada de São Paulo, onde a pôs fora do automóvel, na chuva, e partiu, indiferente ao destino do animalzinho.
A cena da cadelinha correndo ao lado do automóvel da bruxa asqueirosa que a abandonou foi de partir o coração. O desespero do animalzinho, ficando de pé junto a porta da desalmada proprietária, lutando para voltar ao carro. A mulher mudava de faixa, acelerava, sem que Pretinha desistisse de ser salva. Tal situação aflitiva foi filmada por um homem que viu tudo e resolveu documentar o fato execrável, até perder de vista a o carro e a cadelinha. A cadelinha foi encontrada distante 4 kilômetros do local onde foi jogada, acuada embaixo de um carro. 

Pretinha correndo atrás do caro da dona.
Denunciada à polícia e comprovado o crime com as imagens filmadas, a criminosa foi intimada a comparecer à delegacia onde prestou depoimento, mentiu desavergonhadamente acusando a cadelinha de ter tentado morder o filho dela (a cadelinha é mansinha e dócil), tentou se desculpar, mas não escapou da sentença de prestar serviços comunitários, escapando da cadeia por ser ré primária. Merecia cadeia, essa bandida que foi demitida, no dia seguinte, pelo dono da empresa onde trabalhava que não admite gentalha como ela em seus quadros. Muito bem! Eu faria o mesmo com gente ordinária como esta sujeitinha ruim.
Como existem muitas pessoas sensíveis, de coração bom e que ama os animais, Pretinha foi encontrada por uma família que a tirou da rua, com as patinhas bem machucadas devido à prolongada corrida em busca da piedade da demônia que a abandonou em condições tão adversas.

LEIA MAIS, clicando na frase abaixo



Ontem vi as cenas lindas dela com sua nova dona, banhada, com lacinho no pescoço, sendo atendida por um veterinário para tratar as marcas dos maus tratos. Pretinha agora se chama Vitória, ganhou caminha, brinquedos, comedouro e, mais que tudo, ganhou todo o amor que merece, mimos, carinho e a resgatou a sua dignidade.
A ex-proprietária quis rever a cadelinha para pedir perdão. O encontro foi facilitado. Aí o que se viu foi a dimensão da grandeza do animal ao reconhecer quem lhe fez tanto mal, correndo para ela, abando o rabinho, feliz com o reencontro. Não acredito no arrependimento da bruxa, o teatrinho da arrependida não me convenceu. Só fez a ceninha para as câmeras porque sabe que queimou o próprio filme perante milhões de pessoas que assistiram a sórdida cena que ela protagonizou, por pura maldade. Um motoqueiro acompanhou o carro, pedindo para a bruxa pegar de volta Pretinha, sem ser ouvido. Ainda foi caluniado pela mau caráter que o acusou de ser ameaçador. Foi desmentida na delegacia. O homem é um trabalhador que não suportou ver o que estava acontecendo e tentou ajudar a cadelinha. 
Se não queria a cadelinha, que a tivesse dado para outra pessoa. Até um morador de rua a teria amparado e dividido a pouca comida que tem. Cadeia é o que merece uma pessoa que comete crime de maus tratos contra animais. Se não fosse o senhor que filmou tudo, a cadelinha estaria abandonada nas ruas, faminta e sofrendo maus tratos.

Márcia Regina é o nome da coisa ruim que abandonou a cadelinha em meio aos carros de uma avenida movimentada de São Paulo.  

22 de outubro de 2013

Covardia e crueldade em nome da ciência!


Eu julgava que já perdera a capacidade de ficar perplexa, escandalizada e indignada com a vilania, a pusilaminidade e a intrínseca maldade do ser humano. Enganei-me! Enganei-me com o estômago revirado de tanto asco, de tanta ânsia de vômito. Enganei-me! Constatei meu engano ao assitir as cenas diabólicas propiciada pelo que foi mostrado pelos ativistas que invadiram e salvaram do inferno os quase duzentos cachorrinhos encarcerados em um instituto de pesquisa, onde carrascos desalmados e covardes que se auto denominam "cientistas" usavam os animaizinhos para suas experiências demoníacas de exacerbada crueldade, decerto inspiradas no modelo legado por Hitler e seus asseclas, nos campos de concentração nazistas.
Torturas sem explicações chocaram os que invadiram os canis e laboratórios para salvarem os cãezinhos. Encontraram cães com a língua cortada, com cortes nas patinhas, muitos com as unhas arrancadas, a pele raspada no dorso para experiência sabe-se lá com que tipo de material. Cães com o corpo cheios de tumorações, caroços espalhados pelo corpo, dentes quebrados ou limados. Todavia, o caso de maior crueldade dentre todos foi o do cão que tem os dentes caninos colados com uma cola grossa, ficando sem poder abrir a boca, bebendo com grande dificuldade e só conseguindo comer alimentos liquidificados, postos na boca do animalzinho.
Os cães nasciam no cativeiro, não tem nomes, não sabem o que é um afago, não conhecem nada além do cubículo infecto de fezes e urina onde nasciam e cresciam confinados.
Nunca pude imaginar que a crueldade de pessoas com curso superior pudesse chegar a tais extremos de covardia contra seres tão indefesos e dóceis com são os cães da raça baeguel (não sei a grafia do nome).
Esse caso ainda vai dar muito o que falar, porque os que salvaram os cães estão fazendo minucioso relatório, com fotos e vídeos, de tudo quanto acontecia no tal instituto. Veterinários voluntários estão examinando todos os animaizinhos, avaliando a inutilidade de tanta maldade.
Os responsáveis pelo Instituto tentam dar explicações que não convencem. Eu gostaria de saber que tipo de experiência científica poderá resultar da tortura de um cão com os caninos colados... Será a cura para o cancer? Ou será a cura para o mal de Parkinson? Bandidos de jalecos brancos, cambada de criminosos se fartando com a prática de sadismo com os bichinhos.
Infelizmente, no Brasil esses covardes nada sofrerão. Mas, acredito que a festança sádica com animais vai ter freios. Ainda quero acreditar que os que salvaram os cães maltratados consigam organizar uma grande passeata de protestos contra tanta desumanidade, falta de compaixão e de ética.


Nunca sento tanta indignação, revolta e vergonha de pertencer à raça humana!!!

5 de outubro de 2013

Dançarinos em nu frontal fazem o show...



A estreia da sétima temporada do programa "Amor & Sexo" que foi ao ar nesta quinta-feira (3) teve uma abertura com dançarinos em nu frontal. Tudo do jeitinho que o diabo gosta e a produção do programa mais ainda. Beleza! 

A apresentadora Fernanda Lima, com um belíssimo traje branco recoberto de pedrarias, entrou dançando "Folia no Matagal" cercada de dançarinos e dançarinas com ternos, que tiraram as roupas ao final da apresentação. 

Os jurados, que não sabiam que o nu frontal ocorreria, ficaram de queixo caído e o escritor Xico Sá chegou a brincar: "Estou chocado nada, na minha terra é assim". Pois é, Xico Sá, mas é este tipo de exibicionismo rasteiro o que a Globo quer impingir ao telespectador. O programa em si não acrescenta nada a ninguém, não pretende debater questões sexuais que venham a trazer algum esclarecimento ao público, mas faz muito bem a apologia da baixaria sexual. O que visa, então, senão estimular o gosto pela pornografia?... Pois, pois, afinal esta é a moral do terceiro milênio!  Que pobreza!!!

Esse tipo de exibicionismo só existe porque o ser humano insiste em usar roupas. Se todos andassem nus, tal tipo de sensacionalismo com a genitália de homens e mulheres não teria sentido, desapareceria. Andar nu no mundo civilizado seria tão natural o quanto é nas tribos indígenas. Afinal, nascemos nus. Todavia, enquanto não chega uma lei geral abolindo a roupa, o ser humano explora o proibido, curte chocar os desavisados... 

A nova temporada de "Amor & Sexo", que será a última do programa, contará com Fernanda Lima como redatora e cantora além de apresentadora.

30 de setembro de 2013

A realidade sórdida de A Fazenda 6!

A sórdida, reles e ordinaríssima baixaria que caracterizou a sexta edição de A Fazenda teve seu ponto alto na última semana do reality, culminando com o circo dos horrores que foi a tal festinha de despedida realizada no sábado, véspera do encerramento do programa. O pretexto para a festinha da hipocrisia era uma confraternização entre os já eliminados e os três finalistas. O que seria uma oportunidade para todos fazerem as pazes, apararem as arestas e se mostrarem civilizados, tornou-se, ao contrário disso, uma chance de trocarem ofensas, revelarem os podres dos desafetos, fofocarem maledicências que denigrissem especialmente as duas finalistas. Tudo à altura do elenco destituído de classe, educação, noção de respeito, de decência e moral. 
Andressa, com a ordinarice que lhe é peculiar, depois de ter provocado Bárbara com acusações pesadíssimas, resolveu fazer seu show de stripper. Dizendo que, se era bonito Bárbara e Mateus transarem no reality, em rede nacional, então fazer stripper era igualmente lindo e de bom gosto. Para susto e perplexidade de todos, a escandalosa criatura tirou o vestido, ficou completamente nua. Depois de caminhar nua pela área externa e pela sede, Andressa mergulhou na piscina e mostrou toda a sua ironia. "Parabéns, Brasil, você está de parabéns".  Os evangélicos devem ter adorado a cena educativa e de excelente exemplo para os jovens seguidores do Bispo Edir.
Nessa edição, mais do que nas anteriores, as baixarias mais nojentas e os barracos mais violentos e reles foram as tônicas que movimentaram as os dias na casa sede, transbordando para fora da fazenda e contaminando as torcidas fanatizadas pela cegueira. A forte rejeição pelos procedimentos pouco transparentes e inábeis da produção era notória nos blogs e redes sociais.
Apesar de já estarem na sexta edição de A Fazenda, a produção do reality ainda não amadureceu, é aflitivo o amadorismo rasteiro demonstrado na realização desse tipo de programa. É inadmissível a tolerância execrável a atitudes agressivas, buillyng, palavreado de baixo nível, pratica explícita de sexo frente as câmeras, na área externa da casa, pelo casal depravado Mateus/Bárbara. Isto numa emissora de evangélicos é de causar espanto! Santa hipocrisia!
A sexta edição de A Fazenda levou para a lama a reputação do reality. Quem conseguirá acompanhar uma próxima edição, sabendo de antemão que as manobras do diretor elege quem este deseja ver como vencedor? Que atrativo poderá ter um programa que deveria ser centrado nas escolhas do público, mas no qual este mesmo público é tratado como um grande otário? 
A cobertura ao vivo 24 horas não passou de um engodo nojento, provas manipuladas, evidentes sinais de proteção para a ganhadora, as edições super editadas, beneficiando ou prejudicando esse ou aquele participante. A rejeição à Denise Rocha por parte da produção e do seu porta-voz Brito Junior foi escandalosamente evidente. O que essa jovem sofreu no programa é uma vergonha! A crueldade do builling  contra ela chegou ao extremo nos últimos dias, por parte de um homem despeitado, ensandecido pelo ódio e pela impotência para amedrontá-la ou levá-la a bater o sino, pedindo para sair.
A Fazenda 6 primou pelo descarado desrespeito ao telespectador, ao internauta e a alguns participantes. Lastimável o primarismo e a incompetência da produção na seleção do elenco, mais ainda na condução bizarra do RS, além da forma enganosa como tratou o público que, a princípio, seria a principal autoridade no que tange a escolha, pelo voto, daqueles que seriam os legítimos merecedores de chegarem à final, bem como o vitorioso que levaria o prêmio milionário. Resultou das interferências indevidas da produção, incluindo o Sr. Brito Junior, a eliminação de pessoas mais merecedoras de estar na final e a classificação como finalistas de pessoas que não tinham nenhum mérito para lá estarem, como a vencedora e o Óliver. Este designado para estar na Final na primeira semana, sem que o público tivesse participado de tal privilégio. O resultado dessa escolha foi um desonroso terceiro lugar para o mastodonte, com baixíssima votação que bem expressou o quanto o público o rejeitou.
A festa final da entrega do prêmio ao vencedor/a foi de uma pobreza aflitiva. Deu para perceber que o reality ficou mesmo no prejuizo, que não faturou o que precisava e esperava. Nunca vi tanta pobreza na distribuição de prêmios durante os três meses. Os patrocinadores eram poucos e não dos mais fortes. Nem um artista para cantar na festa teve, contentaram-se com alguns músicos trazidos por Ivo Meireles. Nem fogos de artifícios... Uma pobreza! Hehehehehehe... O engraçado é ver Brito fazendo de conta que o reality foi um sucesso estupendo... Hehehehehe!

Que venha o BBB14, acredito que depois de ter aturado o nauseabundo e desajeitado Brito Junior, vou amar ver Bial... Pelo menos é um belo homem, inteligente, elegante, culto e com uma dinâmica de apresentação que faz toda a diferença.

20 de setembro de 2013

"A pouca vergonha corre solta na "Fazenda"


        
                                  Tem comparação estas duas? Daí, a inveja e perseguição. 


"A transa corre solta na "Fazenda" , sob a benção do Bispo, deixa até os técnicos da Record boquiabertos com a extensão da permissividade e shows de lascívia.
Pela primeira vez na história de A Fazenda, tiveram que chamar um ginecologista na "Fazenda", para atender Bárbara Evans, quem achava que engravidara de Matheus.
No primeiro momento suspeitou-se de uma gravidez, mencionada pelo casal bom de cama, que não se confirmou. Os exames, realizados com mais calma, apontaram para uma coisinha sem maior importância: Muita fudelância! Transa liberada e praticada até com o quarto cheio de gente, com todos os ruídos típicos de tal atividade.
Os funcionários que prestam serviços na fazenda asseguram que, em matéria de pegação, nunca se viu nada parecido no programa. A coisa está rolando solta.
Nem mesmo as câmeras, espalhadas por todos os lados da casa, causam qualquer tipo de inibição ou constrangimento. Os filmes da "Brasileirinhas" perdem fácil, fácil."

Leia a íntegra da coluna do Flávio Ricco


FONTE: http://televisao.uol.com.br/colunas/flavio-ricco/2013/09/19/a-transa-solta-na-fazenda-surpreende-os-tecnicos-da-record.htm"


Pela boataria que corre solta nas redes sociais já se sabe que Bárbara recebe recadinhos na despensa da sede, que já pediram à Monique o vestido que ela deverá usar na noite da vitória. 
Para que Denise, a favorita dom público ganhe este prêmio, será necessário um milagre ou a torcida se matando de tanto votarem. Mateus é mero coadjuvante de cama para a loura. Coitadinho! 
Esse programa é mesmo um nojo, puro lixo não reciclável: podre!


A ROÇA ESTÁ FORMADA. Desta vez, a Filé de Toucinho caiu na roça e será eliminada sem dó. Essa mulherzinha vulgar e feia nunca deveria ter entrado no programa: é baixa demais, sem nível e sem nada que justifique a sua presença, senão um afago na classe C e D. Afinal, ela agrada na periferia...

19 de setembro de 2013

VERGONHA ALHEIA!


Há horas na vida em que a vergonha alheia que nos esmaga é tão gigantesca que ficamos mudos... Sem palavras para expressar a nossa indignação.

O Juíz do Supremo que deu ganho de causa aos safados corruptos do Mensalão é uma vergonha para a Suprema Corte do Brasil.  O discurso do branquelão careca não me convenceu, não sou otária!  Apenas deu-me asco, nojo, desgosto, além de um imenso dó do meu país, agora, mais que nunca, atolado na pouca vergonha, no louvor à corrupção, na proteção aos bandidos de gravata, aos homens só niveláveis a lixo não reciclável, podre e fedido.

12 de setembro de 2013

Andressa Urach agride Denise com um tapa! Que bafão!

O veneno escorre pela boca siliconada da valentona!

Sei que estou vivendo em uma fase da história humana caracterizada pela decadência moral, pela pusilanimidade triunfante e pela falência absoluta dos princípios morais que asseguravam a permanência do respeito, da dignidade e da valorização da vida. Mesmo assim, ainda fico perplexa diante da capacidade das pessoas em se comportarem como pulhas selvagens, fazendo da canalhice um estilo de vida, tal como ao longo dos dias em que acompanhei "A Fazenda". Hare baba! Nunca vi tamanha concentração de gente de mau caráter, desprezível e covarde reunida em um programa de televisão. O que tenho visto ser feito contra Denise Rocha revoltou-me, deu-me um profundo asco, uma irreprimível repulsa, pois em seu conjunto tais ações equivalem a um coquetel molotove de lixo não reciclável, porque é matéria putefrata, fétida, podre.
E parece que não é somente a mim que a sujeirada incomoda e é execrada, pois a forma agressiva e estúpida como se comporta o atual elenco do reality vem afugentando os patrocinadores. Daí que, até agora, a "Fazenda 6" não conseguiu recuperar o que investiu no programa, está no negativo. Que fracasso hein?
Os acontecimentos tenebrosos na madrugada de hoje superaram as bandalheiras protagonizadas por alguns participantes, desde o início do malfadado reality. A grande protagonista de tais canalhices foi a desvairada Andressa Urach.


Conforme relata Beth no blog Reallytando,"Enquanto todos se divertiam na festa "Pecado Mortal", na madrugada desta quinta-feira (12), Andressa Urach, que passou boa parte da festa provocando Denise Rocha e Bárbara Evans, deu um forte tapa em Denise, que arremessou para longe a bebida que a peoa segurava em uma das mãos. Na ocasião, a Furacão da CPI dançava perto de Bárbara e Mateus Verdelho. A vice-Miss Bumbum, que estava na pista com Yani de Simone, se aproximou de Denise e ao passar por ela deu o golpe. Ignorando a agressão a advogada apenas riu da situação e continuou a dançar. Grande parte do público que acompanha o reality show considerou o ato como agressão física e na manhã desta quinta-feira, a hashtag #AndressaExpulsa liderava os trending topics do Twitter no Brasil.
Depois da festa, Andressa ainda atacou Bárbara Evans com uma série de ofensas enquanto a modelo usava o banheiro. Durante sua participação em "A Fazenda 6", Andressa Urach se envolveu em outro episódio polêmico que levou o público a questionar se a peoa deveria ser expulsa do reality show. Depois de uma festa, ela e o modelo Mateus Verdelho promoveram "uma guerra" de cuspes em uma discussão. Na ocasião, a assessoria da Record informou que não considera cuspe, mesmo sendo no rosto, como agressão física. Ainda segundo a empresa, a expulsão do participante só ocorre em caso de agressão física e que isso só ocorre quando há contato físico entre os participantes com a intenção de ferir. Como foi o caso da lutadora Duda Yankovich, em "A Fazenda 4", que foi a primeira participante expulsa por agressão da história. Tal agressão foi exatamente igual à sofrida por Denise (Duda dera um empurrão com a mão em um colega, durante um jogo de bola na piscina).
Mais tarde, Andressa provoca Bárbara, jogando-lhe na cara um suposto caso da Evans com Marcos Oliver – Bárbara, então, entrou no banheiro reservado. Enlouquecida, Andressa não desistiu das agressões e começou a gritar.
— Vomita sua nojenta. Sua ridícula. Porca, relxada, que não toma banho. Sua falsa, ridícula! Sua falsa! Não tem coragem de falar na minha cara. Vem querer falar de mim. Estou com nojo de ti. Abre essa boca para falar na minha cara. Andressa continuou gritando e se virou para Mateus, que estava deitado na cama.
— Ela vem me provocar e quer que eu fique quieta? Vem me provocar. Tu quer dar moral para ela. Tu tá quieto dormindo e ela vem me provocar. Depois, Andressa voltou a gritar com Bárbara, que continuava dentro do banheiro reservado e “jogou na cara” de Bárbara um suposto caso que a modelo teve com Marcos Oliver há muito tempo.
— Mostra que você quis dar para o Marcos Oliver e ele não quis te comer. Em seguida, Andressa gritou a Mateus, que estava deitado na cama, mas observando tudo, que não tem nada contra o DJ e pediu desculpas pelas vezes que entrou na sede durante a Festa Pecado Mortal para brigar com Bárbara. Neste momento, Bárbara Evans deixou o banheiro reservado e foi para a cama de casal, rebatendo as ofensas de Andressa, dizendo apenas.
— Ai, que gostoso. Ai, que gostoso! Andressa rebateu.
— Fica quieta se não tem o que falar. Bárbara saiu do banheiro e foi para embaixo do edredom ao lado do namorado. Os dois se cobriram até a cabeça. Bárbara tentou se levantar para reagir às ofensas de Andressa e Mateus não deixou. Andressa ficou chorando e começou uma conversa com Gominho, que conseguiu parar com os gritos da vice-miss bumbum."


Fonte: Blog reallytando. blogspot.com.br.



11 de setembro de 2013

Denise, a protagonista absoluta de A Fazenda!



Enquanto perdem tempo e energia mental para elaborarem armações para beneficiarem seus protegidinhos, pré-escolhidos para levarem o prêmio milionário, a sexta edição de A Fazenda transformou-se em um medonho pesadelo para a produção do programa, em termos de Ibope. Para tortura do orgulho e da empáfia dos incompetentes responsáveis pelo Reality, este está registrando a pior marca desde a estreia do programa, com apenas humilhantes 9 pontos de média na Grande São Paulo. Que vexame! Em comparação com a primeira edição, que atingiu a gloriosa marca de 15 pontos, esse baixíssimo Ibope significa uma queda de mais de 40% em audiência. É o fracasso, a falência e a desmoralização do projeto da Record, por pura incapacidade da equipe de produção para realizar um programa que exige competência, inteligência e muita criatividade, além de muitíssimo talento para escolher as pessoas certas para participarem do jogo.


O apresentador, apesar de ter melhorado um pouco e de ter corrigido seus cacoetes repetitivos, ainda deixa muito a desejar: é muito apagadinho, chatinho, um perfeito picolé de chuchu. O elenco de sub-celebridades selecionado decerto contribuiu muito para o fracasso da edição. A maioria nem sub celebridades são, além de serem absurdamente vulgares, sem classe, sem educação e sem carisma. Comuns em excesso, péssimos jogadores e, em alguns aspectos, bem nojentinhos. E o pior em um participante de reality: incapacidade total de lerem o jogo, de se posicionarem como jogadores talentosos e de usarem a inteligência para lograrem chegar à vitória nas roças e na final.
O libidinoso casal Bárbara Evans e Mateus Verdelho, apesar da proteção da produção e da batalha de Monique Evans para levar a filha ao prêmio milionário, inclusive com direito a um quadro no programa de Rodrigo Faro, no qual caça um namorado (que decadência a dessa senhora!), já despencou na preferência do público, quiçá decepcionado com o comportamento debochado e o linguajar reles da imatura e mimadinha ficante de Matheus. A preferência do público por Denise Rocha está bem clara nas quatro roças das quais foi salva pelo voto dos que preferem alguém com personalidade, autenticidade e alvo dos preconceitos e implicância de todos os participantes. Se não sabiam, agora já sabem que Denise é a favorita do publico. 
Concordo que Denise é de difícil convivência, mas não é nem um décimo do que foram Nicole Bahls e Joana nesse quesito. Na verdade, a implicância com ela começou desde o primeiro dia do programa. Yude, ao vê-la pela primeira vez, fez-lhe alusão debochada ao caso do vídeo e do consequente epíteto que lhe deram de Furacão da CPI. Talvez por ser nanico e feio pra caramba, o japinha complexado se sentiu diminuído diante daquele estardalhaço de loura. Bárbara, logo no primeiro dia fez deboche dos remédios controlados que ela toma. Claro que em ambos os casos Denise reagiu à altura. A partir de então a ex-assessora parlamentar tem sido excluída sistematicamente pelos companheiros. Até chegarem ao cúmulo da grosseria ontem à noite. Quando ela retornou à sede, depois de haver derrotado Yude.
Até o coração mais empedernido e a alma mais insensível devem ter ficado com dó e vergonha alheia ao ver a loira adentrar a sede feliz da vida por ter escapado da eliminação na última roça e ser absolutamente ignorada pelos colegas. Ninguém teve um gesto de gentileza, uma palavra educada, um simples parabéns. Tratararam-na como se fosse um lixo fétido e abominável, todos se julgando as melhores pessoas do mundo, as únicas merecedoras de estarem na disputa pelo prêmio milionário. Foi uma cena deplorável que bem deu conta do baixíssimo nível daquela gentalha sem traquejo social, sem a mínima noção de cortesia e generosidade. 
Estavam tão certos de que Denise seria defenestrada, conforme passaram o dia comentando, enquanto analisavam os defeitos execráveis da pessoa que abominam e na qual, em sua estreiteza de visão, não conseguem enxergar as muitas qualidades e virtudes que tem. Confundem temperamento, gênio forte e arrebatamento com caráter, personalidade, autenticidade, classe, e outros atributos morais relevantes que caracterizam a bela loura. Eles não enxergam, mas a parte do público que tem sensibilidade, inteligência e boa educação enxerga e valoriza. Por estarem cegos para o que é tão evidente: a adesão do público à Denise, ficaram perplexos, quase em estado catatônico, parecendo um magote de múmias mudas e de olhares perdidos no vazio, ao verem Denise retornar da roça. Eu vibrei, amei ver a cena da decepção geral, amei vê-los derrotados e perdidos no jogo, sem conseguirem entender os critérios do público. 
E é fato: num reality show, se de um lado o público não gosta de quem se faz de coitadinho, por outro lado não tem tolerância com que se acha no direito de espezinhar, humilhar, execrar e denegrir o outro. O público se apieda de quem é vitimizado, perseguido ou segregado. E é isto o que tem ocorrido de forma exagerada e cruel com Denise, especialmente depois que as pessoas que foram suas amigas na casa foram eliminadas. Tanto que ela já figura em terceiro lugar entre os recordistas de indicação à roça. 
Apesar de desfrutar de alguma popularidade, Mateus e Bárbara bem como Gominho correm o risco de serem suplantados pelo sofrimento de Denise, por sua solidão e pelo clima de animosidade que lhe propiciam. A loira, aliás, tem imensas possibilidades de tirar outras participantes de seu caminho – caso de Mulher Filé de Toucinho e Andressa Urach, que já se tornaram de uma aflitiva insignificância em termos de popularidade. Tudo pode acontecer daqui por diante em “A Fazenda”, inclusive muita manipulação de resultados por parte da produção. 
Não morro de amores por Denise, mas sinto um grande respeito e admiração por ela. Denise tem vida interior, tem um tumulto de sentimentos, dores e insegurança em ebulição na alma. Ainda não superou as dolorosas experiências que sofreu. Daí, muitas vezes perder o controle das suas emoções, soltando-as como uma manada de potros selvagens. Mesmo com a dificuldade de expressar seus sentimentos em rede nacional, apesar do esforço que faz para sobrepor-se à timidez que ameaça seu discurso, vejo em suas atitudes a presença viva de uma mulher que luta com FÉ para ter uma chance de resgatar sua vida, de reconstruir sua imagem, de conquistar sua independência financeira. Eu consigo ver nos belos olhos verdes dela a verdade, uma impetuosa verdade que pauta seus atos, palavras e atitudes. E acho que todos os que torcem por ela com o coração aberto, sem preconceitos e com muita compaixão, também conseguem enxergar isso. 
Matheus já está tentando correr atrás do prejuízo, tanto que pediu para a namorada desbocada parar de usar o reles repertório de palavrões e expressões chulas que usa e abusa, tal como faz a sua refinada mãe. O curioso é só agora ele ter corrigido o deplorável linguajar da ficante! Claro que tem o dedo da produção nessa mudança. Algum Ninja (eles estão sempre na fazenda, sem serem vistos por nós) deve ter dado o recadinho. Eles até comecaram a fingir tratarem bem a Denise. Ficaram chocados, não pela saida do Yude , mas por perceberem que Denise é a favorita do público.

A sobrevivência de Denise no reality show rural a cada roça tem deixado os confinados desesperados e com mais ódio da ex-assessora parlamentar. Depois de ser escolhida com 59% dos votos para permanecer na fazenda, o grupo não poupou críticas à Denise.
Assim que a peoa entrou na casa, logo depois da eliminação de Yudi Tamashiro, nenhum peão quis falar com ela. Mulher Filé chegou a chorar enquanto se perguntava por que o público preferiu eliminar Yudi Tamashiro, se era Denise que tinha graves problemas de relacionamento com os colegas de confinamento. Depois de muito se lamentar, a dançarina atribuiu a permanência de Denise ao fato de ela chorar toda vez que se desentende com algum peão.
"Eu não acredito nisso. Tem que ser o que? Semi-barraqueira? Porque nem barraqueira ela é. Não tem nem justificativa para quando ela briga. Eu não consigo entender porque eliminaram o Yudi", disparou Filé, enquanto soluçava. "Ela chora depois de provocar os outros. É muito fingida. Eu não consigo ser fingida assim! Ela é muito esperta. Tem muita coisa nessa treta".

Mesmo sendo ignorada pelo grupo logo que voltou à casa da sede, Denise vibrou e disse que acredita estar no caminho certo. "Não desacredita, não!", berrou, aconselhando a si mesma. "Eu não acredito que estou de volta, firme e forte. Não desacredita, não! Não desacredita, não!", repetiu.
Também procurando uma justificativa para a permanência de Denise, Andressa disse que a peoa tomou uma lição com os políticos brasileiros, já que trabalhava no Congresso Nacional.

"O governo está aí enganando as pessoas, fazendo as pessoas de otária. É a Denise em pessoa. Ela é exatamente assim", comparou Andressa, que também voltou a criticar Bárbara Evans. "Do jeito que a Bárbara é falsa, agora que a Denise voltou da roça, ela vai virar amissíssima da Denise. Ela é uma interesseira", criticou.
Como se vê, nas avaliações dos asnos inimigos de Denise, eles não enxergam nem de longe a verdade... Coitados!

4 de setembro de 2013

A FAZENDA É UM DESCARADO ENGODO.

Para mim, A Fazenda já deu o que tinha que dá. aliás quase nada que se aproveite. Portanto, não vou mais perder meu tempo com um programa que não me diverte, não me causa interesse e que não passa de um escandaloso engodo. 
Com a vitória forjada de Matheus nessa roça de hoje, não me resta mais dúvidas de que os vencedores já estão escolhidos, que mamãe Monique é quem está dando as cartas e os participantes que lá ainda estão não passam de um magote de retardados que não enxergam a mutretagem que está rolando. Coitados, não passam de meros figurantes para o casal vip. Ele um troglodita que não fala, apena faz uns grunidos quase inaudíveis, um carinha que parece não ter cursado sequer o ensino fundamental, tolo, fixado na aparência física e em uma boa fudelância. Excelente par para a loura insossa, burrinha, fútil e mimadinha..

Poderei voltar a comentar, se a descarada manipulação dos votos, a atuação de Monique dentro da emissora e a nítida proteção do sr. diretor pararem de fazer do programa o maior exemplo de falta de decoro, de vergonha e de seriedade.

As edições mal montadas também já me cansam. AS REPETIÇÕES DE COISAS ULTRAPASSADAS SÃO DE DÁ DÓ. 

UMA VERGONHA!  BRITO JUNIOR SE PRESTAR A UM PAPELÃO DE TÃO ÍNFIMA  QUALIDADE.

28 de agosto de 2013

Denise: Ela é a dona do jogo...


O ambiente pesado de animosidade, ódio, desrespeito, inveja e outros sintomas até mais graves e nocivos da deletéria doença que invadiu as almas pequenas dos participantes de A Fazenda, levando-os a agirem como agentes do mal, porta-vozes do Anjo das Trevas, tomando como alvo para os demoníacos ataques a única participante que não se deixa dominar, não admite seguir-lhe os exemplos infernais, recusando tê-los como modelos para a sua conduta.
Mas, o preço que a bela Furacão tem que pagar pela ousadia e coragem de ser ela mesma, seguindo seus próprios valores morais e princípios de conduta social. 
Mesmo se recusando seguir a cartilha amoral dos demais, Denise não tem como se livrar dos efeitos altamente nocivos da enormidade de energia negativa emanada pelos seus declarados inimigos dentro do jogo, cada um com mais fel, mais veneno e mais sentimentos corrosivos que os outros. 
É de meter medo em qualquer cristão que conheça os efeitos desarmonizadores e altamente nocivos das energias negativas geradas pelo ódio, pela maledicência, pela reverberação de insinuações criminosas de ordem moral para a alma humana. Se a pessoa está com a auto estima em baixa, com sintomas de estados depressivos ou ameaçada pelo medo, pela tristeza e pela rejeição, então os efeitos umbralinos de tais energias podem ser desastrosos. 
Denise está numa fazenda linda, rodeada por uma paisagem verdejante e belíssima, convivendo com animaizinhos e com o silêncio pacificador que emana dos elementos da Natureza. Todavia, ela está triste. Sofre o isolamento e a saudade dos seus amigos e familiares. Ninguém lhe dirige a palavra, simplesmente ignoram-na, tratam-na com desdém e despreso. 
O bulling (a intimidação, a injúria, a crítica maledicente, regulare e persistentee que atinge a integridade e a confiança da vítima é caracterizada como bullying).
O bulling com ela é o passatempo preferido de todos. A rejeição e o ódio são prodigalizados de forma cruel, por vezes debochada, e sempre enriquecido com alusões de ordem moral, especialmente quando resolvem lançar mão da velha questão do "video" da Furacão da CPI. Sabem que o assunto a fere e faz sofrer, mesmo assim, gozam e riem citando o conteúdo do tal vídeo. Se eu fosse repetir aqui a quantdiade e variedade de bullings que são diariamente despejados sobre Denise, precisaria de um espaço muito maior.
Se uma turba de mal amados e velhotas desocupados ficam nas redes sociais votando para que ela seja excluída na roça de hoje, não haveria espaço para caber todo o repertório de insultos reles, dignos da ralé que os profere, todos mortos de medo de que Denise volte vitoriosa da roça de hoje. Pois bem, a resposta para tanta maldade, baixaria dos moleques e crueldade mental contra uma mulher, será dada magnificamente pelo público votante desse meu imenso país, no qual a maioria dos homens e mulheres não são pulhas, canalhas, aleijões morais que dedicam seu tempo a ultrajarem, ferirem e desmoralizarem uma mulher que tem se comportado com caráter, dignidade, decoro e autenticidade. 

FICA DENISE! O PÚBLICO É JUSTO e NÃO APOIA BANDALHEIRAS , COVARDIA, MARACUTAIAS e PESEGUIÇÃO COLETIVA CONTRA UMA MULHER SOZINHA, QUE NADA FEZ PARA RECEBER TANTA MALDADE. 



Postado por EVA-RN


25 de agosto de 2013

25 de agosto de 2013

Um produto sob encomenda para o lixão!


A cada dia o nível de vilania pegajosa e desclassificada sobe mais de nível no programa A Fazenda 6, um arremedo mal acabado e caricata do Big Brother Brasil. Não bastasse as canalhices, as zombarias, os risinhos de mofa e toda sorte de humilhação e desrespeito para com Denise Rocha, agora até o apresentadorzinho medíocre, sem classe e completamente destituído de cavalheirismo, refinamento e educação, sem o mínimo senso de profissionalismo e compostura uniu-se à corja de desclassificados selecionados para a edição em causa, para praticarem bulling na bela participante em rede nacional, durante o andamento dos trabalhos para a formação da roça, tal como aconteceu hoje, enchendo-me de asco.
A atitude de todos com Denise foi reles, tão reles o quanto é esse reality preparado sob medidas para a classe D ou F, bem dignas do bom e refinado gosto da turma do extinto Carandiru.
Claro que a Record não é nenhuma Globo, com seu aparato de primeiro mundo, com uma produção que se esmera na qualidade dos produtos que oferece e com um alto nível de profissionalismo que não perde para as melhores emissoras do mundo. Todavia, não precisa descer tanto, como se estivessem produzindo um reality segundo o gosto da bandidagem do PCC, Comando Vermelho e congêneres.
O que se passou na roça de hoje excedeu em muito os limites da compostura, do bom gosto, para afundar no fétido lamaçal da pulhice, todos se comportando como canalhas, moleques, gentalha de quinta categoria. E tudo muito bem apoiado pelo senhor Brito Junior, inclusive com um legado da sua mediocridade, da sua falta de respeito por uma mulher que estava sendo destroçada moralmente, xingada, sendo alvo das chacotas de um bando de arremedo de homens da mais baixa categoria.
Um japonês baixotinho, cuja pior nanicagem é a mental e a moral, um sujeitinho sórdido que justificava seu voto contra Denise com um deboche vergonhoso, enquanto os demais gozavam na risota, no sarcasmo e nos comentários reles, a desconstrução que faziam da auto estima, do controle emocional e da dignidade da moça. Até os remédios controlados que ela necessita tomar foram evocados como motivos de xacota piadinhas de mal gosto acerca da sua sanidade mental. Insinuações levianas e maldosas eram ditas sem que o apresentados, conivente com a execração pública da jovem, tentasse coibir a os abusos.
O que é mais chocante e fora de propósito é, volto a dizer, a atitude do Sr. Brito Junior, um perfeito paspalho, sem moral perante a força demolidora dos ratos de esgoto que comanda com um talento de mestre.
Aplaudindo e concordando com o comentário perfeito que a inteligente e antenadíssima blogueira do Reallytando postou, ouso, mais uma vez, copiar trechos da sua lúcida e pertinente crítica a Brito Junior e à vergonha que nos deram como edição na noite deste sábado.
“Cínico, fraco, medíocre demais para merecer qualquer comentário favorável ou nosso respeito... ao narrar sobre A fazendeira, o apresentador Britto Jr., não se conteve e soltou a pérola límpida, clara, evidente do bullying, o que faltava para fechar o círculo da calhordice e a confirmação final de que ele não é um profissional capacitado para apresentar um programa competitivo, porque falta-lhe competência para ser imparcial e na posição dele a imparcialidade é fundamental, pois ela interfere nas reações dos confinados... Então, tirando do fundo do seu lamentável amadorismo, soltou que a fazendeira (Andressa) estava sendo testada em sua paciência ao falar com Denise. Pah! Bingo! O público está de olho e não é o mesmo que senta nos bancos para comprar entrada para o céu, é o público do mundo, que conhece as manhas da pilantragem, as quais, todos vocês em estado de santificação já abriram mão, mas nós não, estamos aqui, Denise está aqui, lutando com dignidade e valentia contra um monte de pilantras e contra uma emissora que lhe vira as costas e a põe em uma situação humilhante e em total desamparo! Exposta à ridicularia que os demais pupilos da calhordice que Brito prodigalizava à moça, com excruciante sadismo. Foi e está sendo cruel assistir esse massacre, está fazendo mal às pessoas, só crápulas da pior estirpe, são capazes de bater palmas e promover um espetáculo tão macabro e deprimente como foi o que assistimos hoje no programa da Fazenda. O apresentador, coitadinho, esse da pena, é um executivo que a Lu fez tremer, ao ponto dele se rasgar em elogios desnecessários e patéticos em sua eliminação e que hoje mal conseguiu disfarçar sua felicidade em ter o poder de pisar em Denise. Esta, de cabeça baixa, com o rosto nas mãos amargava o veneno que todos destilavam sobre ela.
A Record mostrou, no entanto, que ela não só compactua com o bullying e os crimes do art. 139 e 140 de nosso código penal, como deve ser imediatamente entregue essas fitas ao Ministério Público para providências imediatas. Espero que esses senhores, que se julgam os imperadores desse jogo, aqueles que ficam por trás, mas são chefes de família, consigam colocar suas cabeças no travesseiro e dormir em paz, porque deles será cobrado cada lágrima e cada ato covarde, humilhante e permissivo que essa moça vem passando.
Querer ou ter a pretenção de competir com a Rede Globo, chega a ser piada, motivo de colocar na roda e rir três dias sem parar, veja o nível do apresentador, só para começar e digo isso isenta de qualquer tietagem, porque não gosto dele, falo pela ótica profissional e pelo nível do chão que ele pisa. O BBB tem defeitos? Sim tem e tem muitos, mas existe uma coisa maior, aquela que faz da emissora a "poderosa" que é, tem olhos atentos, tem recuo, tem punição e tem DIREÇÃO. O diretor ouve os internautas interage no twitter e olha que estamos falando de um DIRETOR de peso e de competência comprovada.
Fato é que Denise está acuada, massacrada, porque se nega a fazer o jogo falso e sujo deles e em função disso, a emissora, que deveria intervir em casos graves como cuspe na cara, ameaça com cabo de vassoura, baldada de gelo, criminosa troca de medicação, etc... pela audiência é permissiva... Por muito menos já houve expulsão em A Fazenda, por causa de um leve empurrão ocorrido durante um jogo na piscina. 
Querem entregar o prêmio a Bàrbara mas existe um público enorme e cada vez mais crescente de Denise, então fica o paternalismo burro contra o certo, a vontade do público e a essa altura fazer manchetes para denegrir a imagem dela, só aumenta sua popularidade, porque o Brasil está mudando e não suporta ver injustiças e maracutaias. 
Fato, é que resta pouco tempo, mas Denise tem o direito de retratação e de ter sua imagem preservada e jamais, jamais comparada a esses marginais que a todo instante assassinam a nossa língua portuguesa e detonam todos os valores mínimos e básicos da decência .
Denise merece e deve ser respeitada e a emissora deve não protegê-la, mas preservá-la, esse é o papel de quem assume, mesmo temporariamente a tutela e se propõe a ser anfitriã.
Queremos e temos o direito de saber os números da porcentagem que levou Denise a roça, porque nos foi vendido a auditoria da BDO e também nos foi ocultado os números e isso teve dolo porque envolveu $, com gastos de SMS e telefonia, então, protegidos pelo PROCON temos o direito de saber a porcentagem a partir do momento que o brilhante apresentador afirmou, ao vivo, em rede nacional que a roça foi auditada pela BDO, então ou a Record, sai do pedestal e nos apresenta o que temos direito de fato, ou a BDO terá que fazer isso, mas nos devem uma satisfação sim.”

FONTE: http://reallytando.blogspot.com.br

Percebe-se claramente a ideia canhestra da preferência da produção por angariar audiência através da discórdia, dos comportamentos absurdos, da falta de compostura e dignidade. Dir-se-ia que nas mentes doentias dos realizadores o que dá audiência é a miséria humana, a selvageria, a predação e debacle dos valores morais e éticos. Se esses são os valores da sociedade moderna, eu gostaria de ter nascido na idade medieval. Pelo menos nesse tempo existia a galanteria dos cavaleiros e gentis-homens e a luta por ideais mais elevados da fé e das sociedades. Parece que de lá para cá não evoluímos socialmente nem um milímetro em todo esse tempo.
O programa Vale a pena ver Direito, reprisou todas as principais cenas de agressão, descompostura, troca escandalosa de insultos e desaforos que ocorrem diariamente na fazenda. Mostrou os canalhinhas combinando fazerem builling com Denise, exibiu a maledicência deslavada com a moça, por parte de Yudi (que sente um ódio doentio de Denise, a persegue e a fica denegrindo para todos.). Este afirma que Denise é homem, que se senta como homem, tem fala grossa e só tinha a duvida quanto aos órgãos genitais da moça, se teriam sido operados ou não. Isto é uma ignomínia, é caso para processo.
Se ela fosse minha filha, esse caso já estaria na justiça. Não queiram nivelar Denise à Bárbara. O caso é bem outro, pois a mini Evans é mesmo promíscua, grita aos quatro ventos que vai para a cama fazer nenê, com aquele ser das cavernas com quem ela faz sexo todas as noites, tardes e quando quiser. Denise tem caráter, não é uma ordinária, doida por sexo, seja lá como for. A diferença é que esta não é a escolhida pela produção para levar o prêmio.. O que não justifica a baixaria que corre solta na fazenda,
Como a dinâmica dessa semana foi diferente das anteriores, o vencedor da Prova da Chave não teve a missão de mandar ninguém para o celeiro. Afinal de contas, Denise Rocha e Yani de Simone já estão lá.
Agora resta saber o que tem dentro do baú desta vez, hein? Fique ligado e não perca o programa ao vivo deste domingo (25) para descobrir o segredo da Arca. Ali tem alguma safadeza, decerto contra Denise.
Ontem eles estavam falando da Denise como já virou rotina, dizendo que ela é porca, que sujava o banheiro, entre tantas outras barbaridades e a edição mostrou que é tudo mentira. Na hora mesmo em que eles estavam falando tudo isso a Denise estava dormindo.
A Bárbara chega ao ponto de mentir descaradamente sobre a Denise. Ela não se limita a aumentar as coisas, ela inventa e mente na cara dura. O Yudi passa 24 horas do dia difamando a Denise pela casa. O Beto e o Mateus a mesma coisa. O Óliver sempre que pode tb solta o veneno. Gominho nem comento, pq o que tem de gordo tem de falso duas caras. E enquanto todos eles falam da Denise por trás ela está tranquila no celeiro, dormindo, fazendo comida, cuidando das tarefas. Fico com muita raiva de ver como a Yane trata ela com frieza quando Denise sempre dá atenção e até cuida da outra. 
Em seu afã de obter audiência selecionam perfis de pessoas de quinta categoria ou sem nenhuma classe ou compostura para obterem audiência com barracos e baixarias. Depois ficam escamoteando cenas e censurando imagens para usar aos pedaços em edições de vídeo. Freqüentemente utilizam cenas e vídeos velhos para montar historinhas.
Percebe-se claramente a ideia canhestra da preferência da produção por angariar audiência através da discórdia, dos comportamentos absurdos, da falta de compostura e dignidade. Dir-se-ia que nas mentes doentias dos realizadores o que dá audiência é a miséria humana, a selvageria, a predação e debacle dos valores morais e éticos. Se esses são os valores da sociedade moderna, eu gostaria de ter nascido na idade medieval. Pelo menos nesse tempo existia a galanteria dos cavaleiros e gentis-homens e a luta por ideais mais elevados da fé e das sociedades. Parece que de lá para cá não evoluímos socialmente nem um milímetro em todo esse tempo.
Há momentos em que me dá vontade de deixar de comentar a fazenda. É reles demais. Minha formação moral , meus princípios, nada tem a ver com essa podridão moral e social que assisto todos os dias. Boa noite, até amanhã.

26 de junho de 2013

Criticando sem dó alguns peões e peoas... Ai, como estou malvada!...

O Furacão da CPI
Depois de fazer tantos e exagerados mistérios acerca dos participantes da sexta edição de A Fazenda, apresentam-nos os dezesseis escolhidos. E o que vemos é, com poucas exceções, um magote de pessoas que de celebridades nada têm. Alguns nem famosos podem ser considerados. No máximo são caricaturas de celebridades. Dentre elas, pontifica a mal falada desvairada denominada “Furacão da CPI” (além de outros furores). Esta loura de farmácia, clone de um mix do que há de piorzinho em Joana Prado, Nicole Bahls Theo Becker e Fani Pacheco, apesar da antipática chocante que exibe com ares de Rambo siliconado de saia, tem potencial para ir longe, se souber controlar os impulsos hiper agressivos, às vezes amedrontadores (o olhar pesado e feroz dessa mulher é de meter medo. Equilíbrio e moderação passou por longe da fera. Foi por nada que ela ficou conhecida como o “Furacão da CPI”. Brigou com Bárbara Evans logo no primeiro dia, ontem estava da faca para o fuzil com o indigesto Ivo Meireles. Todavia, no caso da briga com Bárbara Evans, ela teve certa dose de razão ao não gostar das provocações da garota ao jogar indiretas e fazer deboche com o fato da dominatrix tomar alguns “remedinhos”. Como a aloprada e descontrolada Fani, Denise Rocha perde as estribeiras se fazem referências aos seus pontos fracos. Como a moça tem muitos telhados de vidro, decerto teremos muitos conflitos dela com os demais participantes.

A dominatrix está fazendo sucesso e conquistando torcida na net , talvez porque foi atacada pela mesma antipatia que é praticamente unanimamente : o boçalóide Ivo Meireles. Mas, além da vida escandalosa, que faz ela na vida para merecer o rótulo de celebridade.
Na verdade, ninguém merece a maioria dos selecionados para esta fazenda 6 que de famosos nada têm, são zero celebridade e absolutamente destituídos de algum talento, de uma migalha de carisma, não passando de arremedos de sub-celebridades de quinta categoria. Qual talento possuem a mulher Filé, a ridícula Miss-Bunda, a escandalosa e bafônica Denise Rocha, a ultrapassada, fenecida e desgastada Rita Cadilack , a ex-panicat Aryane e a insossa, magricela e inexpressiva Bárbara Evans? Quem são mesmo essas mulheres? Dentre estas, a única que é conhecida e reconhecida é a simpática e linda Sheila Carvalho, minha preferida disparado. As outras fazem parte de um imenso time de mulheres frutadas, siliconadas e borboleteantes que fazem hiperbólicos malabarismos para sairem na mídia ou em capas de revistas. Inflam os corpos com silicone, fabricam uma silhueta de gostosona, metem um baita megahair, malham e rebolam em programas fracotes, como assistentes de palco. São as deusas da classe C, D, etc.
Aryane Cocof foi toda pimpona, quase sem roupa, para tomar a sua glamurosa chuveirada, esbanjou sensualidade e não satisfeita com seu showzinho particular, reclamou para Andressa sobre Ivo ter sentado na frente dela, para assistir o seu caprichado banho. Cuma é mermo? Por que não jogou água nele ou protestou pela falta de respeito, em vez de ir fofocar sobre o assunto com outra pessoa, sem nada fazer para coibir o abuso? Sonsa!.

A falta de assunto e de massa cinzenta para gerar boas conversas levou o pessoal cabeça vazia a contar coisas que aconteceu aqui fora como, por exemplo, os relatos sem noção por algumas das suas piranhagens, como Andressa que achou de máximo interesse nacional dizer que quer casar, mas que homem não aceita a profissão dela, que é? Qual é mesmo? Ela, em sua futilidade galopante começa a contar sobre o caso dela com Cristiano Ronaldo em nada edificante para sua imagem.

Na parte dos homens a taça de insuportável da edição vai meritoriamente para esse talzinho Ivo Meireles. O cara, além de ridículo, é arrogante, antipático, mal educado, sem classe, metidon a gaiato e difícil de digerir. Qual é o elemento que faz desse cara sem noção um “famoso”, no bom sentido? Porque a cadeia está cheia de famosos, a fama pode se positiva e/ou negativa, da mesma forma que a celebridade. No caso de Ivo Meireles, não captei ainda a razão para ele ser considerado uma atração para um reality show... Como ele gosta de aparecer da pior forma possível , deve ter um expressivo fã-clube entre os que curtem o mau gosto e o escracho, quiçá o mesmo fã-clube de Cumpadre Washington e das bundalhudas de peitolas siliconadas. Acho uma lástima o fato das más escolhas, em todos realityes dos representantes afrodescendentes. Portanto, não é toa que nunca ganham RS. 

BETO
O Tal Beto, além da beleza física, tem simpatia e garra suficientes para ir longe. Gostei dele e acredito que ele pode vir a ser um novo "Daniel Bueno". Ele já mostrou, logo no primeiro dia, que não é só um cara bonito. Ele é equilibrado, simpático, ponderado, humilde e educado

Tomei um susto ao ver a cara do irmão clone de Vavá entrando na fazenda. O cara é igual ao maninho em tudo, inclusive na chatice e empáfia... Não serviu a lição do outro, não bastou passar vergonha uma vez, tem que ser em dose dupla? Que presunção! Yudi deve estar deprimido, pois foi trocado pelo Bozo e sem aviso prévio, só isso para justificar ter aceito participar do programa, o garoto, tem fãs e ainda não estava "morto" para a mídia. Mas, não é lá essas grandes coisas.

Enfim, é o que temos para a nossa diversão na Fazenda 6.   Depois comentarei sobro os restantes componentes do elenco masculino.
Hoje haverá a segunda fase da prova para disputa do Baú com a chave de ouro que assegurará a quem for vencedor/a um grande prêmio: o direito de ir direto para a final, sem passar por roças e julgamentos. Achei essa invencionice a coisa mais burra que poderiam ter inventado.

31 de março de 2013

Os casais do BBB13.


O relacionamento entre Elieser e a belíssima Kamillacontinua firme e forte longe do confinamento.
Na madrugada deste domingo, dia 31, Eliéseraproveitou o clima de Páscoa para postar no Instagram uma foto em que aparece ganhando da amada chocolate na boca.


Na legenda da imagem, ele desejou feliz aniversário para a modelo, que completa hoje 26 anos.
“Parabéns para a mulher que me completa em todos os sentidos! Te Amo”, declarou o DJ.
O casal se conheceu durante a 13ª edição do “Big Brother Brasil” e, desde então, vem compartilhando nas redes sociais momentos românticos.



Outro casal que continua junto é Fernanda e André.  Os dois já participaram de algumas campanhas juntos e tem a agenda cheia de compromissos. André pretende gravar um CD e dar início a carreira como cantor. Se depender da família de Fernanda, o namoro tem todo o apoio.
O casal passou o fim de semana em uma casa na Região dos Lagos, no Rio, para espairecer da rotina de reuniões. Para mim está tudo perfeito porque a Fernanda está comigo. Estamos conversando sobre tudo que aconteceu e o que está por vir", contou o modelo. 
 
 
André e Fernanda atualmente estão vivendo no apartamento do empresário, Carlos Pollibio, que cuida da carreira dos dois. "Estamos por lá enquanto procuramos um apartamento para mim e um para a Fê", disse André, que garante que o relacionamento é para valer.

Quanto à Santinha de Pau Oco e Nasser, como era de se esperar de um casal tão sem química e sem sal, não estão juntos, sequer sabem denominar o tipo de relação que tiveram no confinamento.

Tadinhos, eles não sabem denominar o óbvio, talvez porque o nome adequado não é nada bonito nem remete para nada edificante...

Fani não ficou com Miguel. Falaram-se pelo telefone, mas não se entenderam. Ela preferiu ir atrás de um ex-noivo, para tentar um recomeço...  E o casal Fani/Natália?  Os amassos das duas no BBB eram somente para escandalizar?  Que pobreza!

Natália encontrou Yuri com uma namorada e sem querem conversa com ela . O Super viu as fitas do caso do "pinto" de Eliéser na mão dela, e ficou com coceiras na testa... Furibundo, não quer nem saber notícias de quem o levou ao ridículo em rede nacional.

Anagralha nunca conseguiu interessar a nenhum homem no BBB, tanto na décima edição, quanto no BBB13. Fora do programa, nunca foi fotografada com ficante ou namorado. Natural que tenha ficado azeda com o interesse de Eliéser por Kamila. Inveja é fogoooo! Recalque é de amargar!


É muito bom saber que estamos livres de voltar a ver o trio devasso nas próximas edições do BBB, livres de Fani, de Natália e Anagralha...  Todavia, Boninho declarou que voltará a meter veteranos no BBB14. Ótimo! Adorei torcer contra e ver saido, um a um, sem o cobiçado prêmio milionário, alguns até de mãos abanando... hehehehehe. Tanta empáfia para tal fiasco.