28 de fevereiro de 2011

Bial e "Os Obedientes"!



A festa de ontem funcionou como um palco iluminado para a encenação do espetáculo “Os Obedientes”, dirigido pelo glorioso Pedro Bial, nas edições. Aliás, o script também foi dado pelo brilhante apresentador, com suas cutucadas, sugestões e recadinhos embutidos em brincadeirinhas. 

O fato é que estou vendo coisas prodigiosas acontecendo, com ou sem a ajuda da manguaça. Assim foi que num passe de mágica, vimos a transmutação de Rodrigão de “viado” em “machão”. Poisé, picado pelas alfinetadas de Bial, “o glorioso pai de Meg Melillo”, entrou no agito da balada dos anos 70, incorporando o espírito e a sensualidade de Travolta, dando um show na pista de dança solo, fazendo um inacreditável jogo de sedução... I-na-cre-di-tááááááá-vel!!!! Será medo do paredão? 

E não foi somente na pista de dança que o belo abriu seu penacho de pavão rei! O mutante Rodrigão também abriu a boquinha para picantes confidências de garanhão pouco dignas de um homem tido como um cavalheiro, dizendo para MauMau que Jaqueline, sob o edredom, permitiu que ele olhasse para a xoxota dela, “por trás”, e que passasse a mão no O.B. dela. Depois desse momento Mastercard para o modelo que, nas primeiras semanas do programa disse que Jaqueline não era o tipo de mulher que o atraía, desde a festa da quarta-feira, está todo libidinoso pela gostosona, mais ainda depois que ela mostrou para ele o fio do OB saindo da xerereca, deixando-o passar ele a mão. 

Se é verdade tal baixaria de Jaqueline, então despencou a máscara de mulher digna e séria que ela aparentava ser e pela qual eu torcia. Se é mentira, caiu a máscara de homem fino e respeitador atribuída ao Modelo. Verdade ou mentira, ele, ao contar o episódio sórdido a MauMau, em rede nacional, foi um cafajeste torpe, mil vezes pior que Diogo. Este, pelo menos, tem a decência de não sair espalhando o que fez e faz com Maria, Paula e não sei mais quem, nas calientes madrugadas. 

SE Rodrigão MUDOU... MUDOU PARA PIOR! Pena... O Rodrigão misterioso, caladão, com pinta de bom moço, educado e tímido, está se revelando um pigmeu humano, um moleque maledicente e gabola. Para mostrar que é macho está se tornando um nojo. TALULA anda toda dengosa para o lado de Rodrigão, cheia de charminhos e de conversinhas dúbias repente, metida na mesma cama com o modelo, fechando com chave de ouro a festinha de ontem. Que jogo sujo, Talula!!! 

Outro que se tocou com as diretíssimas de glorioso Bial foi MauMau, repentinamente o roqueiro deu uma guinada de 90 graus na atitude de cornudo ofendido e passou a ser BomBom com Meg Melillo, com direito a abracinhos, beijinhos no rosto, dancinha na festa, papinhos amistosos, para não desagradar o “papai da Meg”, o titio Bial. Não duvido nada que ele volte a ficar com Maria, para formar o casalzinho apaixonado da edição. Ele não é burro para não perceber que Maria é a queridinha de Bial. É ela a periguete eleita para musa do apresentador, sempre fascinado por esse tipinho de mulher. 

Também resolveu por em prática as lições do titio Bial e deixar de ser um bananão foi Wesley. Até que enfim o médico decidiu dizer na cara da oferecida Maria o que devia ter dito há muito tempo. Na esclarecedora festinha do sábado, ele subiu à ribalta, jogou fora a máscara de lerdinho bonzinho e mandou bem ao dizer, como diria à Meg Melillo, numa das suas festinhas no DreamCam, que apenas desejava se aproveitarem do corpo dela: "Eu ia ficar com você só para aproveitar mesmo", numa evidente insinuação de que sabe que ela não é flor que se cheire, que não é mulher para ser levada a sério. 

Surpreendida e fula da vida com a revelação, Maria o chamou de ridículo. Todavia, o médico, quiçá cansado das ordinarices de Meg, continuou a falar, com firmeza e seriedade, deixando a dissimulada Meg numa saia justa: "Você queria se envolver comigo? Lógico que não. Vamos ser sinceros". Maria, sem argumentos e sem condições de rebater as verdades de Wesley, bateu em retirada, soltando fumaça pelas ventas. Foi se queixar à Talula... Adorei a atitude de Wesley! A este, Meg Melillo nunca enganou, ele deve ter sacado o que levou MauMau a não aceitar a “dadivosa” de volta, deve ter enxergando, pelas conversinhas sebosas da sonsa, logo que o conheceu, que boa bisca ela não é. 

Mulher que se dar ao respeito não perguntaria a um homem que acabou de conhecer se ele sabia fazer “toque vaginal”, porque ela estava precisando de fazer um. Mulher que sabe o significado da palavra “decoro”, dignidade e vergonha na cara não diz a um recém conhecido que tomou bomba e ficou com a voz grossa e o clitóris muito crescido. Achando pouco os detalhes sórdidos da conversinha safada, prometeu que, depois, mostraria a “tatoo” (o clitóris avantajado) ao médico. Só um babaca não sacaria que ela era uma periguete despudorada... 

Encheram tanto a bola de Daniel com o prêmio de mais animado nas festas que o coitado perdeu a pinha, desde então passou a ficar mais inconveniente, desbocado e obsceno, a cada festa na casa, passando a gritar por maconha, a dizer que gosta de drogas, a insultar os homens da casa, taxando-os de viadões e, finalmente, na festa de ontem, ficou mostrando o traseiro e o pinto... As pessoas, inclusive o glorioso Bial, acham uma gracinha tudo quanto o pernambucano apronta. Por que nunca toca o sinal para ele calar a boca quando fica falando em drogas nas festas? 

Agora a pergunta que não quer calar: se fosse Diogo que fizesse o que faz Daniel, iriam achar uma gracinha também? Não? Uai, por quê? Fala sériooo! Dois pesos e duas medidas?!!! 

MEU MOMENTO MASTERCARD: O desempenho abaixo da crítica na prova da comida da “culta”, da “incrível estrategista de provas”, da “estupenda inteligência do BBB11, da “cabeça pensante imbatível” Dianão, a viúva Porcina, enaltecida, louvada pelos que a julgam a última coca cola no deserto. A burrice da moça foi tão elementar na montagem de um quebra cabeça, de apenas 3 peças enormes. Foi tão absurdo o falhanço da presunçosa e arrogante figurinha que os demais componentes do seu grupo acharam que ela era “a sabotadora”. O grupo perdeu a prova e continua na xepa. Que lição boa para a poderosa descer do salto... Ela que estrilava com os erros dos companheiros, agora está pagando de lerda e amargando o mico que pagou. Tão humildezinha que ficou repentinamente... Tão mansinha, tão apagadinha... Ótimo! 

Depois de ter amarelado para Paula, permitindo que esta empurrasse Jana, a pessoa que mais a apóia na casa, para o paredão, Dianão não passa de figurante neste teatrinho mambembe. PAULÃO e Diogo estão no paredão. Espero que se dêem as mãos e saiam na terça-feira, sem me deixar saudades. 


FICA, JANAÍNA!  
A ÚNICA MULHER DECENTE DESTE DEPRAVADO BIG BORDEL BRASIL

Nenhum comentário: