20 de janeiro de 2012

Rabiscadas sobre o BBB12

O Líder

Após quase 10 hs na Prova do Líder, João Mauricio, o lindo e foférrimo brother venceu a disputa e é o segundo líder do BBB12. Jonas foi o penúltimo a deixar a prova. Jonas parabeniza João Mauricio e os dois se abraçam chorando de emoção. Amei a vitória de um dos meus preferidos na corrida pelos milhões. Aliás, os meus preferidos são todos homens. No fraquíssimo time feminino a única que tem uma leve torcida minha é Mayara. As outras quero é ver no paredão, saindo uma a uma.
Novos Participantes. Segundo informa o EGO-notícias, um casal, que estava na platéia no dia do sorteio para a escolha dos quatro últimos a entrarem na casa, está sendo preparado para ingressar no programa. Espero que os dois sejam bem melhores que os anteriores, dos quais só valeu a pena Fael. E que venha um negro estiloso, inteligente e bom jogador, acompanhado de uma jovem que não faça parte do time das peguetes.


SOBRE DANIEL

Os advogados de Daniel, Luciana Egito de Oliveira, Adélia Triani Costa e Wilson Matias, segundo este último, estarão, nesta sexta-feira, encaminhando à Rede Globo um pedido de retorno de Daniel ao reality show para “resgatar o que o público destruiu: o nome e a imagem dele. O Dr. Wilson declarou que “quer esclarecer o que levou Daniel a ser expulso, porque uma injustiça foi feita e queremos limpar o nome do nosso cliente. Eu desafio o Boninho, o Pedro Bial e a quem quer que seja a vir a público e dizer que o Daniel teve uma conduta inadequada”, completou o advogado. O depoimento do Daniel foi 100% igual ao da Monique." Segundo o advogado, Monique recusou-se a fazer o exame de corpo de delito porque "ela tem certeza que não houve coito." Matias ainda disse aos jornalistas que, por uma questão de segurança, o modelo tem mudado de lugar a cada dois ou três dias porque ele "teme por sua vida". “Ele tem chorado muito, sua família está destruída.”

CASAIS FAKES E OUTRAS

Eu me pergunto será que, após 10 anos de BBB e tantos casos de romances fakes no programa sem continuidade fora da casa, alguns desmascarados como simples enganação para ganhar o jogo, outros formados como esquema de proteção, há ainda quem acredite nessas pseudo paixões avassaladoras logo na primeira semana na casa. Acredito que o público não engole mais tal engodo. No BBB12, logo se formaram dois casais (afinal, "o amor é lindo"). Ambos sem sustentação, como provou os pseudos apaixonados Renata e Jonas, já finado na festa da quarta-feira. Resta ainda Laisa e Yuri: coisinha sem sal, sem graça, sem nada que não seja o fogo aceso da garota e a vontade de dar umas boas pegadas do brucutu cheio de músculos e vazio de conteúdo, aliás como ela. Nisso até se combinam: estampa e cabeças vazia.

Se há quem curta tais casais, decerto é devido a cenas de pegação, pelos beijos tipo desentupidor de pia, gemidos e outras façanhas sexuais que despudoradamente praticam, mesmo sabendo que as câmaras filmam tudo, mesmo sabendo que por trás dos espelhos tem gente observando.
Acredito que a turma que dá plantão por trás dos espelhos (em algumas edições "espelhos falantes...rsrsrsrs) adore espiar tais proezas, deliram com a mulherada de calçinhas e soutien ou pagando peitinhos, bundinhas e xoxotas. Quem quer saber de revista Playboy em tempos de BBB? Gostam tanto do que vêem, que deixaram correr solto o entrevero Daniel/Monique, sem nada fazerem para coibir o abuso, se houve realmente abuso, como berrou aos quatro cantos do universo a turma twitteira, pedindo a cabeça do rapaz em uma bandeja.

No meu entender, o depoimento de Monique desmoralizou o tumulto desencadeado pela turma do Twitter. Até eu me deixei levar pela onda tzunâmica de suposições sobre o suposto abuso sexual. Serviu-me de lição. Na próxima vez que levantarem suspeitas sobre qualquer coisa, não darei fé, ficarei na minha, aguardando que a verdade venha à luz. Afinal de contas, o depoimento de Daniel sobre o ocorrido, realizado em separadamente, foi igual ao de Monique. Ambos afirmaram que não houve conjunção carnal, que sabiam o que estavam fazendo por livre e espontânea vontade.
Portanto, a acusação de que Daniel teve comportamento inadequado deveria ser esclarecida, já que ele e Monique fizeram a mesma coisa, fizeram o mesmo que muitos casais já fizeram e fazem sob os edredons da casa, nas calientes madrugadas.
Será que todas as pessoas consideram justa a expulsão do rapaz? Houve ou não uma infeliz precipitação na expulsão de Daniel? Se houve injustiça, ele deve ou não retornar ao reality show para resgatar a sua imagem perante o grande público?


NOVOS PARTICIPANTES

Segundo informa o EGO-notícias, um casal, que estava na platéia no dia do sorteio para a escolha dos quatro últimos a entrarem na casa, está sendo preparado para ingressar no programa, sendo submetido a novos exames médicos, entrevistas, etc.

Espero que os dois sejam bem melhores que os anteriores, dos quais só valeu a pena Fael. E que venha um negro estiloso, inteligente e bom jogador, acompanhado de uma jovem que não faça parte do time das peguetes.



17 de janeiro de 2012

"O Amor é Lindo"? É mesmo, Bial?



Se Bial achou que uma cena vergonhosamente editada para dar a impressão de que Monique estava numa consensual ficada com Daniel, poderia ficar impune, enganou-se. O apresentador e cúmplice nas patifarias de Boninho ainda teve o cinismo de dizer ao final do vídeo manipulado: "O amor é lindo", e fazendo comentário nojentamente hipócrita, sugerindo que um terceiro casal estava se formando na casa do Projac.

Esse cara, a cada edição do BBB, emporcalha mais a sua imagem, perde a credibilidade e cai no ridículo.
Agora a Secretaria de Políticas para as Mulheres, om Ministério Público Estadual do Rio de Janeiro e a 32a. Delegacia de Polícia derrubaram a tentativa de Boninho e Bial de transformarem um escandaloso caso de estupro, praticado por um participante em uma colega incapacitada de se defender, em uma singela cena de amor.É evidente que o diretorzinho do programa , que se julga onipotente, foi pressionado pela direção da emissora , por sua vez pressionada pela polícia, teve que baixar a crista e expulsar Daniel.
Claro que foram metidos numa saia justa: ou expulsava o agressor ou o programa seria suspenso pelas autoridades competentes que foram ao Projac e mostraram quem é mesmo que manda e tem o poder de coibir abusos e impor moral a quem ignora o que seja isso.
Segundo a assessoria de imprensa da polícia, equipes da 32ª Delegacia de Polícia (Taquara) foram na tarde desta segunda ao Projac, onde o programa é gravado, para ouvir os envolvidos.
A Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM) divulgou que enviou nesta segunda ofício ao Ministério Público Estadual do Rio de Janeiro solicitando a tomada de “providências cabíveis” no caso. Segundo a secretaria, o ofício foi elaborado com base em demandas encaminhadas por cidadãs de várias cidades brasileiras à Ouvidoria da SPM, pedindo providências. Daniel é eliminado
No fim da noite desta segunda-feira (16), a Central Globo de Comunicação (CGCom) divulgou nota informando a eliminação de Daniel do Big Brother Brasil (BBB). Veja abaixo a íntegra da nota.
"Daniel foi eliminado do Big Brother Brasil 12 no início da noite desta segunda-feira devido a um grave comportamento inadequado. Após rigorosa avaliação da Rede Globo, iniciada no domingo de manhã, a notícia foi comunicada ao ex-brother. O apresentador da atração, Pedro Bial, anunciou a decisão na edição desta noite". Ainda mentiu. A avaliação rigorosa foi feita pela Polícia dentro do Projac, inclusive colheram o depoimento de Monique e de Daniel. O sujeito não retornou à casa nem para fazer as malas. Foi pedido que os colegas metessem os pertences dele nas sacolas e pusessem na despensa.

Os participantes fazem o maior silêncio sobre o assunto. Decerto proibidos pelo ex-todo poderoso chefeto Bonnes.

Que o senhor Boninho e seu comparsa Bial aprendam a lição e entendam que com a turma da net em ação as coisas não são mais como antes. Estamos de olho. Se tornarem a manipular verdades, denunciaremos, meteremos a boca no trombone.



16 de janeiro de 2012

Polícia abre inquérito para apurar estupro no BBB



Monique e Daniel sob o edredom: suspeita de estupro será investigada pela polícia do Rio

Monique e Daniel sob o edredom: suspeita de estupro será investigada pela polícia do Rio. O delegado Antonio Ricardo, titular da 32ª DP (Taquara), instaurou inquérito para apurar se houve estupro dentro da casa do Big Brother Brasil 12 na madrugada de domingo. Apesar de a Rede Globo ter retirado de seu site as cenas de Monique e Daniel embaixo do edredom, a polícia já tem um vídeo de sete minutos de duração que mostra a loura, aparentemente desacordada após uma noite de bebedeira, sendo bolinada pelo modelo. “Precisamos ter tudo em mãos para analisar as imagens e tentar entender o que de fato aconteceu”, afirmou o delegado ao site de VEJA.

Na festa de sábado, primeiro dia de bebida liberada no BBB, Monique ficou nitidamente embriagada. Antes de dormir, deu um selinho em Fabiana e foi para o quarto Floresta. Sob o edredom, Daniel se atracou com a estudante e é aí que começam as suspeitas de estupro. Na edição mostrada na noite de domingo, a narrativa é de uma “ficada” consentida depois da festa. No pay per view, Monique aparece imóvel enquanto Daniel faz movimentos sob a colcha.

No dia seguinte, Monique foi chamada ao confessionário para esclarecer o que realmente aconteceu. Ela disse não ter sido violentada, mas, depois de ser indagada por Boninho, demonstrou não estar certa de suas respostas. “Me chamaram para perguntar se tínhamos feito alguma coisa. Eu sei que não fiz, mas começo a pirar. Será que eu fiz? Será que não? Estou muito mal com isso”, disse Monique para Analice. Daniel, por sua vez, negou qualquer abuso. “Não teve momento de sacanagem nossa juntos. Nós nos beijamos no quarto e nos agarramos no edredom com a cabeça para fora”, argumentou o modelo.

No vídeo, Monique aparece parada, sem reação, enquanto Daniel movimentava seu corpo embaixo da coberta .Apesar de não ter visto as cenas, pelo entendimento do presidente da Ordem dos Advogados do Brasil da secção Rio (OAB-RJ), Wadih Damous, é possível ter havido estupro. “Se ficar caracterizada privação de sentido pela bebedeira, sem que ela pudesse se defender e sem consentimento, pode ser considerado estupro”, afirma. “Se um homem se vale de momentânea imobilização de uma mulher dopada por remédio ou álcool, ainda que não tenha havido agressão, é possível caracterizar como estupro”, explica Damous. Monique, aparentemente não lembra o que aconteceu na noite de sábado. Por via das dúvidas, já deu o recado para Daniel: “Nunca mais bebo contigo”.
(Por Leslie Leitão)

No momento em que eu escrevia este post, Monique aproximou-se de João Carvalho e Renata para dizer que continua incomodada com o chamado ao confessionário e as perguntas que lhe foram feitas sobre o que teria acontecido entre ela e Daniel. Ela teme que esteja havendo boataria em torno do casa, fora da casa. Mais uma vez afirmou que não se lembra de ter feito nada de mais. Portanto, ela não estrava mesmo consciente do que o patife fazia com ela na tenebrosa madrugada. Bandido! Polícia nele!



Como é mesmo? "Foi só um lance"?

Na edição do programa de hoje, senti a mais violenta vergonha alheia ao ver que os três minutos do suposto estupro não renderam nem seis segundos e a cena foi editada com cortes. Ao final do engodo, Bial soltou a pérola do absurdo mais cretino: “O amor é lindo!” Fiquei chocada. E o programa prosseguiu como se nada tivesse acontecido, como de a mídia e as redes de relacionamento não estivessem na estridência dos protestos e pedidos de punição para o suposto estuprador. Moral da história sem moral alguma: Daniel permanece na casa se pavoneando, teve apenas um voto para o paredão, enquanto Analice e Jakeline estão no paredão. Nem a suposta estuprada Monique, nem a bolinada Mayara votaram nele.

Estou perplexa com a cara de pau de Daniel que diz ter apenas dado dois beijos e ficou passando a mão por baixo do edredom…

O pior de tudo isso é que as afirmações dele deixaram Monique confusa, acuada, por não se lembrar do que de fato ocorreu, apesar de ter percebido o lençol molhado. Não sei o que foi que conversaram com ela no confessionário. Mas por suas atitudes tenho a impressão de que foi aconselhada a fazer de conta que nada demais aconteceu. Só por esse prisma posso compreender o que ela disse no programa ao vivo, com Bial, como resposta à pergunta hipócrita do apresentador acerca da sua questão com Daniel: “FOI SÓ UM LANCE”!!!
Pronto! Está tudo dominado: Está tudo certo, tudo na boa. Não duvido que daqui a pouco ela vai falar que agarrou o Daniel dormindo e ele vai pedir para a expulsarem. Fizeram lavagem cerebral na jovem ou ela prefere fazer de conta que nada aconteceu, para preservar-se de comentários maldosos dentro da casa? Mal sabe ela do furdunço que rola cá fora...
Se a direção do programa estivesse empenhada em esclarecer o ocorrido, seria facílimo: é só chamar os dois ao confessionário, mostrar o vídeo para os dois e finalizar o assunto. Se ela, de fato, não percebeu nada, decerto ficará indignada. Acontece que Boninho não vai correr o risco de ver o escândalo explodir. Jamais. O Ministério Público tiraria o programa do ar, o programa ficaria desmoralizado e o prejuízo seria incalculável.

Estupro é uma acusação muito séria, e deve ser feita com base em provas. Como eames físicos não são mais possíveis, as imagens dos vídeos falam por si. Soube que há um vídeo feito pela Paes Leme que é ainda mais revoltante porque não deixa duvidas de que ela estava apagada e ele passava a mão a vontade, enquanto se masturbava. O sujeito é um canalha e cafageste. Nega o que fez, diz que só trocaram uns beijinhos, dos quais ela se lembra. Depois apagou.
Agora, a pergunta que não quer calar: ela não percebeu a origem do molhado no lençol? Se houve penetração, ela não percebeu os vestígios ao despertar?

Confesso que a resposta de Monique para Bial decepcionou-me. “Foi só um lance”... Antes tivesse ficado de boca calada que dizer tamanho despautério...



JAKELINE está no paredão. Certamente vai ser eliminada. Graças à ignorância e o preconceito velado contra uma jovem que é diferente, vem de outra realidade que aqueles sujeitinhos medíocres não conhecem nem entendem. Analice também é diferente e vive uma forma de vida alternativa que o arrogante Líder não alcança. Apesar de ser homossexual, o cara é preconceituoso. Esse é um paredão absurdo!